Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Salão Do Automóvel

Salão Do Automóvel

Categoria: Automóveis
Visitas: 8
Salão Do Automóvel

Depois de dois anos longe dos paulistas, o Salão Internacional do Automóvel chegou com força total ao Pavilhão de Eventos do Anhenbi.

A mostra trás centenas de carros nacionais, importados, raros e lançamentos que ainda nem estão no mercado no Brasil.

Além disso, o visitante tem acesso a test Drive de grandes marcas de veículos. As mulheres contam com um stand espacial, onde um personal stilist mostra qual a melhor forma de se vestir de acordo com o estilo de vida de cada mulher.

Praça de alimentação top e os carrões dos sonhos dos colecionadores regados à muita música são presença marcante em todos os dias do evento. Além disso, durante todo o expediente tem apresentações musicais: balé, bandas, cantores, DJ e muito mais. Na sexta feira (7 de novembro) tem show da banda Jota Quest. Ah , e claro. Tem Ferrari e cia esperando para você sentar naquele estofado cinematográfico e fotografar em carros de mais de um milhão de reais (mais de meio milhão de dólares).

Para os apaixonados por games, existem vários simuladores espalhados pelo pavilhão. Tais equipamentos conferem a impressão de estar em uma corrida de verdade, com direito a vento nos cabelos, barulhos e sensação de drifts.

Muitas celebridades e políticos já passaram pelo salão e alguns já até pechincharam carrões milionários. Carros elétricos e híbridos também são apresentados no salão. Para quem deseja equipamentos não tem problema, existem diversos stands de venda de peças para os mais variados carros.

Stand das principais revistas automotivas se encontram no local com promoções especiais e entrega de brindes.

Para relaxar e reabastecer as energias, existe uma vasta praça de alimentação com quiosques de lanches, bebidas e sorvetes. Alguns até conferem brindes especiais aos clientes.

O Pavilhão de eventos do Anhenbi está localizado próximo a estação do Metrô e um ônibus gratuito é disponibilizado para fazer o trajeto até o pavilhão e depois para voltar a estação ou aeroporto.

Na entrada do salão existem caixas eletrônicos dos principais bancos brasileiros, bem como amplo estacionamento. A bilheteria aceita pagamento em cartão de débito ou crédito bandeiras visa e mastercard, além de dinheiro. Estudantes que apresentarem a carteirinha escolar pagam meia passagem.

O Salão Internacional do Automóvel termina no próximo domingo, 9 de novembro.


Syl Polanski

Título: Salão Do Automóvel

Autor: Syl Polanski (todos os textos)

Visitas: 8

367 

Comentários - Salão Do Automóvel

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios