Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > A música que me define

A música que me define

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Música
Visitas: 2
Comentários: 1
A música que me define

Sendo que cada indivíduo é único, a música que o define, na impossibilidade de ser única, terá, certamente, uma definição e uma catalogação singulares. Na verdade, os apreciadores, na sua multiplicidade, avaliam as dezenas de géneros musicais que existem de forma exclusiva.

O rock, por exemplo, que pressupõe, na maioria das composições, os sons da guitarra elétrica e um insistente contratempo, consubstancia, para muitos, uma melodia sedutora. Dentro deste estilo podem ainda encontrar-se o heavy metal, o hard rock, o punk rock, o soft rock e diversos outros. Trata-se de um dos tipos de música mais conhecidos desde 1950 e emprega a guitarra elétrica, o contra-baixo, o teclado e a bateria.

Blues é um género interessante, uma vez que os instrumentos e vocais se ouvem numa sequência baixa, raramente atingindo uma nota mais alta, e costumam ser expressivos. B. B. King constitui um dos grandes ídolos de músicas que têm as suas origens em canções afro-americanas e em espirituais negros.

O reagge nasceu na Jamaica, tendo como “pai” Bob Marley, que é, simplesmente, o seu maior ícone. Este cantor e compositor descortinou uma harmoniosa maneira de criticar o preconceito, a fome e as desigualdades, alertando a sociedade.

O hip-hop, iniciado em finais de 1960 nos Estados Unidos, surgiu da necessidade de reação à violência contra as classes sociais mais baixas e aos conflitos sociais. Não será descabido enquadrá-lo numa cultura de rua, normalmente associado ao graffiti. As letras veiculam perguntas, e não é raro notar-se um tom de agressividade num ritmo intenso. De salientar que hip-hop e rap não são a mesma coisa, apesar das inegáveis semelhanças.

O samba, tipicamente brasileiro, atinge o pico da sua glória em fevereiro, aquando do mais famoso Carnaval do mundo. Consta que teve início na Baía e que foi consagrado no Rio de Janeiro. O cavaquinho, o violão e outros instrumentos de cordas, o pandeiro, o tamborim, e variados instrumentos de percussão e de sopro deixam ao rubro multidões de brasileiros e estrangeiros que abanam as ancas ao toque do samba.

A ópera tanto pode ser criada para letras cómicas como para letras dramáticas, sérias ou destinadas a provocar suspense. Os teatros musicais socorrem-se, muitas vezes, deste género, em que o compositor tem de ter uma incrível disposição para que haja cifras para cada tipo de instrumento da orquestra, numa harmonia perfeita.

A música erudita, ilegitimamente tida como música clássica, é, em princípio, mais elaborada e culturalmente mais elevada do que aquela. Vocal, sopro, cordas, percussão e teclado dão corpo a produções que se dividem consoante a época e as características predominantes.

A música folclórica deriva de culturas sociais, geralmente rurais (plantação, colheita, cantigas de lavadeiras e rendeiras, …), podendo também manifestar um carácter urbano decorrente de festas, teatros folclóricos e rituais.


Maria Bijóias

Título: A música que me define

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

791 

Imagem por: Fe Ilya

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 20:44:19

    Que interessante seu texto sobre a música que me define. Tenho minhas afinidades, peculiaridades e acredito que música que gostamos, ouvimos revela quem somos, nos define como você bem colocou!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - A música que me define

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS\"Rua
Anualmente,ouvimos falar de muitos cremes e produtos para a pele milagrosos,descrevendo até mesmo uma renovação da pele anormal, para os padrões e formulas químicas inclusas no produto.
A Verdade é que são poucos os produtos que realmente fazem alguma diferença.

Mas aqui informamos uma lista de 5 cremes para a pele dermatologicamente testados e que realmente fazem a diferença sem propagandas enganosas comprovado por médicos usuários sendo reconhecidos pela qualidade no mercado atual dos cosméticos.

ATENÇÃO PARA A LISTA TOP5 PRODUTOS PARA UMA PELE MAIS SAUDÁVEL:

VITANOL A-ácido retinóico limpeza facial profunda clareamento de pele peeling recomendado pelos dermatologistas sendo o mais frequente em recomendações médicas.

Active Dermato Creme Esfoliante Facial, 60g realmente
rende uma boa limpesa facial -O Boticário

Ácido kójico, despigmentante derivado do arroz, promove sim um resultado mais leve.

Idebenona, nova favoritaa dos espertinhos, tem efeito clareador tão potente quanto o da hidroquinona. Melhor: é mais segura, sem tantas reações adversas.

Clarinskin II é extraído do gérmen do trigo e também controla a síntese de melanina. Destaque: é liberado para o uso em gestantes, vantagem Boaa no mundo dos cremes clareadores.

DICA RÁPDA:HIDRATANTE MELHORA SIMMMM AS RUGAS!!
O uso de filtro solar, associado ou não ao hidratante, protege a pele dos raios ultravioleta. É preventivo contra envelhecimento e até tumores de pele.
DICA RÁPDA: Todo creme deve ser passado debaixo para cima
DICA RÁPDA: Os produtos para limpar, tonificar e hidratar a pele tem de ser da mesma linha
DICA RÁPDA:Os cremes usados à noite não deixam a pele respirar.

.O que causa o aparecimento da celulite? Fatores hereditários interferem?

A celulite é causada por vários fatores concomitantes. A questão hereditária da predisposição também é relevante e quando existem famílias que as mães, as mulheres família tem muita celulite, as filhas terão logicamente maio tendência. A questão genética ou hereditária também está relacionada ao tipo de corpo, os corpos "mais arredondados, mais curvilinhos, mais femininos", são aqueles que tem mais chance de ter celulite, enquanto que aqueles mais retos com características um pouco mais masculinas são aqueles que tem menos chance de ter celulite. Além dos fatores hereditários existe e tendência relacionada ao hormônio feminino que predispõe uma retenção de líquido, as trocas do tecido vão piorando gradativamente, vai havendo uma má irrigação e uma alteração dos vasos desse tecido e também há uma questão relacionada a célula gordurosa que é uma célula hipertrofiada e com maior dificuldade de metabolização da gordura. Tudo isso associado faz com que a celulite possa aparecer.


Pesquisar mais textos:

Bell Bellucci

Título:MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Autor:Bell Bellucci(todos os textos)

Imagem por: Fe Ilya

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios