Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Tenho Ejaculação Precoce

Tenho Ejaculação Precoce

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Comentários: 7
Tenho Ejaculação Precoce

Numa conversa animada, o assunto até pode ser motivo para umas quantas brincadeiras e risinhos, mas a realidade é que no meio de um grupo de amigos que falem sobre ejaculação precoce de forma divertida, como se uma brincadeira se tratasse, poderá haver um amigo que fica mais constrangido com a conversa. Mais do que se possa imaginar, a ejaculação precoce acontece.

Se se falar de o inicio de uma vida sexual, por exemplo num adolescente, existem explicações perfeitamente normais para tal acontecer. A ansiedade, o pouco à vontade com a parceira ou o nervosismo. O mesmo pode acontecer numa fase mais adulta, numa primeira relação com uma nova parceira. A ejaculação precoce acontece também com bastante frequência, após um longo período de abstinência. Enfim, falamos de situações associadas ao nervosismo e ansiedade de um modo geral. Mesmo que a descontração seja algo que conscientemente deve ser obrigatória, na prática a coisa nem sempre funciona assim.

Mas e se a ejaculação precoce acontece numa fase adulta, em que a prática e vida sexual são constantes? Aí pode então haver um problema de saúde um bocadinho mais preocupante.

A sexualidade é importante em todos os seres humanos, mas se existe alguma, por mais ínfima, disfunção sexual num homem, o problema cresce rapidamente. A cada tentativa a ansiedade aumenta e o simples facto de imaginar que poderá falhar sexualmente, coloca imediatamente, no pensar de cada um dos homens que por aí andam, a sua competência enquanto ser viril em causa.

Cientificamente comprova-se que muito raramente existe um único (sozinho) fator que resulte na existência de ejaculação precoce como doença física. O que mais se aproxima poderá ser a esclerose múltipla ou a prostatite aguda. Estas doenças podem de certa forma ajudar ao problema de ejaculação precoce. Toda a parte psicológica do ser humano comanda muitas das coisas que acontecem no nosso corpo. A ejaculação precoce é uma delas.

E tem cura? Naturalmente. Com esforço e dedicação dos dois (a sua parceira é imprescindível para ajudar). Consulte um urologista e fale-lhe no assunto. Depois de alguns exames médicos, e se se confirmar que não existe nenhum problema de saúde física, poderá começar a fazer alguns exercícios na altura de começar um ato sexual.

Desligar o pensamento da sua parceira logo no inicio do ato sexual, poderá ser uma delas, mas não desvie muito a sua atenção, pois o melhor terá de estar para vir. Descontraia e tenha a certeza de que não é o único e isto é uma coisa passageira.


Carla Horta

Título: Tenho Ejaculação Precoce

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

673 

Imagem por: batega

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 7 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarlos

    26-07-2012 às 11:30:09

    Descobri que tinha cancro da próstata há 12 anos. Fui operado e sujeito a muitos tratamentos complicados. Também descobri a minha doença por causa da ejaculação precoce. Fui ao médico e descobri o pior. Tratei-me e estou curado, apesar de andar sempre sobre vigia. Tenho uma vida sexual perfeitamente normal e levo uma vida perfeitamente saudável.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoPedro

    24-07-2012 às 09:42:53

    E quando existe de facto um problema de saúde? Aconteceu-me por causa da esclerose múltipla. Descobri a minha doença exatamente por causa da ejaculação precoce. Estou a ser tratado, mas tem sido uma luta dificil. Com ou sem sexo tenho uma família que me apoia e me acarinha todos os dias. Sexo não é tudo e só nos apercebemos disso quando uma doença grave invade a nossa vida.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoClara

    24-07-2012 às 09:42:34

    Quando aconteceu ao meu marido também foi complicado. Ele não queria falar sobre o assunto, mas a minha teimosia obrigaram-no a fazer exames e percebeu que tudo não passava de problemas do dia-a-dia que o desconcentravam na hora de fazer amor. Junto lutámos contra um problema que caminhava a passos largos para uma impotência sexual por causa do foro psicológico.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoBernardo

    23-07-2012 às 11:24:10

    Para o homem latino e bem comum este é um tema que causa embaraço. Se soubessem os casos que acontecem por causa de “bichinhos” que se alimentam na cabeça???? Não vale a pena fugir de uma situação em que mais de 70% dos casos, tal como a impotência sexual é de foro psicológico.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAnónimo

    23-07-2012 às 11:23:48

    Há 5 anos atrás fui ao médico por causa desta situação. Primeiro dirigi-me ao médico de família que me indicou algumas analises e exames para fazer. Seguiu-se depois uma ida ao urologista que me informou que nada se passava fisicamente comigo. Com o apoio da minha mulher, fui a um psicólogo que me ajudou neste sentido.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAnabela

    19-07-2012 às 11:52:35

    O meu marido sofre de ejaculação precoce. Tem sido muito complicado e a nossa vida sexual deixou de existir. Para mim tem sido muito complicado de gerir pois já não sei como ajudá-lo. Tento falar com ele, mas por mais do que uma vez acabamos por discutir pois ele recusa-se a falar sobre o assunto.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRoberto

    19-07-2012 às 11:52:14

    Sofri há uns anos de ejaculação precoce. Foi mais do que tudo um problema psicológico, pis quando acontece uma vez, e depois outra, deitar-me com aminha mulher era já um problema. Não queria assumir que estava a haver um problema, mas uma ida ao urologista tirou-me alguns pesos de cima.

    ¬ Responder

Comentários - Tenho Ejaculação Precoce

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Imagem por: batega

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios