Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Mitos e verdades sobre a celulite

Mitos e verdades sobre a celulite

Categoria: Beleza
Mitos e verdades sobre a celulite

Um das coisas que as mulheres mais temem é o aparecimento da celulite. Existem vários mitos e verdade que circundam esse assunto, tais como: beber muita água evita celulite? Usar calça apertada piora o efeito de “casca de laranja” da pele? Então, para que você não tenha mais dúvidas sobre esse assunto, aprenda o que é mito e o que é verdade sobre a celulite, para poder investir em hábitos e tratamentos que realmente funcionam.

Celulite tem causa hereditária – VERDADE. Muitas vezes, mães e filhas podem possuir as mesmas características quanto à celulite, como por exemplo, apresentar, até mesmo, o “furinho” na mesma região. E, isso acontece devido à anatomia dos septos subcutâneos, que são muito parecidos entre as pessoas de mesma família.

Alimentos ricos em gorduras e açúcares causam celulite – VERDADE. Quando esse tipo de alimentos é consumido em grandes quantidades, essas substâncias (gorduras e açucares) ficam retidas nos adipócitos. Dessa forma, eles aumentam de volume, prejudicando a circulação e a rede linfática.

Uso de calça apertada agrava o problema – VERDADE. Quando a calça é muito apertada, ela atrapalha a drenagem linfática e contribui para o aparecimento da celulite.

Os cremes anticelulite resolvem totalmente o problema – MITO. Atualmente, os cremes possuem compostos que facilitam a sua penetração na pele, melhorando sua aparência. Entretanto, esses produtos agem somente como complemento no tratamento da celulite e não resolvem totalmente o problema. Portanto, além deles, é preciso que haja uma mudança de hábitos, como por exemplo, a alimentação e a prática de atividades físicas.

Não adianta fazer esfoliação – MITO. Fazer esfoliação ajuda a remover as células mortas da superfície da pele, o que ajuda a melhorar a absorção dos produtos anticelulite. Por isso, é aconselhável fazer esfoliação uma vez por semana, usando uma bucha vegetal no banho.

A drenagem linfática reduz a celulite – VERDADE. Esse procedimento estético ajuda a diminuir a quantidade de líquidos que ficam acumulados entre as células, reduzindo o edema e os “furinhos” que aparecem na pele.

Beber água ajuda a evitar a celulite – VERDADE. Consumindo a quantidade adequada de água todos os dias, ou seja, 2 litros, ajuda a aumentar a microcirculação e evita o acúmulo de toxinas, o que é uma das causas da celulite.

Os hormônios e o uso de anticoncepcionais agravam a situação – VERDADE. Os hormônios e principalmente o elemento estrogênio, contribuem para o aparecimento e adensamento da celulite. E é por isso que em algumas fases da vida, a mulher pode notar o agravamento do problema, como por exemplo, na adolescência, na gravidez e na menstruação.


Rua Direita

Título: Mitos e verdades sobre a celulite

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

651 

Comentários - Mitos e verdades sobre a celulite

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios