Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Será que sabe tudo sobre plásticas?

Será que sabe tudo sobre plásticas?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Visitas: 2
Comentários: 3
Será que sabe tudo sobre plásticas?

Sempre que pensa em enfrentar um bisturi, certamente que pensa em formas perfeitas e um visual de arrasar. Mas convém lembrar-se que para tal, vai ter que passar por alguns obstáculos, alguns dele nada agradáveis.

Assim, aqui vamos revelar-lhe algumas coisas que nunca lhe disseram e que deve saber.

- Depois de colocar silicone no peito, é natural que fique com o peito muito inchado após a cirurgia, por isso não se assuste com o novo tamanho das suas mamas. Em duas semanas, já devem notar uma regressão de 70% dos edemas. Para ajudar na recuperação, massaje o peito durante o banho.

- Não existem resultados imediatos, por isso se pensa que vai sair de clínica linda de arrasar, desengane-se. Os edemas e equimoses levam cerca de um mês a acalmar, no entanto, o resultado final só se tem passado seis meses.

- Após qualquer cirurgia plástica é normal que lhe apareçam as famosas nódoas negras. Estas tendem a desaparecer após 15 dias, mas para isso aplique pomada de arnica e faça compressas geladas.

- Quando coloca próteses de silicone para ficar com o glúteos arrebitados, o implante é colocado dentro do músculo, o que provoca uma distensão e deixa a área mais sensível à compressão e ao movimento, como tal, minimize o incómodo, sentando-se de lado, nos 15 primeiros dias.

- Após uma blefaroplastia (eliminação da flacidez e excesso de gordura nas pálpebras) os olhos ficam muito inchados. Para aliviar, deve colocar compressas frias nos dois primeiros dias e compressas mornas a partir do terceiro dia.

- Quando se submete a uma cirurgia ao nariz, deve evitar dormir de bruços nos primeiros tempos. Entretanto vá dormindo com a cabeça elevada ou aposte em almofadas anatómicas, que se encaixam no pescoço e evitam que a cabeça vire durante o sono.

- Ao submeter-se a uma abdominoplastia, para que o resultado fique bom, deve andar com a coluna ligeiramente fletida por sete dias, de forma a evitar tensões sobre a cicatriz e a diminuir as hipóteses de que a mesma se alongue. Além disso, deve dormir com as pernas dobradas.

- Usar uma cinta cirúrgica aperta, mas é fundamental para conter edemas após alguns procedimentos. Além disso, também ajuda a pele a aderir mais facilmente após a cirurgia. Ela é indispensável e quanto maior o tempo de utilização, mais depressa desaparece o inchaço.

- É mais do que normal sentir o corpo dorido, após uma lipoaspiração. Para amenizar a dor, que dura entre 3 a 8 dias, deve aplicar pomadas anti-inflamatórias durante as sessões de drenagem linfática.

Feitas as contas, se fez uma cirurgia plástica para melhorar a sua autoestima e porque quer ficar de bem com o espelho e não porque é moda ou porque alguém lhe pediu, acredite que todo o esforço valeu a pena. Afinal, não há nada melhor do que cuidar de si…


Catarina Guedes Duarte

Título: Será que sabe tudo sobre plásticas?

Autor: Catarina Guedes Duarte (todos os textos)

Visitas: 2

792 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    24-06-2014 às 16:35:56

    Não sabia nem da metade sobre cirurgia plástica. Adorei seu texto, muito enriquecedor. Não tenho coragem de fazê-la, nem mesmo se tivesse ótimas condições financeiras, acho uma coisa muito vaidosa. Faria apenas se prejudicasse algo em meu corpo.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    11-09-2012 às 20:45:13

    acho que ninguém sabe tudo sobre sobre plásticas. é um assunto que está a abrir-se ao mundo, mas ainda não chegou a todos. eu, ao contrário do que diz a escritora, quando penso em bisturi penso em dor, sofrimento, lágrimas, doenças, entre outras coisas. a beleza, com toda a certeza, ainda não se encontra no meu horizonte. acho que é uma questão de mentalidades, embora isso tenha tendência a mudar. cada vez mais.

    ¬ Responder
  • vanessavanessa

    16-03-2009 às 16:48:12

    ola coloquei cilicone a 1 mes e 10 dias o bico do meu seios doem demais mas ontem quando fui toca los persebi que o bico esquerdo nao to sentindo esta totalmente durmente pode ate cortalo fora que nao vou sentir o que pode ser isso e normal estou super preoculpada ja ouvi caso assim agurdo resposta

    ¬ Responder

Comentários - Será que sabe tudo sobre plásticas?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios