Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Ivan

Ivan

Categoria: Outros
Ivan

Quando entrei naquela sala,não preciso nem mencionar que tipo de sala era.Nós dois já estamos cansados de saber que essa vai ser uma informação sigilosa,mantida assim durante muito tempo até um dos dois abrir a boca sem querer.

Mas voltando a sala,eu estava muito mal naquele dia.Não sei se você se tocou disso,mas realmente estava só o pó.Cansada,com sono sem conseguir dormir,com dor de cabeça,dor pelo corpo todo,garganta dolorida todos esses sintomas ainda são poucos para descrever o meu estado físico aquele dia.

Porém,eu queria e precisava me distrair.Já não restava mais nada mesmo,já que nem dormir eu conseguia.

O fato de estar na internet,não significa que eu estava procurando alguma coisa.Álias,eu acho que nem estava propensa a isso.

Quando,você me abordou eu não estava minimamente interessada em conversar com você(devido ao fracasso das conversas anteriores com outras pessoas).

Como que alguém entra com um nick indicando que está doente,e todos perguntam - e ai,tudo bem?

Ninguém merece.Você também fez isso,mas soube ir muito além do oi tudo bem,vc fala de onde.

Você conseguiu me distrair,tirar o foco da minha dor e soube inclusive me fazer rir(apesar que eu nem estava podendo rir).Resolvi pedir msn,telefone,endereço seja o que for porque eu queria continuar falando com você.

Adorei o seu jeito de conversar.Leve,solto,distraído!

Era claro que eu não queria perder você de vista.Provavelmente você achou estranho eu pedir seu telefone.Mas eu não importei,com que você pudesse vir a pensar ou não.Eu somente queria falar com você,quer dizer continuar falando com você.

Eu gostei de você por você ser inteligente,fofo,meloso(é breguinha isso,mas eu gosto),romântico.E você é muitooooo espontâneo e eu amo pessoas espontâneas.

Adoro quando você me liga,e fico triste quando você não atende ou não retorna.Estou meio viciada em falar com você.Minto,estou completamente viciada.

Eu adoro você de verdade.Sei que você espera muito mais do que um simples eu te adoro.Mas eu não sei demonstrar ou escrever isso de outras maneiras.Quero ter ver amanhã,quero beijar você,quero ficar com você.

Não só hoje,mas muitos outros dias.Para sempre.

Ah,eu adoro a idéia de você fazer mestrado.É um fato na verdade!Eu odeio estudar,mas eu gosto de pessoas que gostam de estudar.Eu também gostaria de ser assim...Também gostaria de ser tão inteligente como você.Eu sinto muito mas muito ciúme de você,me desculpe por isso mas é meio inevitável para mim.

Outra coisa que eu gosto em você é o fato de você ser ambicioso e não querer apenas ser gerente de não sei qual área.Ambição é uma coisa ótima.Isso soa bem pouco católico...Eu sei!Mas isso é uma das coisas que eu discordo do catolicismo.

Eu não tenho nada contra a sua família,nem ofenderia ninguém da sua família.Primeiro porque são pessoas que você ama e segundo porque eu não ofenderia a família de ninguém...Ainda mais se eu gosto da pessoa em questão.Isso não significa que eu queira morar com a sua mãe,ou que queira que ela more conosco.Só para frizar rs.

E eu quero casar com você SIM!E odeio quando você fala se a gente casar...Eu odeio esse maldito SE.

Eu não quero que você case com ninguém!Principalmente,se for alguém inferior a mim.

Como parece ser todas essas pessoas que você vive citando nas nossas conversas.Ou seja,não me compare com nenhuma vaca porque eu não te comparei com ninguém.Nem com o Beckham eu te comparei (percebeu que eu acho ele bonito?).Porque para mim você é INCOMPARÁVEL!

Não precisa ter medo da minha irmã,ela nunca matou ninguém...Ainda.

Para finalizar,você é meu lindinho,fofinho,bebezinho,amorzinho,gatinho.

Adoro você,

Mil beijos na boca e naquele outro lugar do desafio.

Gabi

P.S 1 :Agora vou cobrar uma aliança rs.
P.S 2 : Ninguém mandou brincar.


Gabriela Torres

Título: Ivan

Autor: Gabriela Torres (todos os textos)

Visitas: 0

601 

Comentários - Ivan

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios