Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Puxa sacos...

Puxa sacos...

Categoria: Outros
Visitas: 31
Comentários: 4
Puxa sacos...

Tem pessoas que já nascem com este Dom: Puxar o saco. A gente logo percebe isso, principalmente, quando a pessoa começa a te bajular muito,e a contar tudo que acontece na Empresa..ninguém merece..

O que é Puxa Saco:
Puxa saco é um adjetivo ou substantivo usado com sentido pejorativo que significa adulador, bajulador, baba ovo.

Um puxa saco é conhecido por rasgar seda, ou seja, elogiar alguém excessivamente com o objetivo de conseguir alguma coisa para o seu próprio benefício. Normalmente, os puxa-sacos mostram uma profunda admiração perante alguém que é superior em alguma hierarquia, como por exemplo, um patrão ou professor. Por exemplo: Ele só conseguiu aquele cargo na empresa porque é um puxa saco.

Quer dizer tem pessoas que não tem o conhecimento que você tem, mas sempre esta a mil passos na sua frente..
É Verdade que os puxas sacos estão longe de serem extintos da face da terra. Tem gente que puxa para ser promovido na Empresa. E para muitos chefes, é até bom ter um olho a mais dentro da empresa. Mas será que isso é inconveniente? Sinceramente, eu nunca puxei o saco e nem gosto disso.

"Não puxo saco de ninguém, detesto que puxem meu saco também. Não faço amizades por conveniências, não sei rir se não estou achando graça, não atendo o telefone se não estou com vontade de conversar."
— Caio Fernando Abreu.

É Exatamente eu....

Veja os mandamentos dos Puxa Saco

Quando o chefe chegar seja o primeiro a dar bom dia, com um grande sorriso nos lábios.

Toda vez que seu chefe espirrar diga “saúde”, não importa a quantidade de espirro.

Morra de rir das piadas que seu chefe conta, mesmo que seja a mais sem graça do mundo.

Cole um adesivo no carro com a seguinte frase: “Eu Amo Meu Chefe”.

Tente se parecer ao máximo com seu chefe.

Nunca saia do escritório antes dele.
Demonstre sempre muita eficiência.
Quando te passar uma tarefa, faça-a o mais rápido possível.

Se o chefe por acaso soltar um pum finja que não ouviu e nem sentiu nada.

Seja sempre muito atencioso com seu chefe, demonstrando sempre muito carinho por sua pessoa.

9 dicas para conquistar seu chefe sem ser "puxa-saco" - InfoMoney

Veja mais em: 9 dicas para conquistar seu chefe sem ser "puxa-saco" - InfoMoney
Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/carreira/gestao-e-lideranca/noticia/3051201/dicas-para-conquistar-seu-chefe-sem-ser-puxa-saco

Em primeiro lugar, um puxa-saco nunca é bom. Lembre-se disto: Você faz o que faz por não ter opção mesmo, afinal, sua vida não tinha sentido nenhum antes de seguir esta notável carreira. Mas existem puxa-sacos amadores e puxa-sacos profissionais. Um puxa-saco profissional é aquele que consegue sobressair aos demais puxa-sacos. Lógico que o saco é igual ao coração de uma mãe, onde sempre cabe mais um, mas no saco sempre vai existir aquele que agarra mais saco que os demais. Em outras palavras: Enquanto o puxa-saco amador elogia o terno do dono, o puxa-saco profissional abana o rabinho e se enrosca nas pernas do dono. Um puxa-saco profissional deve ser mais sem personalidade que os demais puxa-sacos, ou melhor, deve ter personalidade nula. Um puxa-saco amador ainda possui um pouco de personalidade, e isto é ruim, muito ruim.

O puxa-saco profissional é aquele que consegue eliminar qualquer traço de personalidade. Para ser um puxa-saco de sucesso, não pode ter opinião própria. Aliás, para ser um puxa-saco de sucesso, não pode nem ter opinião; o puxa-saco profissional deve apenas concordar. É isto que caracteriza um puxa-saco de respeito. Um puxa-saco profissional nunca afirma e confirma ser um puxa-saco. Um puxa-saco de talento, por mais sanguessuga que possa ser, detesta quando alguém lhe chama de puxa-saco.


Patricia Santos

Título: Puxa sacos...

Autor: Patricia Santos (todos os textos)

Visitas: 31

622 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Leonard das Neves OliveiraLeonard das Neves Oliveira

    02-10-2014 às 01:49:04

    Bem verdadeira a análise desse tipo de gente em seu texto Patrícia. Infelizmente essa categoria de pessoa não existe apenas no meio profissional, podemos encontrar esses puxa-sacos na família, na faculdade, ou ainda em qualquer manifestação social. Fica aqui uma sugestão que você escreve sobre esse tema em outros contextos. Sucesso!

    ¬ Responder
  • Luene ZarcoLuene

    28-07-2014 às 19:36:49

    Não suporto nem estar por perto de gente que fica puxando saco, principalmente, de alguém que supostamente se diz "importante". Temos que usar a sinceridade e pronto!

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    09-05-2014 às 12:43:20

    Não gosto de gente que vive bajulando, acredito que tem limites. Também é diferente de ser cordial, gentil. Então, a sinceridade faz a diferença. Normalmente, o puxa saco aproxima-se com outras intenções. Adorei seu texto!

    ¬ Responder
  • Patricia SantosPatricia Santos

    21-05-2014 às 17:09:34

    OBRIGADA

    ¬ Responder

Comentários - Puxa sacos...

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Gatos Tudo Sobre Gatos

Ler próximo texto...

Tema: Animais Estimação
Gatos Tudo Sobre Gatos\"Rua
Gatos - Domesticado primeiramente no oriente médio, o gato doméstico é o resultado de uma adaptação evolutiva dos gatos selvagens. Cientificamente, é denominado Felis catus, de acordo com as regras do Código Internacional de Nomenclatura Zoológica. Entretanto, na prática é comum por parte dos biólogos, a distinção entre as espécies selvagens (Felis Silvetris) e as domesticadas (Felis Catus).

É consenso entre os historiadores que os sinais mais antigos da associação dos gatos com o homem datam de quase 10 mil anos atrás. Em tempos antigos, sua função era trabalhar no auxílio do controle populacional de diversos tipos de roedores. Atualmente, é bastante popular, seja como animal de companhia ou de trabalho, exercendo ainda sua função original no controle da população de determinados roedores, tanto em ambientes rurais como urbanos.

Trata-se de um animal de tamanho pequeno a médio, em geral pesando entre 2,5 e 7 kg. O cruzamento entre as diversas espécies o tornou menor, e menos agressivo com os humanos. Excelente caçador, o gato possui natureza independente, é curioso, porém sociável. Sua alimentação é essencialmente orientada ao consumo de carne, mas até mesmo os exemplares selvagens costumam complementar sua alimentação com folhas e outros elementos vegetais.
Gatos - Descrição e características

GatosAs características comportamentais dos gatos variam dependendo da raça, idade e sexo. Os gatos de pelagem curta tendem a ser mais magros e ativos fisicamente, enquanto os de pelo longo são, em geral, mais pesados. O comportamento dos filhotes de gato no entanto, pode variar bastante de acordo com a ninhada e a socialização.

Considerados animais de cérebro bastante evoluído, os gatos são inteligentes, capazes de sentir emoções. Em relação à anatomia, são muito similares a outros felinos. Possuem corpos fortes e flexíveis, garras retráteis bem afiadas e reflexos rápidos.

A expectativa de vida de um gato é considerada longa. Enquanto um gato selvagem ou de rua tem expectativa de vida bastante reduzida devido a brigas e acidentes, os exemplares dométiscos podem viver por mais de 20 anos. Apesar de ser um animal capaz de nadar, assim como a maioria dos mamíferos, os gatos tendem a ter aversão à ambientes aquáticos e só o fazem se extremamente necessário, como no caso de queda acidental na água.
Gatos - Comportamento e Comunicação

GatosOs gatos são capazes de comunicar-se de maneira eficaz, seja com os humanos ou com outros animais de sua espécie. O cérebro dos gatos apresenta estrutura tão avançada que possibilita o desenvolvimento de uma espécie de linguagem, comunicando-se por meio de miados e ronronares, além de linguagens corporais.

O miado é um som geralmente agudo, ao contrário do ronronar, que é um som de tom mais grave e suave. O tipo de miado pode variar significativamente, dependendo do seu propósito. O gato pode vocalizar por sofrimento (para pedir comida, por exemplo) ou simplemente como um cumprimento. Já o ronronar geralmente indica um estado de calma, prazer ou excitação.

Para saber tudo sobre gatos ou para saber quais são as principais raças de gatos, não deixe de visitar a seção Raças e conheça as diferenças e particularidades de cada uma das diferentes raças desse maravilhoso e cativante felino. Confira abaixo os artigos sobre os gatos em destaque e demais assuntos relacionados, como comportamento, curiosidades e dicas.

Pesquisar mais textos:

Elisangela Lourenço de Oliveira

Título:Gatos Tudo Sobre Gatos

Autor:Elisangela Lourenço Oliveira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios