Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Imóveis Venda > Não será hora de negociar o seu crédito à habitação?

Não será hora de negociar o seu crédito à habitação?

Categoria: Imóveis Venda
Visitas: 2
Comentários: 4
Não será hora de negociar o seu crédito à habitação?

Muitas são as pessoas que continuam a pagar uma mensalidade ao banco astronómica, mas saiba que não tem que ser assim. É hora de procurar soluções e começar a procurar a que melhor se encaixa com as suas necessidades. Eu própria me encontro nesta situação, porém e depois de algumas tentativas junto do banco no qual tenho agregado o meu empréstimo referente à casa, cheguei à conclusão que talvez não esteja a ser bem aconselhada. Como tal, farta de ouvir todos os meus amigos a dizerem-me que estou a ser literalmente “sugada” pelo banco, decidi que tinha que fazer algo.

No entanto, alguns problemas levantaram-se logo de início, além de não ter tempo para andar a fazer simulações de banco em banco, não tenho poder negocial. Assim, decidi procurar a ajuda de alguém especializado, um serviço que já existe há mais de 20 anos nos Estados Unidos e que aos poucos começa a ganhar terreno pelo resto do mundo. Recorri a uma empresa de consultoria financeira, que além de me aliviarem a prestação mensal com o banco, não me irá cobrar rigorosamente nenhuma mais valia sobre os serviços prestados. Sim, está a ler bem, não terá que pagar nada para contratar os serviços da empresa.

Então como se processa tudo isto, deve estar a perguntar. Muito simples, tem simplesmente que entregar alguns documentos (escritura da casa, três últimos recibos de ordenado, declaração da entidade patronal, bilhete de identidade, cartão de contribuinte, três últimos extractos bancários do banco) e a empresa de consultoria financeira, que já tem uma relação estreita com a maioria dos bancos existentes, irá procurar a melhor solução para o seu caso e garanto-lhe por experiência própria que essa solução surgirá e irá dar um novo impulso à sua vida. Como é que este trabalho feito pela empresa é pago?

São os bancos que lhe pagam, ou seja, ao receber um novo contrato, o banco que será escolhido para gerir o seu crédito, irá pagar uma percentagem à empresa, por esta lhe ter arranjado mais um cliente. Como vê não tem nada a perder, só mesmo a ganhar… No meu caso específico, consegui reduzir em cerca de 200 euros mensais a prestação do crédito. Você até pode achar que tem uma boa solução, mas será que tem mesmo? É que é sempre possível arranjar melhores condições e no fim de contas não tem nada a perder em tentar, até porque tentar não custa e pode mesmo ser surpreendido. Arrisque vai ver que não se arrepende!

Catarina Guedes Duarte

Título: Não será hora de negociar o seu crédito à habitação?

Autor: Catarina Guedes Duarte (todos os textos)

Visitas: 2

670 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • SophiaSophia

    05-05-2014 às 23:23:05

    O lado bom da crise é que as casas e os preços de muitos terrenos, apartamentos caem. Sendo assim, é possível fazer bons negócios. Mas, precisa-se de uma boa grana. Muito bom o texto.

    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFelisberto

    28-05-2009 às 00:19:32

    Sabes Catarina eu cheguei á conclusão que quem trabalhar e poupar irá sempre Vencer na Vida.

    Hoje fala-se de crise , mas na realidade , quem trabalhar poupa mais este ano do que no ano passado. Os emprestimos estão mais baratos.

    O dinheiro é mais barato.

    Crise é muita imaginação das pessoas que seria sensato eliminar de uma vez por todas.

    Vamos trabalhar.

    Vamos poupar.

    Vamos continuar a Viver.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGuida

    23-05-2009 às 21:45:36

    gostei muito do teu texto principalmente nos tempos que correm de tantas crises.

    Retirei coisas muito importantes para o meu caso. Obrigado.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDuarte f.

    17-05-2009 às 15:22:57

    Sim catarina , boas referencias e descrição muito realista da actualidade dos imóveis venda.

    ¬ Responder

Comentários - Não será hora de negociar o seu crédito à habitação?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios