Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Como Elaborar Um Texto Dissertativo

Como Elaborar Um Texto Dissertativo

Categoria: Outros
Comentários: 6
Como Elaborar Um Texto Dissertativo

Não tão fácil e nem tão difícil! Assim, elaborar um texto dissertativo requer muito de você e pouco do que sabe. Na verdade é preciso mais que um prévio conhecimento do assunto a ser dissertado, precisa de alguns segredinhos especiais para deixa-lo esteticamente e gramaticalmente perfeito! E provavelmente haverá muitas e centenas de rabiscos, antes da obra completa. Então, sente-se e aproveite para aprender juntos!

Ao dissertar sobre determinado assunto você terá que ter segurança do mesmo. Nada mais inconveniente numa leitura que deparar-se com um texto que a pessoa não sabe, nem entende do que está escrevendo. Nossa, muito ruim para você e péssimo para quem está lendo. Veja agora, alguns roteiros que devem ser inseridos ao elaborar um texto dissertativo.

1 – Escolha Seu Assunto
Mesmo aquele que você não tem muito conhecimento e aquele que você já tem um certo domínio. Mas, sempre deverá procurar por mais. Não limite-se ao que já sabe, pesquise e procure por coisas novas. O público já está saturado com informações duplicadas! Inove no assunto e dê o seu melhor nele.

2 – Delimite Seu Assunto
Temos uma gama de informações, então, delimite-o. Delimitar é ser específico. É ir no âmago da questão de maneira mais profunda possível, deixando seu texto o mais original e perfeito.

3 – Fixe Seu Objetivo
Isso quer dizer que você deve perguntar-se: “ Qual o meu objetivo em escrever sobre este assunto? Desejo convencer meu leitor? O que pretendo com ele?”. Sempre lembrando que você deverá responder com o verbo infinitivo. Ex: Apontar..., Caracterizar..., Desenvolver..., Apresentar..., Analisar..., Relatar..., Elogiar... dentre outros.

4 – Escreva Todas As Suas Ideias Em Mente
Até aquelas mais insignificantes que você supõe, elas podem servir! Escreva todas as palavras, ideias e liste-os, mesmo sendo boas ou não. Coloque no papel todas que vem à sua mente.

5 – Introdução, Desenvolvimento e Conclusão
Etapa final e mais difícil, ou não? Sim e não. Sim, porque agora é que você irá desenvolver seu texto dissertativo, usar as melhores palavras e atentar-se para a coerência. Não, porque com todas essas ideias em mente e com o roteiro de 1 a 4 ficará mais fácil de desenvolvê-la. Então, introduza seu texto de forma a prender o leitor (no máximo 4 linhas). Já o desenvolvimento atente-se para as ligações das orações, lembre-se dos elementos de coesão, aqueles conectivos que deixa o texto excelente. E, por último, faça a conclusão. Depois, revise, e revise, e revise, e revise e revise!

Sucesso para você!


Adriana Santos

Título: Como Elaborar Um Texto Dissertativo

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

772 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • SophiaSophia

    16-04-2014 às 17:44:26

    Escrever um texto dissertativo é uma arte mesmo! Parabéns pelo seu texto, bem fácil de entender!

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    16-04-2014 às 19:29:44

    Obrigada!! Temos que aprender com os erros né? *** bjos

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRita

    02-04-2014 às 00:51:58

    Muito metódica e objetiva , tal como eu.
    Adorei texto, obrigado

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    11-04-2014 às 14:17:39

    É isso mesmo! ahhah
    Eu que agradeço sua visita!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCamila

    03-03-2014 às 12:48:00

    Adorei o texto , ajudou me muito no meu trabalho na escola...obrigado

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    16-03-2014 às 14:27:29

    Fico agradecida e feliz por ter contribuído para seu trabalho. Espero que seja um sucesso!!
    Volte sempre...

    ¬ Responder

Comentários - Como Elaborar Um Texto Dissertativo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios