Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Como Usar Cintos?

Como Usar Cintos?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Comentários: 2
Como Usar Cintos?

A moda dos cintos veio para ficar. Finos, largos, com tachas, simples, fivelas grandes e pequenas, com mais do que uma… Enfim, a escolha é grande.
Os cintos deixaram há muito de ser uma forma de prender as calças e vincou a sua posição como acessório. Podem ser de todas as cores e quem julga que nos devemos limitar ao preto e ao castanho, desengane-se. Há que usar e abusar de todas as cores e feitios.
Mas a forma como se usam os cintos não pode ser só pelo gosto que temos. Associar o bom gosto na escolha àquilo que nos fica bem, é nos cintos uma regra tão importante como no uso de qualquer outra roupa.

Antes de mais tenha em atenção que alguns cintos são próprios para cada estação. Por exemplo, um cinto grosso tio vinil só deve ser usado no inverno, enquanto que um cinto branco é próprio para o inverno.
Tenha especial atenção ao seu corpo. Uma má escolha no uso de um cinto podem fazê-la demasiado magra ou demasiado gordinha.
Com saias ou calças de cós alto, um cinto fininho é o ideal e devem ser usados perto da cintura para causar uma imagem elegante.
Quanto aos cintos largos (grossos) devem ser usados na linha da cintura exatamente para definir o corpo e fazê-la parecer mais magra.

Se a sua medida for grandinha, evite os cintos muito apertados na cintura de forma a sobressair uma gordurinha acima e abaixo do vinco do cinto. Mas atenção, quando descaídos vão dar-lhe um look desleixado. Cintos grossos também devem ser evitados a quem está com uns quilinhos a mais.

Para as altas e magras, usem e abusem de cintos com grandes fivelas e até mesmo em calças de ganga, nunca deixe de os utilizar.
Mais uma dica? Se as calças tiverem presilha, o cinto deve ser lá usado, mas se não gostar, pode optar por vestir uma camisa para fora e assim já está autorizada ao uso do cinto fora das calças.

Com elásticos, finos, médios e grossos, em faixa… o mundo dos cintos é muito para além disso – É um universo de escolhas.
Um cinto altera e compõe um look e pode multiplicar o guarda-roupa de uma forma extraordinária. Prenda-os á sua cintura e sinta-se na moda.


Carla Horta

Título: Como Usar Cintos?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

661 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 03:00:59

    Adoro cintos, pois valorizam muito o nosso look. Gosto tanto de cintos finos como largos e o uso deve ser para cada momento e ocasião. Por exemplo, vestidos ficam melhor com cintos finos, já calças jeans ficam ótimos com cintos mais largos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    11-09-2012 às 13:34:46

    Uma das melhores maneiras de usar os cintos, é naquelas manhãs em que nos atrasamos e não sabemos o que vestir. O cinto aqui é essencial. Vista umas calças pretas com uma camisa ou camisolinha preta e use um cinto de uma cor forte, como o vermelho ou o azul turquesa. Ficará bem vestida e o cinto vai ser o seu melhor aliado.

    ¬ Responder

Comentários - Como Usar Cintos?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Jardinagem Fonte de Vida

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Jardinagem Fonte de Vida\"Rua
A jardinagem é conhecida há anos como uma forma de emprego que possibilita a muitos uma renda familiar mensal. A jardinagem também pode ser artística onde a arte do profissional é aplicada. A jardinagem pode ser de inúmeras formas conhecida e exercida, trazendo benefícios imensuráveis a aqueles que dela são adeptos.

Muito mais que fonte de renda ou arte a jardinagem é uma fonte de inúmeros beneficio a vida do ser humano, fonte de alegria, relaxamento e distração. E por ser uma atividade tão simples não é difícil de ser realizada. A jardinagem é por si só fonte de vida, fonte de aprendizado e principalmente fonte de intimidade do ser humano.

Ser adepto da jardinagem não é somente revirar terra, ser adepto da jardinagem é decisão de vida que transforma seu dia-a-dia mudando a rotina de dias estressantes e cansativos.

Ao olhar de muitos a tarefa possa parecer penosa, cansativa e até chata, mais somente estando envolvido na jardinagem para perceber que muito mais ter um corpo cansado após a tarefa, você na verdade descansa seu corpo sua mente e seu espírito da agitação do dia-a-dia.

Alguns minutos dedicados à jardinagem são o suficiente para inibir grande carga emocional e física do nosso dia-a-dia, e proporcionando uma energia a mais para os próximos dias.

A jardinagem pode ser realizada de varias formas simples que vão trazer todos estes benefícios a sua vida e não são necessários grandes investimentos ou mudança radical da sua rotina de vida ou qualquer outra mudança que você possa imaginar. Na verdade as maiores mudanças são comportamentais e só depende de você.

Para detalhar um pouco o que você poderá fazer com alguns minutos dedicados à jardinagem você irá perceber que não há nenhuma dificuldade em realizar esta tarefa.

Com um mínimo de espaço você pode cultivar plantas simples, em vasos pequenos que não irão ocupar espaço e serão na verdade uma linda forma de ornamentar sua casa.

Você poderá cultivar uma espécie de planta conhecida como:
- Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

E você vai perceber que se dedicar alguns minutos a jardinagem é muito bom para você, os resultados não tem como ser calculados, somente há possibilidade de experimentar o quanto bom é o resultado final.

Então não espere muito é dedique-se um tempo a descobrir o quanto é bom a jardinagem para sua vida.

Pesquisar mais textos:

Rodrigo Junio Ferreira

Título:Jardinagem Fonte de Vida

Autor:Rodrigo Junio Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:43:33

    É tão gratificante nós mesmos realizarmos a jardinagem. Essa atividade relaxa, gera prazer e o resultado nos deixa muito felizes. Vale a pena!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios