Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > As profissões da moda

As profissões da moda

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Comentários: 2
As profissões da moda

Ter uma boa profissão é o sonho da maioria das pessoas e dos adolescentes em formação. Mas ás vezes a sua escolha revela-se bastante difícil, em especial nos dias de hoje. A falta de emprego leva a que muitos tenham que optar por um trabalho diferente, que esteja mais em consonãncia com a sociedade actual e o mercado de trabalho.Uma profissão interessante , em especial para as mulheres é a de Maquilhadora, cujo trabalho tem a vertente da moda e nede é possível trabalhar para desfiles, em lojas de roupa, cabeleireiros, spas ou em ateliers.

Normalmente vivem nos bastidores do mundo da moda e é graças a elas que o glamour transparece nos desfiles ou nas produções fotográficas.

Outra bastante interessante e actual é a de Booker, ou seja, faz a ponte entre o modelo agenciado e o cliente. O seu trabalho consiste em saber colocar a pessoa certa no lugar certo.




Pode ainda optar-se por ser modelo mas para isso é necessário um bom equilíbrio e formação académica, o mais habitual é que esta profissão seja vista como um hobbi, no entanto se for conseguido um cero potencial para ser modelo internacional, torna-se bastante agradável, em termos de remuneração e projecção social.

O maior entrave neste trabalho é que se exige muitas proporções físicas, que são pouco habituais.

Trabalhar como Blogger pode ser também muito interessante e rentável. Há alguns que começam com blogues onde os autores captam visitantes e estilos próprios.

Há actualmente blogues que são lidos por milhares de pessoas e levam o trabalho dos seus autores a muitos países. Deste modo tornam-se empreendedores bem sucedidos.

Há quem opte também por ser consultor de imagem, cujo trabalho consiste em encontrar o estilo pessoal dos clientes, as cores e proporções do seu corpo, para projectar, uma imagem de segurança, e credibilidade, através da sua roupa.

Alguns cnsultores de imagem, nem precisam sair de casa e podem dedicar-se a acessóris, écharpes, malas, colares ou anéis. Deste modo são contactados em casa para prestar os serviços aos clientes( para saber o que vestir, que roupas comprar etc). Ás vezes podem deslocar-se a casa dos seus clientes para dar conselhos de guarda-roupa ou outros.

Os produtores de moda(stylist) estão também em alta, e é um trabalho que envolve produção de imagem, que pode ir de televisão a publicidade, produções para revistas e desfiles de moda . Devem essencialmente valorizar mais as pessoas, dando-lhes ferramentas úteis para atingirem os seus objectivos, bem como expectativas.

Para além destas, o marketing é das que oferece mais vagas e abarca um sem número de opções.


Teresa Maria Batista Gil

Título: As profissões da moda

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 03:10:35

    As profissões da moda mudam com o tempo. Mas, se formos analisar existem profissões que nunca saem de moda como o ser médico, advogado, engenheiro. Com as mudanças globais, novas profissões estão surgindo com toda a garra! Como exemplo que você citou - os bloggers! Está no maior auge!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    11-09-2012 às 13:41:53

    A moda é um verdadeiro mundo. No entanto não consigo separar a ideia que tenho do mundo da moda como um meio altamente competitivo e muitas vezes ingrato. Independentemente da profissão o mundo da moda parece-me cheio de excessos e a necessidade de um profissional se destacar, pode obrigá-lo a erros crassos. Estarei errada neste raciocínio?

    ¬ Responder

Comentários - As profissões da moda

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Superstições Náuticas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Barcos
Superstições Náuticas\"Rua
Todos temos as nossas manias e superstições. Não que se trate de comportamentos compulsivos, mas a realidade é que mesmo para quem diz que não liga nenhuma a estas coisas, as superstições acompanham-nos.

Passar por baixo de uma escada, deixar a tesoura, uma porta de um armário ou uma gaveta aberta ou até deixar os sapatos em posição oposta ao correcto, são das superstições mais comuns. As Sextas-feiras 13 também criam alguma confusão a muita gente, mas muitos são os que já festejam e brincam com a data.

Somos assim mesmo, supersticiosos, uns mais do que outros, mas é uma essência que carregamos, mesmo que de forma inconsciente.

Existem no entanto profissões que carregam mitos mais assustadores do que outros, e por exemplos muitos actores não entram em palco sem mandar um “miminho” uns aos outros.

Caso de superstição de marinheiro é dos mais sérios e se julga que se trata só de casos vistos em filmes de piratas, desengane-se. Os marinheiros dos dias de hoje carregam superstições tão carregadas de emoção quanto os de outros tempos.

Umas mais caricatas do que outras, as superstições contam histórias e truques. Por exemplo, contra tempestades, muitos marinheiros colam uma moeda no mastro dos navios.

Tal como fazem os actores, desejar boa sorte a um marinheiro antes de embarcar, também não é boa ideia. Os miminhos dados antes de entrar em palco também servem para o efeito.

Dar um novo nome a um barco é uma péssima ideia para um marinheiro. Dizem que muitos há que não navegam em barcos rebaptizados.

Lembra-se que os piratas de outros tempos utilizavam brincos? Pois isto faz parte de uma superstição. Dizem que os brincos evitam que se afoguem.

Entrar com um pé direito na embarcação é sinal de bons ventos. Tal como acontece com muitos de nós, os marinheiros também não gostam de entrar de pé esquerdo.

Já desde remotos tempos se dia que assobiar traz tempestades. Ora aqui está um mote dos marinheiros, pelo que se assobiar numa embarcação, arrisca-se a ter chatices com o marinheiro.

Verdades ou mentiras, as superstições existem e se manter os seus próprios mitos acalma um marinheiro, então que assim seja. Venham as superstições náuticas que cá estamos para as ouvir.

Já agora uma curiosidade ainda maior. Dizem que se tocar a gola de um marinheiro passará a ter sorte. Será verdade ou foi um marinheiro que inventou?

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:Superstições Náuticas

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 06:39:27

    Não acredito em superstições de forma alguma.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios