Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > As crianças devem aprender a ouvir a palavra não

As crianças devem aprender a ouvir a palavra não

Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 4
As crianças devem aprender a ouvir a palavra não

Quem tem filhos sabe o difícil que é educar e principalmente dizer não. O afecto, a ternura e a comunicação são os instrumentos básicos para conseguir este resultado Todavia, é necessário e saudável que se estabeleçam desde cedo limites claros para os filhos. Dizer não também é educar.

A palavra “não” deve ser pronunciada sempre que seja necessário e desde cedo. Se desde pequeninas as crianças souberem que conseguem ter e fazer tudo o que lhes apetece, mais tarde a criança pode vir a tornar-se um pequeno tirano arrogante, e, no futuro, um adulto intolerante a derrotas, uma pessoa que não aceita limites. O importante é habituá-los desde pequeninos, mesmo que custe e parece que não estamos a agir da melhor maneira.

Estudos feitos revelam que ao dizer “não” às crianças a partir de um ano, altura em que começam a testar os limites, os pais e familiares estão a prepará-los para a vida, a ensinar-lhes a aceitar a rejeição e a aprenderem a aceitar o “não”. É importante que se aperceba desde cedo que a criança na vida às vezes se ganha, e em outras, se perde.

Mas não é raro os pais sentirem-se inseguros em proibir coisas a seus filhos, não sabendo muitas vezes como o fazer, preferindo ir pelo caminho mais fácil e agradável: o de ser um pai “porreiro”. Mas ser pai é muito mais que ser bonzinho, é uma função de responsabilidade social, uma vez que se está a educar um futuro adulto. E o que se pretende é que a criança se torne uma pessoa responsável, madura e autónoma.

Os pais devem dizer “não” de forma firme convincente, sem voltar atrás nas suas decisões, sem vacilar por mais gritos, birras, bater de pés e choradeiras que possa receber com a sua resposta.

Aprenda a dizer o “não” com o tom certo. A ordem não vai ser mais respeitada se a disser aos gritos

Tente explicar-lhe a razão do “não” e que não é correcto estar sempre a pedir coisas e que há um limite para tudo. Se voltar atrás na sua palavra, só estará a piorar a situação e a fazer com a criança se sinta poderoso.

E esta atitude deverá ser seguida por todas as pessoas que rodeiam a crianças, desde os avós, tios, educadores e pessoas que lidam com ela. Qualquer regra que você tenha estabelecido cairá no esquecimento se, ao cuidar da criança, alguns a aplicam, outros não. Com esta atitude, todos irão estar a moldar a sua personalidade.



Catarina Bandeira

Título: As crianças devem aprender a ouvir a palavra não

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 2

772 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    28-07-2014 às 16:51:09

    Não apenas dizer a palavra "não" à criança, mas explicar o porquê do não. Claro, a criança ou o filho precisa saber diferenciar o não. Muito bom esse texto.

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    16-09-2012 às 22:53:19

    Quantas vezes caímos no erro de não dizer "Não"? Passamos demasiado tempo a trabalhar e damos pouca atenção aos nossos filhos. Como compensação dizemos "Sim" tantas vezes que quando chega a altura de dizer "Não" corremos o risco de não o saber dizer. Criar o habito de saber ser firme é importante.

    ¬ Responder
  • victoriavictoria

    14-07-2010 às 22:54:36

    vc e mae e vc sabe lidar com seus fihows quais os nomes dele

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAntónio

    31-07-2009 às 11:40:58

    Todos os pais deveriam ler este texto!!No meu tempo, ai de mim se fizesse uma birra, hoje em dia é o mais comum de ver num supermercado, na praia..
    Estive num casamento, onde na missa uma menina não parava de andar de um lado para o outro, quando foi chamada à atenção, desatou a bater na mãe. Ora se fosse meu filho já estava na rua levando uma boa palmada! Mas a pobre coitada da mãe, só agarrava a mão da garota e ainda achava piada.

    ¬ Responder

Comentários - As crianças devem aprender a ouvir a palavra não

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios