Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Namorando homens mais velhos não serei traída

Namorando homens mais velhos não serei traída

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
Namorando homens mais velhos não serei traída

Cansada de se sentir traída e, às vezes com razão por de fato ter acontecido, a mulher passa a namorar homens mais velhos. Essa escolha é com a intenção de se sentir mais segura quanto à relação, por ser um homem que já vivenciou muitas experiências, acredita-se, pelo menos a princípio, que ele conduzirá a relação com mais sinceridade e sem trair.

Uma coisa deve ficar bem clara, nem todos os homens jovens têm o mesmo comportamento, não se deve generalizar. Tem rapazes que mantêm o relacionamento sem se envolver com outras mulheres. Esse comportamento depende dos conceitos de cada um.

Quanto a namorar homens mais velhos como garantia de que não terá com o que se preocupar, é falho. Muitas mulheres buscam uma relação mais calma na qual não tenha que ficar atenta se ele está ou não saindo com outras mulheres.

Vamos entender o seguinte; namorar um homem com mais idade, não é garantia de que ele não se sentirá traído por outra e chegar a ter uma amante, ao contrário; muitos acreditam que ter mais de uma namorada é sinônimo de virilidade e se tomarem como base os antigos conceitos patriarcais de que o homem tudo pode, então o risco de ser enganada é ainda maior. Evidente que se ele estiver de fato envolvido e motivado com o namoro independente dos conceitos sociais que lhe foram passados e queira manter uma relação com fidelidade, não desviará seu foco.




Essa abordagem é para que possamos analisar que o fator idade não está relacionado com a postura que cada um assumirá durante o namoro. Tem muito mais a ver com o que cada um deseja, acredita e busca para si, assim como também acontece com a mulher.

Uma traição, dependendo do tipo da energia emocional depositada no outro, pode desencadear insegurança generalizada que em todos os relacionamentos posteriores passa-se a sofrer com desconfiança exacerbada. Com intenção de evitar o sofrimento, a mulher que busca namorar homens mais velhos, tenta investir nessa relação para não passar pelo mesmo sofrimento, mas o melhor a fazer para lidar com esse tipo de dor, não é seguir para um novo namoro sem antes curar as emoções da desilusão, pois o risco de levar para o homem que se interessar em namorar é o de sufocá-lo com ciúmes e querer monitorar cada passo que ele der.

O ideal é buscar ajuda com um terapeuta para melhor se entender e ser feliz.


Sílvia Baptista

Título: Namorando homens mais velhos não serei traída

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 2

667 

Comentários - Namorando homens mais velhos não serei traída

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios