Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > O que fazer quando o seu carro avaria

O que fazer quando o seu carro avaria

Categoria: Automóveis
Visitas: 26
Comentários: 2
O que fazer quando o seu carro avaria

O automóvel é, sem dúvida, aquele «objecto» que mais falta faz a qualquer um de nós. A mobilidade, ainda que circunscrita aos percursos casa-trabalho-supermercado-shopping, depende, cada vez mais, da existência de um veículo de quatro rodas, de preferência pessoal (e verdadeiramente intransmissível). Muitas pessoas não conseguem já conceber o seu dia-a-dia sem a indispensável ajuda do carro. Atitudes ecológicas (ou simplesmente motivadas por condicionantes financeiras), como sejam as de prescindir do automóvel privado em favor do transporte público, têm vindo a ganhar alguma expressão nos últimos anos, mas, mesmo assim, de forma residual. Significa isto, portanto, que a maioria da população depende ainda do seu automóvel para se transportar para o trabalho, para os locais de lazer ou para carregar as próprias compras.

Ora, o que fazer em caso de avaria do automóvel? Ainda que os modelos mais recentes sejam menos propensos a avarias, por vezes elas sucedem, de facto. Problemas no radiador, no sistema de filtros, no funcionamento dos limpa pára-brisas num dia torrencialmente chuvoso) na iluminação, na caixa de velocidades ou, pior ainda, na centralina do carro, são os ingredientes ideais para o dia começar de uma maneira muito pouco agradável, com todas as implicações que a ausência de carro significa: faltar ou chegar atrasado ao trabalho, ter de fazer percursos a pé e deparar-se com maiores dificuldades na entrega das crianças na escola ou infantários.

Assim, o primeiro passo é de ordem emocional e revela-se extremamente decisivo na forma como as etapas seguintes se vão desenrolar: há que manter a calma e a frieza de raciocínio – O problema é simples? Você consegue solucioná-lo na altura? Se a resposta for negativa, o melhor mesmo é contactar a sua seguradora e solicitar a presença de um reboque, que transportará o seu carro para a oficina que designar. Lembre-se que poderá também ter direito a viatura de substituição, se essa condição tiver sido prevista aquando da contratação do seguro com a agência. Neste caso, todos os seus problemas de deslocação estarão resolvidos, como é óbvio. No caso oposto, ou seja, o de ficar mesmo sem meio de transporte directo, o melhor é encaminhar o seu carro para um mecânico da sua confiança e assegurar-se de que o trabalho de reparação será realizado no menor espaço de tempo e envolvendo, claro está, os menores custos.

Por isso, já sabe: uma avaria não representa, necessariamente, o fim do mundo e a solução pode até ser bem fácil do que pensa!

Isabel Rodrigues

Título: O que fazer quando o seu carro avaria

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 26

795 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 04:01:13

    O carro é uma necessidade cada vez mais intensa na vida das pessoas. É algo maravilhoso poder ir a lugares com sua família e desfrutar de um passeio como também para ir ao trabalho, escola, visitar parentes. O chato é que com o passar do tempo, seu valor cai e temos que vender e comprar outro. É a vida!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Mamudo AugustoMamudo Augusto

    04-01-2011 às 17:43:43

    por favor quero saber como fazer para importar uma viatura usada do japao e gostaria de conhecer alguns sites de venda de viaturas.

    ¬ Responder

Comentários - O que fazer quando o seu carro avaria

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios