Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Como Usar Cintos?

Como Usar Cintos?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Comentários: 2
Como Usar Cintos?

A moda dos cintos veio para ficar. Finos, largos, com tachas, simples, fivelas grandes e pequenas, com mais do que uma… Enfim, a escolha é grande.
Os cintos deixaram há muito de ser uma forma de prender as calças e vincou a sua posição como acessório. Podem ser de todas as cores e quem julga que nos devemos limitar ao preto e ao castanho, desengane-se. Há que usar e abusar de todas as cores e feitios.
Mas a forma como se usam os cintos não pode ser só pelo gosto que temos. Associar o bom gosto na escolha àquilo que nos fica bem, é nos cintos uma regra tão importante como no uso de qualquer outra roupa.

Antes de mais tenha em atenção que alguns cintos são próprios para cada estação. Por exemplo, um cinto grosso tio vinil só deve ser usado no inverno, enquanto que um cinto branco é próprio para o inverno.
Tenha especial atenção ao seu corpo. Uma má escolha no uso de um cinto podem fazê-la demasiado magra ou demasiado gordinha.
Com saias ou calças de cós alto, um cinto fininho é o ideal e devem ser usados perto da cintura para causar uma imagem elegante.
Quanto aos cintos largos (grossos) devem ser usados na linha da cintura exatamente para definir o corpo e fazê-la parecer mais magra.

Se a sua medida for grandinha, evite os cintos muito apertados na cintura de forma a sobressair uma gordurinha acima e abaixo do vinco do cinto. Mas atenção, quando descaídos vão dar-lhe um look desleixado. Cintos grossos também devem ser evitados a quem está com uns quilinhos a mais.

Para as altas e magras, usem e abusem de cintos com grandes fivelas e até mesmo em calças de ganga, nunca deixe de os utilizar.
Mais uma dica? Se as calças tiverem presilha, o cinto deve ser lá usado, mas se não gostar, pode optar por vestir uma camisa para fora e assim já está autorizada ao uso do cinto fora das calças.

Com elásticos, finos, médios e grossos, em faixa… o mundo dos cintos é muito para além disso – É um universo de escolhas.
Um cinto altera e compõe um look e pode multiplicar o guarda-roupa de uma forma extraordinária. Prenda-os á sua cintura e sinta-se na moda.


Carla Horta

Título: Como Usar Cintos?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

661 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 03:00:59

    Adoro cintos, pois valorizam muito o nosso look. Gosto tanto de cintos finos como largos e o uso deve ser para cada momento e ocasião. Por exemplo, vestidos ficam melhor com cintos finos, já calças jeans ficam ótimos com cintos mais largos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    11-09-2012 às 13:34:46

    Uma das melhores maneiras de usar os cintos, é naquelas manhãs em que nos atrasamos e não sabemos o que vestir. O cinto aqui é essencial. Vista umas calças pretas com uma camisa ou camisolinha preta e use um cinto de uma cor forte, como o vermelho ou o azul turquesa. Ficará bem vestida e o cinto vai ser o seu melhor aliado.

    ¬ Responder

Comentários - Como Usar Cintos?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios