Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Imóveis Venda > Como comprar um imóvel na planta

Como comprar um imóvel na planta

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Imóveis Venda
Visitas: 8
Comentários: 5
Como comprar um imóvel na planta

Sonhar com a casa própria é um desejo comum em todo o mundo, mas as possibilidades aumentam quando a compra é programada, o que significa sem muita pressa. Desse modo é mais viável, pois a negociação antecipada facilita o fechamento e o valor das prestações durante a construção é menor do que de um imóvel pronto para morar. A questão é que nem todos os compradores ficam satisfeitos. O que acontece nesses casos é que detalhes importantes de medidas que se deve tomar para tudo correr bem, não foram tomadas.
Vamos apresentar cuidados que se deve ter na compra.

Anote o endereço completo de onde está sendo construído o imóvel. Vá a Prefeitura Municipal para se informar se constam dívidas de IPTU e quem são os proprietários do terreno. Pergunte ao corretor responsável pela venda, em qual cartório o imóvel está registrado. Procure o cartório indicado para saber se o imóvel está livre para a venda. Essa ação é muito importante para se certificar se o terreno está livre para venda ou se há dívidas como hipoteca, bloqueio de bens, inventário ou se está sob alienação.




Leia o contrato de compra e venda. É muito importante conhecer todas as cláusulas do contrato, caso não tenha tempo, peça ao corretor uma cópia e leia em casa.
Solicite que todas as informações que foram ditas estejam descritas no contrato antes de assinar. Peça que seja discriminada a data da entrega, o número de parcelas, o valor ou percentual que será pago na entrega das chaves, assim também como o valor ou percentual de entrada (sinal).

Verifique se na rua do imóvel tem iluminação adequada e abastecimento regular de água. Para saber, pergunte aos moradores da rua e no comércio local.
Observe nos muros dos imóveis mais próximos se existem marcas que indiquem possíveis alagamentos. Olhe também se nas casas tem um tipo de mureta na entrada, esse é outro indício de que pode haver alagamento durante as chuvas.

Preste atenção quanto ao resíduo de valor. Exija que seja adicionado ao contrato, um termo que deixe claro que ao terminar de pagar (caso a compra seja por meio de financiamento) que o imóvel não sofrerá nova avaliação de mercado, ou seja; o valor apresentado não sofrerá alteração, a não ser os reajustes estipulados nas mensalidades como o IGP-M, que é a base de caçulo mais utilizada.
Muitas construtoras alegam que o reajuste durante a construção precisa ser diferente, pois a mão de obra pode aumentar. É fato, mas evite fazer esse tipo de contrato, o valor pode ficar acima das suas condições financeiras e prejudicar a continuidade do pagamento.

Ao comprar um imóvel na planta, registre o contrato em cartório.

Bons negócios!


Sílvia Baptista

Título: Como comprar um imóvel na planta

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 8

605 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoZuca

    24-05-2014 às 23:40:56

    Mas para comprar na planta não é perigoso?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    28-05-2014 às 03:53:52

    Olá, é um tanto perigoso, deve-se consultar um bom profissional e conhecer bem, ter referência de quem está na frente da planta(construtora) e ter muito cuidado. Mas, como todo empreendimento há suas vantagens e desvantagens!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãozuca

    04-06-2014 às 21:51:42

    muito obrigado pela ajuda sophia

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    05-05-2014 às 23:31:45

    A compra do imóvel na planta sai bem mais barato. A outra vantagem é que o recebimento do imóvel é mais rápido para quem compra na planta. Adorei o texto!

    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • fabiana

    08-07-2013 às 08:49:30

    bom dia!
    gostaria de obter o email da redação, com o intuito de encaminhar uma matéria feito pelo jornalista sobre imovéis.

    ¬ Responder

Comentários - Como comprar um imóvel na planta

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios