Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Primeiro Aeromóvel no Brasil em Porto Alegre – Rio Grande do Sul

Primeiro Aeromóvel no Brasil em Porto Alegre – Rio Grande do Sul

Categoria: Automóveis
Visitas: 4
Comentários: 1
Primeiro Aeromóvel no Brasil em Porto Alegre – Rio Grande do Sul

A primeira linha da tecnologia aeromóvel em operação comercial no Brasil interliga a Estação Aeroporto do metrô ao Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho. O projeto é totalmente desenvolvido no Brasil e usa tecnologia 100% nacional. Os veículos suspensos, movidos a ar, permitem integração e acesso rápido e direto dos usuários ao terminal aeroportuário. O trajeto de 814 metros, com duas estações de embarque, é percorrido em dois minutos. A linha conta com dois veículos - um com capacidade para 150 passageiros, outro para 300 -, cujo funcionamento se dá conforme a demanda do período. O projeto é orçado em aproximadamente R$ 37,8 milhões.

Desenvolvido pelo Grupo Coester, de São Leopoldo (RS), o aeromóvel é um meio de transporte automatizado, em via elevada, que utiliza veículos leves, não motorizados, com estruturas de sustentação esbeltas. Sua propulsão é pneumática – o ar é soprado por ventiladores industriais de alta eficiência energética, por meio de um duto localizado dentro da via elevada. O vento empurra uma alerta (semelhante a uma vela de barco) fixada por uma haste ao veículo, que se movimenta sobre rodas de aço em trilhos.

Dados gerais

Extensão: 814 metros de trajeto em via elevada (total de 1.010 metros de trilhos, considerando-se terminais de manobra e de manutenção).
Terminais: dois (um na Estação Aeroporto da Trensurb, outro no Terminal 1 do Aeroporto Salgado Filho).
Veículos: dois (um com capacidade para 150 passageiros e outro para 300).
Tempo estimado do percurso total: dois minutos.
Investimento estimado: R$ 37,8 milhões. Recursos do Governo Federal.
Demanda prevista do sistema: 7,7 mil passageiros por dia.
Execução das obras: Aeromovel Brasil S.A. (pacote tecnológico), Premold S.A. (via elevada), T'Trans (veículos) e Rumo Engenharia Ltda. (estações).

Principais benefícios

Economia
Integração metrô-Aeromovel gratuita para os usuários;
Tecnologia de construção e operação 100% nacional;
Baixo custo de energia.

Segurança
Veículos totalmente automatizados, sem condutores a bordo;
Sistema de propulsão a ar movido por ventiladores elétricos.

Conforto
Sistema de freio pneumático de alta confiabilidade, mais conforto no deslocamento;
Veículos silenciosos, sem ruído de motores e com design moderno;
Acessibilidade universal, com espaço para cadeirantes e idosos;
Qualidade no transporte ao aeroporto para quem está na Região Metropolitana;
Melhoria da infraestrutura de transporte para acesso ao aeroporto e para a Copa do Mundo de Futebol de 2014.

Rapidez
Ligação direta da Estação Aeroporto ao Aeroporto Salgado Filho;
Apenas duas estações de embarque com alta frequência de serviço;
Evita perda de tempo em filas e engarrafamentos.

Meio ambiente
Tecnologia "limpa", com motores elétricos e sem a emissão de poluentes gasosos;
Estruturas elevadas e menos espessas, com design moderno e sem poluição visual;
Motores dispostos em casas de máquinas acusticamente isoladas, evitando poluição sonora;
Projeto com total atendimento às legislações ambientais vigentes.

Fonte: Trensurb


Rua Direita

Título: Primeiro Aeromóvel no Brasil em Porto Alegre – Rio Grande do Sul

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 4

602 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    23-06-2014 às 07:30:13

    Lindo esse aeromóvel em Porto Alegre. O melhor de tudo é que facilita muito o trajeto do aeroporto para outros lugares, além de ser confortável e bem silencioso. Orgulho de tê-lo na cidade!

    ¬ Responder

Comentários - Primeiro Aeromóvel no Brasil em Porto Alegre – Rio Grande do Sul

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Arrendamento Jovem: Porta 65

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Arrendamento
Arrendamento Jovem: Porta 65\"Rua
Ouvia-se há uns tempos atrás – Quem casa, quer casa! Tão correcta e tão certa, esta frase mantém-se para tudo e para todos. Mas, como dizia outro alguém, os tempos e as vontades também mudaram, e hoje em dia não é só quem casa que quer casa.

Cada vez mais somos independentes e cada vez mais cedo. Sair de casa e ser independente, gerir a sua vida financeira e emocional está nos planos de muitos jovens. Sós ou acompanhados, partem então para a aventura de viver sozinhos, mesmo que seja na mesma rua onde moram os pais – sempre se janta ao cimo da rua, certo?

Com as oscilações das taxas de juro nos últimos anos, o mercado da casa própria por empréstimo bancário caiu, dando lugar ao mercado do arrendamento de imóveis. Alugam-se mais casas e aquelas que estavam desocupadas há muitos anos, ganharam vida com novos inquilinos e roupa estendida nos estendais.

Entre arrendamentos e jovens, a distância não é muita, mas entre jovens e grande poder de compra a distância é abismal. Mas então como podem os nossos jovens arrendar casa se ganham pouco e saem tarde? A resposta pode vir mesmo de cima e não é do céu.

Há uns anos o Governo Português resolveu criar um sistema que ajuda a apoia ao arrendamento jovem de forma a incentivar á independência, ao arrendamento e ao incentivo aos jovens. Chama-se a Porta 65.

Um dos objectivos é trazer vida a muitas zonas necessitadas de gente jovem e em progresso.

Após a candidatura, o Governo oferece aos jovens habilitados, uma percentagem da renda da casa o que lhes permite um desafogo muito grande.

Mas nem toda a gente se pode candidatar. Para ter direito a este subsídio, não pode candidatar-se a mais nenhum relativamente a arrendamento. Não pode ser proprietário de outro imóvel, nem ter mais nenhum contrato de arrendamento. Tem de ter mais de 18 anos e pode usufruir até aos 30. Acima de tudo é obrigado a ter um contrato de arrendamento legal, com imposto de selo da Repartição de Finanças pago e o imóvel não pode ser de nenhum familiar directo.

Estes são apenas alguns requisitos (existem mais uns quantos) exigidos aquando a candidatura. Os documentos podem ser apresentados via internet e depois é esperar pela resposta.

Apesar deste apoio ser importante e fundamental para muitos jovens, a verdade é que é muitas vezes complicado. Arrende sem contar com isto, mas nunca deixe de se candidatar.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:Arrendamento Jovem: Porta 65

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 21:37:31

    Que bom saber desa forma de incentivo aos jovens em morar sós. Essa porta 65 parece ser bem interessante, a Rua Direita agradece pelas informações. Acredita-se que muita gente não sabe.

    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios