Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Cuide-se!

Cuide-se!

Categoria: Saúde
Visitas: 14
Comentários: 2
Cuide-se!

Se fosse levada a cabo alguma acção de marketing em que se falasse às pessoas de saúde, a reacção mais expectável talvez fosse o torcer do nariz por parte destas, sobretudo se se tratasse de um questionário que lhes fizesse tomar consciência dos erros recorrentes que fazem, num verdadeiro atentado à sua própria vida, ou, no mínimo, à qualidade desta.

Se é certo que as actuais condições dos sistemas de saúde em geral são, só por si, desencorajadoras de qualquer doença, também não é menos correcto afirmar que se joga muito com a sorte, provavelmente fiando-se que as coisas más só acontecem aos outros. Ora, os outros dos outros podemos muito bem ser nós!

A questão do tabaco cai aqui que nem uma luva. A publicidade antitabagista apresenta níveis de penetração e de sucesso muito reduzidos. Os fumadores têm a tendência de rejeitar automaticamente tudo o que ouvem e vêem a respeito dos malefícios do seu vício. Arranjam mil e uma desculpas e justificações para manterem a sua atitude sem culpa e viram, simplesmente, as costas às realidades que, entretanto, vão acometendo outros, às explicações mais ou menos detalhadas de especialistas acerca dos fenómenos que ocorrem quando se fuma, aos sintomas de cansaço e dificuldade respiratória de que já padecem, enfim, tudo é válido para tentar negar evidências que exigem coragem e vontade de mudança…

Alguém definia o tabaco como uma planta carnívora que se alimenta de pulmões. Na prática, esta noção não anda muito longe da verdade. Faria falta aos fumadores inveterados, resistentes e teimosos visitar o serviço de pneumologia de um instituto oncológico e sentir de perto a aflição de morrer com cancro do pulmão. Talvez reequacionassem as suas opções e prioridades e, quiçá, tivessem algum rasgo de bom senso. De contrário, mais vale seguir um costume dos egípcios quando viam a morte a chegar: disfarçavam-se de múmias!

O povo diz, com a sabedoria que lhe advém da experiência, que há remédio para tudo menos para a morte, mas, de facto, há horas derradeiras que podiam ser bastante proteladas, “negociando” um cigarro, um maço, um pacote, … As crianças, na sua inocência, revelam por vezes uma compreensão e uma aceitação mais profundas e racionais de âmbitos delicados da existência humana. Um garoto, a quem a avó procurava advertir sobre o que era pernicioso para a saúde, interiorizou o que acabara de escutar e, em tom cauto, observou que o pior para a saúde é mesmo ficar doente!

Maria Bijóias

Título: Cuide-se!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 14

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • samilasamila

    26-03-2011 às 04:59:24

    fumar é um dos piores vicios
    acaba com sua vida sua saude .
    vc nunca mais serar a mesma pessoa
    o tabaco vai te deixar sequela graves.diga nao ao fumo sempre.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJoão

    31-03-2009 às 20:47:36

    Ainda fumo, adoro fumar, principalmente asseguir ás refeições. Nunca tentei deixar de fumar.

    Será que é possivel? Já alguem deixou de fumar e seja feliz? Ou está sempre frustrado? Tu que estás a ler esta comentário fumas? E então a tua saúde é para o tecto?

    Fumar ou não fumar ês a questão?

    ¬ Responder

Comentários - Cuide-se!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios