Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

Categoria: Outros
Visitas: 8
Comentários: 3
Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

Hoje a maior preocupação dos pais é educação, afinal educar não é só saber ler e escrever, nem tão pouco colocar o filho em uma escola e deixar que ela a escola eduque por você, educar é algo mais profundo é saber dizer sim e o não em certas horas, educar não é só formar o filho e dizer meu filho é um doutor.

Antigamente as crianças nascidas em cidades rurais, seus primeiros anos de vidas de uma criança eram acompanhada pelas mães, para onde quer que elas fossem às condições eram precárias e os cuidados com a saúde quase inexistente, motivo pelo qual a mortalidade infantil era elevada. Quando começavam a ter capacidade para realizar algum trabalho, eram logo introduzidos nas tarefas domesticas ou acompanhava o Pai para trabalhar no campo. Estudo era algo destinado apenas a nobreza, e com isso as crianças aprendiam o que era trabalhar muito cedo e pouco ou nem um direito tinham.

As revoluções industriais deram-se muitas mudanças quer a nível econômico ou social, e com isso o desenvolvimento das indústrias que surgiram deram muitos postos de trabalho onde eram necessários homens e mulheres para o trabalho, e com isso o trabalho infantil que era muito comum e as crianças eram sujeitas as condições estremas. As mulheres deixaram de cuidar das crianças como faziam antes, e começaram a ser dada cada vez mais atenção ao fato de ser necessário encontrar uma solução para educar melhor os filhos. Hoje há conscientização das necessidades e da importância da criação de um futuro melhor, afinal as crianças de hoje serão os adultos de amanhã. E com isso existe metodologia que se aplique melhor aos valores educacionais que você preza e o que seu filho deseja.

Especialistas são unânimes em dizer que não existe escola ideal, mas existe sim escola que ensina. É por isso que você precisa estar atento na hora de escolher um local para o aprendizado de seu filho. O certo é que você procure uma instituição que leve em consideração seus ideais. Se você preza disciplina, procure uma escola que pense como você, com uma proposta pedagógica mais rigorosa. A escola certa é a que seja similar ao modelo educacional que você tem em casa.

Existem fatores que devem ser considerados para a escolha de uma escola como, por exemplo: 1- localização é importante, pois o transito estressa a criança e o adolescente,

2- infra- estrutura- além da segurança ser obrigatório, ver instalação da escola como tomadas, fiação, quinas etc. verifique se os brinquedos são limpos e bem conservados, se os banheiros são adequado a idade, e sua higiene e organização.

3- Proposta Pedagógica- ver se ela enquadra no que você procura, verifique a importância dá disciplina, conteúdo e recursos didático, as questões afetiva e ao raciocínio, o que é importante se o tratamento dado aos alunos é individual ou regra geral.

4- Formação dos profissionais- verifique a quantidade de coordenadores, quanto mais melhor, verifique se os professores tem boa formação cultural e profissional, procure ver como eles se relacionam com os alunos, verificar a reciclagem constantemente dos professores pois isso é de extrema importância, pois o mundo é muito dinâmico e o conhecimento dos educadores devem acompanhar.

5- Diálogo- é fundamental, aluno x professor x família.

6- Método tradicional- onde a educação é centralizada na figura do professor, a transmissão de conhecimento é feita através de aulas, em uma seqüência pré-determinada e esportivo. Foco principal a repetição de exercícios com exigências de memorização. Outros métodos é o sintético, tecnicismo critica social, construtivismo, método global, e o Piagetiana.



Waldiney Melo

Título: Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 8

796 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    17-08-2014 às 23:32:52

    "...A escola certa é a que seja similar ao modelo educacional que você tem em casa..." Gostei muito desse trecho e faz todo o sentido mesmo! Adorei o texto que escola ideal não existe. Escola é aquela que ensina mesmo e esse ensino é de acordo com a necessidade que os pais acham que o filho precisa.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    16-09-2012 às 17:01:13

    São boas as suas dicas, decerto ajudarão os pais a escolherem a escola adequada às necessidades dos filhos. Não concordo, no entanto, com o modelo de escola tradicional (que afinal é aquele mais disseminado) que refere no último ponto. Ainda que o trabalho de professor seja difícil, cabendo-lhe simultaneamente cativar e manter o respeito, penso no professor mais como um mediador entre os alunos e o mundo, e não uma figura de autoridade e dogmatismo.

    ¬ Responder
  • JeaneJeane

    30-10-2010 às 13:47:17

    São matérias muito boa,e que com certeza irei praticar.

    ¬ Responder

Comentários - Escola ideal não existe, existe sim escola que ensine

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios