Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Os híbridos

Os híbridos

Categoria: Automóveis
Comentários: 1
Os híbridos

O mundo evolui e com ele a tentativa de criar novas tecnologias, mais limpas, mais rentáveis e menos poluentes. Os automóveis híbridos são um dos primeiro passos feitos em direcção a veículos não – poluentes.

Um veículo híbrido é descrito como um veículo dotado de um motor de combustão interna e de um motor eléctrico. Chama-se híbrido porque utiliza como meio de propulsão uma combinação de dois sistemas que utilizam fontes de energia diferentes.

Os veículos híbridos integram duas fontes de energia num único veículo, combinando um veículo a combustão convencional com um veículo de motor eléctrico. Presentemente todos os veículos híbridos disponíveis funcionam com motores gasolino-eléctricos.

A intenção na criação de viaturas híbridas foi uma tentativa de promover uma redução significativa no consumo de combustível e nas emissões de um automóvel movido a gasolina, superando ao mesmo tempo as deficiências de um carro eléctrico: Para poder nos ser útil, um carro deve atender deve ser capaz de andar pelo menos 500 quilómetros antes de ser reabastecido, ser reabastecido com rapidez e facilidade e manter velocidade semelhante à de outros veículos na estrada. Um carro a gasolina atende a essas exigências, mas produz um volume relativamente grande de poluição Um carro eléctrico, porém, quase não polui. Um híbrido junta assim o útil ao agradável.

Nos dias de hoje, escolher um automóvel híbrido parece fazer cada vez mais sentido. Os veículos híbridos permitem um maior controlo sobre o efeito de estufa e a poluição local. Ao reduzir o consumo, reduzem-se também as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera do que um automóvel tradicional com a mesma cilindrada e peso. São também viaturas mais limpas e mais eficientes do que os veículos convencionais e os seus custos de funcionamento são mais baixos.

O rendimento de uma viatura híbrida consegue ser duas vezes superior ao rendimento de uma viatura convencional, devido à eliminação da maior parte das quebras de potência próprias destes últimos. O sistema de travagem de um híbrido também tem capacidade para regenerar a potência absorvida, o que contribui para eliminar as quebras de rendimento.

Os híbridos têm vindo a receber muita atenção, e estão a ganhar cada vez mais popularidade, havendo muitos países que promovem incentivos para a compra de veículos deste tipo, como é o caso de um valor de ISV mais baixo que os carros convencionais.



Catarina Bandeira

Título: Os híbridos

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 0

677 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 06:03:26

    Verdade! Os híbridos têm se destacado no setor automobilístico.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Os híbridos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios