Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Imóveis Venda > Casa Geminada é problema na certa

Casa Geminada é problema na certa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Imóveis Venda
Visitas: 256
Comentários: 14
Casa Geminada é problema na certa

Morar em uma residência geminada é sinônimo de falta de sossego e de barulho na certa.

A não ser que você tenha muita sorte de morar ao lado de um vizinho super educado e silencioso, as chances de se aborrecer e ter seu sossego perturbado são grandes.

Casas geminadas são casas que são construidas dividindo o mesmo lote, compartilhando a estrutura e o telhado.

Muitas casas geminadas são separadas apenas por uma parede simples e possuem péssimo isolamento acústico resultando que consegue-se ouvir todos os ruídos produzidos pelo vizinho e praticamente conseguir escutar oque eles conversam.

Pior ainda se você tiver o azar de morar ao lado de um vizinho mal educado que adora ouvir som alto , promover festas e arrastar móveis a qualquer horário do dia ou da noite.

O estresse provocado pelo barulho é alto, e se exposto a esse tipo de incômodo por um longo tempo, a pessoa pode começar a ter problemas de saúde e entrar em depressão causados pelo nervoso.

Muitas vezes tentar conversar com o vizinho piora as coisas e consegue-se o resultado inverso do pretendido, ou seja, o vizinho para provocar passa a fazer mais barulho ainda.

Uma possível solução para esse problema é construir de cada lado uma nova parede de gesso chamada de Drywall com uma manta de lã de rocha, isso pode atenuar bastante o barulho mas além de ser uma solução cara, é preciso convencer o vizinho a fazer isso em sua casa também, e se vocês já não se dão bem , é bem provável que ele recuse ou concorde contanto que você assuma todos os custos.

A sensação de quem mora em casa geminada é semelhante a ter um vizinho no quarto ao lado, eu moro em casa geminada e consigo ouvir oque o vizinho está assistindo na tv, ouço oque eles estão falando, e quando ele liga som alto parece que está dentro da minha casa, ou seja, não há paz.

Existem muitas casas que não são geminadas e possuem vizinhos bem distantes, se você está a procura de uma casa para comprar ou alugar, vale a pena procurar com mais calma, não compre ou alugue casa geminada, a menos que você adore um barulho e bagunça.


Nilson Empreendedor

Título: Casa Geminada é problema na certa

Autor: Nilson Empreendedor (todos os textos)

Visitas: 256

776 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 14 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãowillian

    19-12-2016 às 18:02:08

    poxa vida, vivo a mesma situação de vcs, meus vizinhos são um inferno ouvem musica o dia inteiro em volume alto como se não tivesse ninguém ao lado que tem direito a paz e tranquilidade, se eu pudesse voltar atrás não teria financiado esta bomba, os defeitos da casa até são suportáveis, mas vizinhos ignorantes e mal educados é difícil de manter a calma!

    ¬ Responder
  • leila

    09-05-2014 às 13:03:22

    minha casa é germinada o telhado é o mesmo,ele pode mudar a cor do telhado na parte dele.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    05-05-2014 às 22:57:12

    Realmente, é bem difícil conviver com casas geminadas. Mas, tem gente que não tem outra solução, e para isso, a comunicação é fundamental.

    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Pamela

    28-09-2013 às 01:43:58

    Eu também tenho esse problema, moro em uma casa geminada e minha vizinha tem uma filha de 8 anos que grita por tudo, pula e liga som alto... E eu estou em época de vestibular, só consigo estudar de madrugada... Mas eu estou cursando o curso de edificações, e o meu trabalho de conclusão de curso é justamente buscar alternativas simples que resolvam esses problemas de som e até temperatura das casas. Meu orientador (que é arquiteto) tem dado todo o auxilio ao nosso grupo, e meu trabalho será apresentado em junho de 2014. Gostaria de saber se tem alguma dica, reclamação ou se alguém tem mais algum tipo de problema com casas geminadas!!

    ¬ Responder
  • Rosana

    10-12-2017 às 19:36:46

    Drywall e lã de rocha não adianta nada coloquei na minha parede toda e não adianta, nem amenisou o meu problema conviver ao lado de pessoas mal educadas não é nada facíl antes tivesse feito uma parede com tijolinho deitado para não perder muito espaço acho que já resolveria,pois já morei em casa geminada com duas pares e não ouvia nada!!!

    ¬ Responder
  • denise

    06-10-2013 às 03:29:45

    Minha casa é grudada em apenas um lado. Minha sala e cozinha é lado com a garagem dos vizinhos. Esta parede que nos divide é dupla e ouço tudo o que acontece, principalmente porque eles têm até quartos nesta garagem. Porta batendo, criança com skate, batendo bola, escuto tudo.Cogito a ideia de perder a sala e a cozinha e desencostar totalmente.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFrancisco

    12-04-2013 às 21:35:09

    Eu entendo perfeitamente a Nádia. Eu além de ter uma vizinha com uma filha adolescente insuportável tenho um "balada" que me atormenta de 5ª a Domingo além dos funkeiros surdos em seus carros velhos mas com o som de trio elétrico. Será que não tem legislação que nos ampare?

    ¬ Responder
  • Paula

    24-05-2013 às 09:13:36

    Sofro do mesmo mal. Casa germinada com vizinho barulhento (mais é muito mesmo). Fora o povo do bairro que não tem o que vestir, mas os carros velhos bombam no som alto e com péssimas músicas.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoNádia

    23-01-2013 às 21:09:57

    Belo texto até acalmou meu coração ,achei que eu era a única maluca e reclamona que passava por isso. Moro ao lado de uma mulher louca e sem noção e não estou exagerando! Ela tem três filha,duas na adolescência que não dão tanto trabalho assim e uma com vinte poucos anos que sossegou o facho agora que está namorando ,pqe na época das baladas era um inferno o barulho na frente de casa em alta madrugada... mas isso chega a ser o de menos ...como se não bastasse a minha querida vizinha expõe sua vida em alto e bom som ,expõe detalhes ,até das calcinhas e do estado das mesmas aff qe nojo !! Tem relações sexuais dentro do carro do namorado,sempre na madrugada de domingo em frente de casa --',isso pqe ela tem 50 aninhos ...expões detalhes da vida intima ,pessoal e financeira ... eu sei tudo da vida dela sem ter amizade ...muito pelo contrário quando tentei diálogo com esse bicho nojento pqe é isso que um ser humano sem respeito é ... ela me disse que é cidadã paga sua contas e tem seus direitos e até piorou seu falatório . Enfim vivo num inferno ha 5 anos !! ainda bem que a dita cuja diminuiu a mania de limpeza que a fazia gritar muuuito ! Estou a espera de um milagre que a faça mudar daqui e ir pro inferno que é o lugar dela rs.... não tem como não se irritar lembrando de tudo. Mas é isso obrigada pelo texto e realmente fica a dica se puder ,não escolha uma casa geminada ,não é viver é vegetar kkkk... é horrivel de verdade!!

    ¬ Responder
  • Mi

    07-10-2014 às 14:45:26

    kkk, ri muito com os coments... estou passando por isso, é por isso que achei esse post, procurando algo que isole e sem muito custo, acho que vou tomar um empréstimo para fazer uma parede no quarto do meu lado. Oh céus, quando desabafo com algum amigo, eles me pedem para ter diálogo, mas diálogo com pessoas mal educadas é tentar enxugar gelo.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRafael

    04-10-2013 às 22:05:30

    Vivo neste inferno a 8 meses , meus vizinhos são um casal e 2 crianças , 1 menino de 6 e uma menina de 15 , eles são horríveis , fazem barulho de tudo o que é forma, minha avó é quem sofre mais com 69 anos , quando tentamos falar com a vadia da vizinha ela fez aquela cara de deboche , e falou que estava na casa dela e que não iria mudar uma vírgula do rotina dela , ela bate porta arrasta móveis , ouve música , lava roupa ... tudo à partir das 22:00hs dá noite, depois que reclamamos fez-se a piorar a situação , o cara trabalha o dia todo e chega de noite o cara é um alucinado chega por volta de 20:00hs dorme lá pra 1:00 e pouco e 6:00hs tá saindo para trabalhar, cheguei em uma situação de desespeiro total , estou deprimido , larguei minha faculdade agora no último semestre, minha vida e de minha família virou o verdadeiro inferno , a bisquinha da filha então agora tá com fogo no rabo e a vaca da mãe ainda acha bonito e ensina a menina a se insunuar aos "garanhões" , tudo que é pra contar vantagem essa vaca sabe em alto e bom som , sei tudo da vida dela, da filha dela e etc... a desgraçada veio debaixo da minha janela falar ao telefone que a menina tá mestruada pela 1° a vez , fala sério né, já cansei de mandar pro inferno, o capeta vive devolvendo, vai ver ele não quer concorrência.

    ¬ Responder
  • paulo

    23-11-2013 às 00:49:09

    mano use carpete nas paredes e sobre o carpete espuma casca de ovo abafa 90/ por cento

    ¬ Responder
  • luiz melo de sousa

    11-01-2013 às 05:39:56

    o melhor mesmo é você ir morar sozinho ou sozinha no meio mato gostou

    ¬ Responder
  • Bernadete lopes marino

    07-12-2012 às 07:50:25

    Olá Nilson.
    Morar em condominio é um terror quando se tem vizinhos mau educados.

    ¬ Responder

Comentários - Casa Geminada é problema na certa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios