Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Cuide-se!

Cuide-se!

Categoria: Saúde
Visitas: 14
Comentários: 2
Cuide-se!

Se fosse levada a cabo alguma acção de marketing em que se falasse às pessoas de saúde, a reacção mais expectável talvez fosse o torcer do nariz por parte destas, sobretudo se se tratasse de um questionário que lhes fizesse tomar consciência dos erros recorrentes que fazem, num verdadeiro atentado à sua própria vida, ou, no mínimo, à qualidade desta.

Se é certo que as actuais condições dos sistemas de saúde em geral são, só por si, desencorajadoras de qualquer doença, também não é menos correcto afirmar que se joga muito com a sorte, provavelmente fiando-se que as coisas más só acontecem aos outros. Ora, os outros dos outros podemos muito bem ser nós!

A questão do tabaco cai aqui que nem uma luva. A publicidade antitabagista apresenta níveis de penetração e de sucesso muito reduzidos. Os fumadores têm a tendência de rejeitar automaticamente tudo o que ouvem e vêem a respeito dos malefícios do seu vício. Arranjam mil e uma desculpas e justificações para manterem a sua atitude sem culpa e viram, simplesmente, as costas às realidades que, entretanto, vão acometendo outros, às explicações mais ou menos detalhadas de especialistas acerca dos fenómenos que ocorrem quando se fuma, aos sintomas de cansaço e dificuldade respiratória de que já padecem, enfim, tudo é válido para tentar negar evidências que exigem coragem e vontade de mudança…

Alguém definia o tabaco como uma planta carnívora que se alimenta de pulmões. Na prática, esta noção não anda muito longe da verdade. Faria falta aos fumadores inveterados, resistentes e teimosos visitar o serviço de pneumologia de um instituto oncológico e sentir de perto a aflição de morrer com cancro do pulmão. Talvez reequacionassem as suas opções e prioridades e, quiçá, tivessem algum rasgo de bom senso. De contrário, mais vale seguir um costume dos egípcios quando viam a morte a chegar: disfarçavam-se de múmias!

O povo diz, com a sabedoria que lhe advém da experiência, que há remédio para tudo menos para a morte, mas, de facto, há horas derradeiras que podiam ser bastante proteladas, “negociando” um cigarro, um maço, um pacote, … As crianças, na sua inocência, revelam por vezes uma compreensão e uma aceitação mais profundas e racionais de âmbitos delicados da existência humana. Um garoto, a quem a avó procurava advertir sobre o que era pernicioso para a saúde, interiorizou o que acabara de escutar e, em tom cauto, observou que o pior para a saúde é mesmo ficar doente!

Maria Bijóias

Título: Cuide-se!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 14

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • samilasamila

    26-03-2011 às 04:59:24

    fumar é um dos piores vicios
    acaba com sua vida sua saude .
    vc nunca mais serar a mesma pessoa
    o tabaco vai te deixar sequela graves.diga nao ao fumo sempre.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJoão

    31-03-2009 às 20:47:36

    Ainda fumo, adoro fumar, principalmente asseguir ás refeições. Nunca tentei deixar de fumar.

    Será que é possivel? Já alguem deixou de fumar e seja feliz? Ou está sempre frustrado? Tu que estás a ler esta comentário fumas? E então a tua saúde é para o tecto?

    Fumar ou não fumar ês a questão?

    ¬ Responder

Comentários - Cuide-se!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios