Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > Roberto Carlos – O Rei

Roberto Carlos – O Rei

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Biografias
Roberto Carlos – O Rei

Considerado “O Rei”, é um verdadeiro romântico, encantador e fascinante cantor e compositor Brasileiro, mas se foi inicialmente definido somente por 3 adjetivos, continue a ler, pois vai encontrar muitos mais que qualificam este extraordinário e apaixonante homem.

Nasceu no interior de Espirito Santo, mais propriamente em Cachoeiro de Itapemirim a 19 de abril de 1941. Desde cedo despertou interesse pela musica começando a tocar violão ainda pequeno. Filho de um relojoeiro e de uma costureira, Roberto Carlos nunca perdeu a oportunidade de demonstrar o amor e reconhecimento que sentia pelos pais (tal é provado por “Lady Laura” e “Meu Querido, meu velho, meu amigo” dedicados á mãe e ao pai).

Aos 6 anos de idade, Roberto Carlos sofreu um acidente de comboio que resultou na amputação de uma das pernas, mesmo abaixo do joelho. Usa desde essa altura uma prótese, assunto que evita a todo o custo.




Aos 6 anos participa numa emissão de rádio e é convidado para comparecer e cantar ao vivo todos os Domingos. Começa então uma carreira inigualável daquele que é até hoje considerado o grande líder do novo Rock Brasileiro.

Estudou no Conservatório e lançou-se na musica com o álbum “Splish Splash” em 1962 com hits como “Parei na Contramão”. Com o álbum “É Proibido Fumar” lança “O Calhambeque” e começa a arrecadar êxitos sucessivos e permanentes.

Conhece as mulheres como ninguém e compõe como se as conhecesse desde sempre e as entende-se quando tantos dizem ser impossível. Para todas as idades, Roberto Carlos é um verdadeiro encantador de corações e canta com paixão, com melancolia, com agrado, com amor…

Casou várias vezes e tem 4 filhos (Roberto Carlos Segundo e Luciana do primeiro casamento, Ana Paula foi aperfilhada, e Rafael Torres que Roberto Carlos descobriu como filho já ele era crescido e após teste de paternidade).

Autor de vários sucessos, encanta e fascina tudo e todos e interpreta de forma única, singular e intemporal êxitos como “Como vai você”, “Detalhes”, “Falando Sério” e “Fera Ferida”. Encanta com musicas com ritmo como “Verde e Amarelo” e “É Proibido Fumar”.

É um dos artista que mais apoiou a ditadura militar Brasileira (ocorrida entre 1964 e 1985) tendo até sido reconhecido em documentos oficiais do Ministério do Exercito.

Continua a encantar com êxitos e lança quase todos os anos um álbum que se torna imediatamente em campeão de vendas. Os seus discos venderam até á altura mais de 120 milhões de cópias incluindo gravações em Italiano, espanhol e Inglês.

O Rei continua a encantar e a cantar para alimentar o romantismo dos nossos corações.


Carla Horta

Título: Roberto Carlos – O Rei

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

666 

Comentários - Roberto Carlos – O Rei

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios