Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

Categoria: Outros
Visitas: 8
Comentários: 3
Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

Hoje a maior preocupação dos pais é educação, afinal educar não é só saber ler e escrever, nem tão pouco colocar o filho em uma escola e deixar que ela a escola eduque por você, educar é algo mais profundo é saber dizer sim e o não em certas horas, educar não é só formar o filho e dizer meu filho é um doutor.

Antigamente as crianças nascidas em cidades rurais, seus primeiros anos de vidas de uma criança eram acompanhada pelas mães, para onde quer que elas fossem às condições eram precárias e os cuidados com a saúde quase inexistente, motivo pelo qual a mortalidade infantil era elevada. Quando começavam a ter capacidade para realizar algum trabalho, eram logo introduzidos nas tarefas domesticas ou acompanhava o Pai para trabalhar no campo. Estudo era algo destinado apenas a nobreza, e com isso as crianças aprendiam o que era trabalhar muito cedo e pouco ou nem um direito tinham.

As revoluções industriais deram-se muitas mudanças quer a nível econômico ou social, e com isso o desenvolvimento das indústrias que surgiram deram muitos postos de trabalho onde eram necessários homens e mulheres para o trabalho, e com isso o trabalho infantil que era muito comum e as crianças eram sujeitas as condições estremas. As mulheres deixaram de cuidar das crianças como faziam antes, e começaram a ser dada cada vez mais atenção ao fato de ser necessário encontrar uma solução para educar melhor os filhos. Hoje há conscientização das necessidades e da importância da criação de um futuro melhor, afinal as crianças de hoje serão os adultos de amanhã. E com isso existe metodologia que se aplique melhor aos valores educacionais que você preza e o que seu filho deseja.

Especialistas são unânimes em dizer que não existe escola ideal, mas existe sim escola que ensina. É por isso que você precisa estar atento na hora de escolher um local para o aprendizado de seu filho. O certo é que você procure uma instituição que leve em consideração seus ideais. Se você preza disciplina, procure uma escola que pense como você, com uma proposta pedagógica mais rigorosa. A escola certa é a que seja similar ao modelo educacional que você tem em casa.

Existem fatores que devem ser considerados para a escolha de uma escola como, por exemplo: 1- localização é importante, pois o transito estressa a criança e o adolescente,

2- infra- estrutura- além da segurança ser obrigatório, ver instalação da escola como tomadas, fiação, quinas etc. verifique se os brinquedos são limpos e bem conservados, se os banheiros são adequado a idade, e sua higiene e organização.

3- Proposta Pedagógica- ver se ela enquadra no que você procura, verifique a importância dá disciplina, conteúdo e recursos didático, as questões afetiva e ao raciocínio, o que é importante se o tratamento dado aos alunos é individual ou regra geral.

4- Formação dos profissionais- verifique a quantidade de coordenadores, quanto mais melhor, verifique se os professores tem boa formação cultural e profissional, procure ver como eles se relacionam com os alunos, verificar a reciclagem constantemente dos professores pois isso é de extrema importância, pois o mundo é muito dinâmico e o conhecimento dos educadores devem acompanhar.

5- Diálogo- é fundamental, aluno x professor x família.

6- Método tradicional- onde a educação é centralizada na figura do professor, a transmissão de conhecimento é feita através de aulas, em uma seqüência pré-determinada e esportivo. Foco principal a repetição de exercícios com exigências de memorização. Outros métodos é o sintético, tecnicismo critica social, construtivismo, método global, e o Piagetiana.



Waldiney Melo

Título: Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 8

796 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    17-08-2014 às 23:32:52

    "...A escola certa é a que seja similar ao modelo educacional que você tem em casa..." Gostei muito desse trecho e faz todo o sentido mesmo! Adorei o texto que escola ideal não existe. Escola é aquela que ensina mesmo e esse ensino é de acordo com a necessidade que os pais acham que o filho precisa.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    16-09-2012 às 17:01:13

    São boas as suas dicas, decerto ajudarão os pais a escolherem a escola adequada às necessidades dos filhos. Não concordo, no entanto, com o modelo de escola tradicional (que afinal é aquele mais disseminado) que refere no último ponto. Ainda que o trabalho de professor seja difícil, cabendo-lhe simultaneamente cativar e manter o respeito, penso no professor mais como um mediador entre os alunos e o mundo, e não uma figura de autoridade e dogmatismo.

    ¬ Responder
  • JeaneJeane

    30-10-2010 às 13:47:17

    São matérias muito boa,e que com certeza irei praticar.

    ¬ Responder

Comentários - Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios