Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > Tudo isto existe, Tudo isto é triste, Tudo isto é fado…

Tudo isto existe, Tudo isto é triste, Tudo isto é fado…

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Música
Visitas: 2
Comentários: 1
Tudo isto existe, Tudo isto é triste, Tudo isto é fado…

Há quantos anos se canta o fado em Portugal? Fado não tem idade, não tem dono, não tem inventor e criador. Fado é Português, é nosso, é coração e sentimento. E qual é o Português que não se prende a escutar e a sentir um fado?

Um fado, geralmente cantado por uma só voz, acompanha-se pelo dedilhar de dois guitarristas que fazem soar guitarras que de nada tocam baixinho. Também em desgarrada se pode cantar o fado, quando mais do que um se aventuram companheiros de fado que lutam em vozes roucas pelo entoar do melhor fado.

Diz-se que o fado nasceu na Mouraria na altura em que Mouros, mas só a partir de 1840, as ruas de Lisboa começaram a ouvir cantar o verdadeiro fado. Cantado em forma de choro, o fado contava e conta histórias que vão desde amores, a solidões, a tristezas, traições, mas também de folias e festas, fala muitas vezes de personagens que se imortalizam em acordes e abanar de xailes.

Entre os grandes fadistas de Portugal, são inúmeros os nomes a apontar, mas falar de fado e não referir Amália Rodrigues é quase pecado.

Amália, nascida na típica e velhinha Lisboa, no ano de 1920 viu-se acompanhada pelos maiores e mais distintos guitarristas Portugueses e estrangeiros. Amália cantou o fado sofrido escrito por grandes poetas como David Mourão Ferreira e Nuno homem de Mello.

Fados como “O povo que lavas no rio”, ou “Que estranha forma de vida”, levam-nos ainda hoje, mesmo depois da sua morte, a imaginá-la de xaile ás costas e olhar doce a sentir na realidade o que cantava.

Fado é Português, mesmo e independentemente das influências que possa ter tido, fado é nacional.
Grandes foram os fados escritos e descritos, cantados e sentidos no Bairro Alto, Alfama, Coimbra, Porto, mas sendo o fado tão Português, é cantado em qualquer esquina, qualquer canto de Portugal.

Fado é mundo, é conhecido e reconhecido. Fado é de sempre e para sempre. Fado é imortal.

Fado é tristeza, é choro corrido, sentido, melancólico. Fado é sentimento vivido, sofrido, arrancado do peito e deixado em ferida aberta. Fado é amargura, é ternura, é alma, é fantasma, é poesia. Fado é gente, é povo, é país! É a cara de todos nós cantada em desgarrada ou à capela. Fado é vida, é destino, é livro escrito à nascença e cantado até à morte.


Carla Horta

Título: Tudo isto existe, Tudo isto é triste, Tudo isto é fado…

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

663 

Imagem por: Jsome1

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGonçalves

    21-11-2010 às 21:15:25

    minha cara amigo sou guitarrista de Coimbra e estimo as pessoas como a senhor, que fazem com que o fado passe de blogue em blogue e assim seja elogiado parabéns e continue

    ¬ Responder

Comentários - Tudo isto existe, Tudo isto é triste, Tudo isto é fado…

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Imagem por: Jsome1

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios