Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > Festivais de música – vários em um

Festivais de música – vários em um

Categoria: Música
Visitas: 8
Comentários: 2
Festivais de música – vários em um

Os festivais de música são uma manifestação cultural cada vez mais enraizada na cultura do século XXI e que se caracterizam por concertos de diversas bandas num só evento.

Este tipo de eventos existem desde há algumas décadas. O primeiro grande festival teve lugar em Bethel, nos Estados Unidos e tinha o nome de Woodstock Music and Arts Fair ou, como é mais conhecido, Festival de Woodstock. Em 1969, e sob o lema de Paz e Amor, desfilaram neste festival nomes tão grandes e de diversos tipos musicais como Joan Baez, Ravi Shankar, Janis Joplin, Creedence Clearwater Revival, Grateful Dead ou ainda Jimmi Hendrix, que fez aqui a sua mais memorável actuação. Este festival juntou mais de 400.000 pessoas em três dias e tinha por objectivo demonstrar o poder de um movimento hippie e de contra cultura.

Nos primórdios, o objectivo dos festivais de música era apenas o de demonstrar ideologias emergentes e de unir as pessoas em volta de um ideal, usando para isso a música. Era usual eventos terem diversos problemas logísticos, principalmente porque eram realizados em zonas rurais com fracos acessos e escassez de recursos.

Na década de 1990, os festivais de música, essencialmente realizados no Verão, voltaram a surgir em força por diversas razões. Nesta altura, a indústria da música começou a sofrer graves convulsões devido à pirataria e aos downloads ilegais, começou a existir uma maior facilidade de transmissão e divulgação das bandas e, por consequência, um mercado para música ao vivo bastante superior. De modo a contrariar uma tendência descendente e a tentar manter lucros, muitas bandas começaram a optar por dar mais concertos e relegar a venda de discos para outro plano. Os festivais são uma óptima estratégia não só para divulgar novos materiais aos fãs de uma determinada banda, mas também para atingir novos públicos.
Quando existe um cartaz de quatro ou cinco bandas, nem todos vão ao festival para ver todas as bandas.
Assim, estes eventos são uma boa estratégia para mostrar a música a fãs de outras bandas e despertar assim a curiosidade, arrastando assim novos fãs.

Estes festivais de música são também uma óptima maneira de estabelecer contactos. As pessoas estão unidas num determinado espaço de volta de um elemento comum, seja ele a música ou outro objectivo que o evento tenha. Nos dias de hoje, já se assistiu à internacionalização dos festivais e é comum ver pessoas de diversos países unidos à volta de uma banda ou de um ideal.

Os festivais de música são, assim, um óptimo pretexto para ver a sua banda de eleição, mas também para conhecer novas músicas e pessoas.
Além de ser daquelas experiências que nunca esquecem…



Luís Seco Passadouro

Título: Festivais de música – vários em um

Autor: Luís Seco Passadouro (todos os textos)

Visitas: 8

648 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 20:24:22

    Adoro os festivais de música, pois vemos a variedade dos estilos e é possível aproveitar cada música e ritmo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFrancisco

    04-03-2009 às 22:17:02

    Altamente, fizeste um pequeno resume a minhas bandas preferidas.
    viva o rock!

    ¬ Responder

Comentários - Festivais de música – vários em um

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Vantagens e desvantagens dos seguros pela internet

Ler próximo texto...

Tema: Seguros
Vantagens e desvantagens dos seguros pela internet\"Rua
Os seguros pela Internet estão a ter cada vez mais procura por parte dos consumidores, especialmente devido ao factor preço, mas também porque as pessoas começam a dominar melhor as ferramentas da Internet e a ter mais confiança nos serviços disponibilizados online.

A grande vantagem de contratar um seguro pela Internet é a possibilidade de conseguir valores muito inferiores aos que conseguiria num mediador de seguros local. Poderá conseguir reduzir o prémio do seu seguro em 50% ou ainda mais. As operadoras de seguros que actuam pela Internet não têm que pagar comissões aos correctores (intermediários) e por isso podem fazer preços mais competitivos. Além disso, poderá também fazer simulações online usando os aplicativos para esse efeito que essas empresas de seguros disponibilizam nos seus sites.

Ao trabalhar com estas empresas não terá que perder tempo em filas de espera nas agências físicas. Todas as operações podem ser efectuadas através da Internet: adesão, alteração de dados, alteração do modelo de seguro, etc., e toda a informação relativa aos seus seguros estará disponível 24 horas por dia na sua conta de cliente.

Para as pessoas que dão grande importância ao contacto pessoal na altura de contratar um serviço, as empresas de seguros pela Internet não são obviamente uma solução, e essa é uma das suas principais desvantagens.

Outra desvantagem é que no caso de haver algum problema terá que ser o próprio cliente a contactar a seguradora e a tratar de tudo que for necessário para a resolução do problema, enquanto se contratar o seus seguros através de um mediador, no caso de haver problemas apenas tem que contactar o seu mediador e será ele a tratar de tudo.

Na minha opinião, para quem percebe o mínimo de Internet e quer poupar dinheiro nos prémios dos seus seguros, obviamente que as seguradoras que actuam pela Internet e telefone (as chamadas low-cost) são sem dúvida a melhor opção.

Se por outro lado, você não domina a Internet e não gosta de se preocupar nem de tratar de papeladas, no caso de ter algum acidente, então o melhor é manter-se em contacto com as agências físicas.

Pesquisar mais textos:

Carlos Vieira

Título:Vantagens e desvantagens dos seguros pela internet

Autor:Carlos Vieira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Francisco Moreira da Silva 04-10-2014 às 11:37:30

    Passados estes anos o canal de vendas de seguros pela internet tem muito pouca representatividade no nosso mercado. Tudo não passa de muita, mas muita, publicidade. É impossível reduzir o prémio de um seguro automóvel(é neste produto que estas seguradoras mais se tentam afirmar) em 50% ou ainda mais. O consumidor de seguros prefere e procura um profissional que EXPLIQUE OS SEUS SEGUROS. No pós venda são os MEDIADORES PROFISSIONAIS DE SEGUROS que melhor desempenham este importantíssimo serviço ao cliente de seguros, oferecendo níveis de serviço muito superiores ao de qualquer seguradora que venda pela internet! … e sem pagar mais por isso! … Sobre este tema haveria muito mais para falar, termino dizendo: O QUE RENDE É IR FAZER O SEGURO NUM MEDIADOR PROFISSIONAL DE SEGUROS.

    ¬ Responder
  • gil 17-06-2014 às 23:03:37

    tontarias , nao vale de nada , treta...

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    29-05-2014 às 16:28:35

    Os seguros pela internet precisam ser bem pesquisados, pois há muitas fraldes. O melhor é receber indicação de alguém que já use o serviço.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios