Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Os princípios do Islamismo

Os princípios do Islamismo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 20
Os princípios do Islamismo

A península da Arábia era no século VI um território muito extenso, constituída por um deserto de rocha e areia, cujas temperaturas podiam ultrapassar os 50 graus e a água era muito rara.
Nos lovais onde a água aparecia formavam-se oásis, onde a população se concentrava, cultivamdo a terra, criando ovelhas, cavalos e dromedários.

Foi neste ambiente que naceu Maomé, que veio a ser profeta da terceira grande religião monoteísta da história, o islamismo.

Através das muitas viagens que fazia Maomé contatou com as comunidades judaicas e cristâs, que existiam em vários pontos da Arábia.

Enquanto meditava uma gruta, por volta dos 40 anos, Maomé, afirmou ter sido visitado pelo arcanjo Gabriel, que lhe terá transmitido as palavras de Alá.

Desde aí, Maomé recitou essas palavras aos seus seguidores, que por sua vez as escreveram num livro, chamado o Corão.

Ficaram então, crentes numa nova religião , designando-se de muculmanos.
Fica assim definido o islamismo, ou Islão, como foi estabelecido no Livro Corão, que define para eles cinco obrigações, consideradas pilares da religião.

Com efeito elas são as segintes: afirmar a fé, recitando um só Deus e Maomé, o seu profeta, fazer as orações cinco vezes ao dia, virados para Meca, cumprir o jejum no mês do ramadão, não ingerindo nada do nacer ao põr do sol, fazer a peregrinação a Meca, pelo menos uma vez na vida e dar esmola aos pobres.

Alguns muculmanos ainda consideram a guerra santa, como o sexto pilar da religião.
No entanto, esta pregação de Maomé, gerou desagrado na maior parte dos habitantes de Meca. A cidade era palco de muitos peregrinos, que acorriam a santuário para adorar a Pedra Negra, enviada pelos deuses.

A verdade. é que os seus habitantes receavam que os peregrinos deixassem de ir ao santuário de CAaba para fazer a adoração da pedra.

Deste modo, expulsaram Maomé, que fugiu para Medina, reunindo os seus fiéis na mesquita, que foi construída.

Esta fuga do profeta Maomé, marca o início do calendário islâmico.
Alguns anos depois ele volta a Meca, e reconheceu o santuário da pedra negra, como uma oferenda a Alá, seu Deus.

Maomé morreu na cidade de Meca no ano de 632.
Os peregrinos quando iam a meca, tinham que dar sete voltas à Caaba, e se possível beijar ou tocar a Pedra Negra.

Alá, significa Deus, na lingua àrabe e é o mesmo dos judeus e dos cristãos.
A Pedra Negra é um fragmento de um meteorito que se encontra na esquina oriental da Caaba, em Meca.

Esta pedra era já venerada antes do aparecimento do islamismo e, Maomé reafirmou o seu caráter sagrado.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Os princípios do Islamismo

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 20

692 

Comentários - Os princípios do Islamismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios