Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A importância dos valores nas gerações futuras

A importância dos valores nas gerações futuras

Categoria: Outros
Visitas: 22
Comentários: 5
A importância dos valores nas gerações futuras

Serão os pais os principais culpados de gerações ditas “rascas”? Será que o seu papel não foi devidamente cumprido? Deveram os pais ser mais ou menus presentes na educação dos filhos? Qual a influência de uma educação rígida e de uma educação mais branda? Haverá um modelo de educação tido como ideal? Estas são apenas algumas questões que se colocam à luz de todos nós observadores de um mundo em constante mudança, derivado da deterioração dos valores anteriormente incutidos na população.

Todos nós reconhecemos que as crianças de hoje são o futuro de amanhã e que serão as mesmas que constituíram a força do trabalho futuro, algo fundamental para alcançar o sucesso são os valores que esta força de trabalho possuí, uma população com espírito de trabalho, sacrifício, poder de iniciativa, determinação e persistência é de certo peça chave para que haja menos criminalidade, violência e a economia esteja saudável e cresça a velocidades impressionantes como os “boom’s” verificados na China e no Japão, visto isto é determinante a educação e os valores incutidos nos jovens de hoje para que tenhamos uma força de trabalho saudável amanha. Quando me refiro a educação, não falo da apelidada de “formação” dada nas escolas mas sim naquela que é dada no seio das famílias e aí em certo modo os grandes professores são os país pois são eles que incutem nos seus pupilos as primeiras noções de mundo e lhes mostram a noção do que está correcto e não, quando estes ainda não conseguem pensar por si mesmos, são os pais que colocam em funcionamento e dirigem o pensamento nesta fase inicial e começar escolhendo o caminho errado pode ser um erro sem revés.

Não existirá um “modelo” pré-concebido de como educar bem uma população, mas sim deve-se adaptar a forma de educar à melhor maneira de lidar com cada um, pois uma educação, por parte dos pais, com sucesso em um dos filhos pode perfeitamente falhar em todos os seus irmãos. Outro facto que se torna determinante na educação é o tempo reduzido que cada vez mais pais e filhos passam juntos, derivado dos empregos, da carga horária das crianças entre outros factores.

Em suma, é tremendamente importante, a todos os níveis, que se eduque a nossa população de hoje com valores como espírito de trabalho, iniciativa, persistência e honestidade para que futuramente colhamos bons frutos destas sementes.

Vitor Costa

Título: A importância dos valores nas gerações futuras

Autor: Vitor Costa (todos os textos)

Visitas: 22

770 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    16-08-2014 às 03:55:36

    Concordo. Muitos pais deixaram a desejar quanto aos valores repassados para as futuras gerações e por isso, vive-se um comportamento totalmente improdutivo, violento, de mentira e falta de honestidade. Que isso sirva de alerta para todos nós! O que temos feito???

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    16-09-2012 às 21:21:31

    A nossa sociedade está a ficar desprovida de valores morais. A verdadeira e identificação do que está correcto e incorrecto. Não existem educações perfeitas e muito menos manuais de como educar um filho, mas os valores morais devem manter-se e acima de tudo serem ensinados e muito à conta das nossas atitudes enquanto pais. Colocar na prática para que os filhos aprendam. Isto trata-se de acima de tudo formar um filho e um ser humano.

    ¬ Responder
  • Arlindo elias TomasArlindo elias Tomas

    02-07-2011 às 15:58:02

    Gostei do comentario ate que queria usar como fonte, no meu trabalho mas, encontro dificuldades pois a opiniao nao possui base de sustento em referencias bibliograficas. Eu pretendo falar de Valores em Mocambique, e procuro bibliografia, mas nao tem citacao nem... Pode ajudar-me? Ai sta meu endereco

    ¬ Responder
  • José Augusto Pinto de Almeidaisabela

    16-06-2011 às 22:04:42

    Seu texto é bom , não era exatamente o que eu estava procurando, mas me ajudou muito. Obrigada.

    ¬ Responder
  • Rodvaldo PedroRodvaldo Pedro

    04-11-2010 às 15:38:25

    É bom saber que existe texos que se pode criar para ver a importancia da revolução industrial é mesmo muito bom.

    ¬ Responder

Comentários - A importância dos valores nas gerações futuras

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios