Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Dicas de Português

Dicas de Português

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 2
Dicas de Português

A língua portuguesa é um idioma em que temos de aprender constantemente. Não sabemos de tudo, e o que pensamos que sabemos, na verdade, não sabemos. Aí está a importância de sempre buscar conhecimento na língua para aperfeiçoar seu vocabulário, sua fala, sua escrita e saber se expressar corretamente.

Ter o domínio da língua não é tarefa somente dos professores, daqueles que lecionam a disciplina e nem tampouco dos estudantes do curso, é um dever de cada nativo, de cada indivíduo brasileiro, é um dever seu.

Vou dar algumas dicas muito interessantes para você aprender algumas expressões que somos até acostumados a dizê-las, porém, de forma errada. Acontece por costume mesmo, a gente ouve outras pessoas falando assim, achamos que é o certo e fazemos da mesma forma.

A primeira expressão é Deus lhe abençoe. Essa expressão está incorreta, o certo é Deus a abençoe. Porque o pronome lhe só é usado quando nos referimos a seu ou dele. Ex.: Deus lhe abençoe a família. Você quando quer se dirigir a alguém, fale Deus o abençoe.

Normalmente escrevemos uma expressão que é muito popular, mas que também não está de acordo com a norma culta. É a expressão “Segue o documento em anexos ” ou “Seguem as cartas em anexos”. A palavra anexo é adjetivo, portanto, concorda em gênero e número com o substantivo a que se refere. O certo é “Segue o documento anexo” e “Seguem as cartas anexas”.

A palavra rubríca é paroxítona, portanto, devemos pronunciá-la corretamente como tal. Mas, às vezes, falamos assim: rúbrica, está incorreta, o certo é rubríca.

Também acostumamos a escrever, a preencher até cheque assim: “Hum mil reais”. Também incorreto, o certo é “Mil reais” ou “Mil e quinhentos reais”. Evite utilizar o hum, totalmente errado para a nossa língua portuguesa.

Viu como pequenos detalhes fazem a diferença em nosso idioma? Aprender a falar e escrever corretamente precisa apenas de conhecimento, um bom livro ao lado pode ajudar, um guia prático também auxilia bastante. Tenho um em minha casa, até ganhei de presente e que sempre tem me ajudado nas dúvidas quanto à fala e escrita. Você pode até comprar em livraria, lá você encontra. Seu nome é Dicionário de dificuldades da língua portuguesa, um ótimo recurso para quem deseja se familiarizar com a língua, ele é um livrinho de bolso.


Adriana Santos

Título: Dicas de Português

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 2

637 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Vicente SilvaVicente

    29-08-2014 às 13:39:02

    Aprendi muito com essas dicas de português! É bem verdade que não sabemos tudo, devemos sempre buscar conhecer e aplicar no dia a dia.

    ¬ Responder
  • jairo

    11-09-2012 às 18:23:03

    Gostei das dicas.

    ¬ Responder

Comentários - Dicas de Português

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios