Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Diz-me o que lês-te e dir-te-ei o que sabes!

Diz-me o que lês-te e dir-te-ei o que sabes!

Categoria: Literatura
Visitas: 4
Comentários: 4
Diz-me o que lês-te e dir-te-ei o que sabes!

O acto de ler encanta e delicia muita gente. Para outros, porém, constitui uma enorme dificuldade, pela falta de tempo, incapacidade de concentração, inexistência de condições adequadas, dislexia, e uma infinidade de obstáculos, intrínsecos ou externos.

A leitura é um excelente meio de uma pessoa se cultivar, quando e onde lhe for mais oportuno, de se transportar a mundos e dimensões da existência que jamais poderiam ser percorridos de outro modo, de assimilar conteúdos vitais, de se auto-educar e auto-conhecer, de se comparar e de se impor uma disciplina, de se rir e divertir, de se emocionar e reconhecer vulnerável, de viajar sem sair do lugar, de sonhar sem limites!

Para quem não sabe ler, todavia, o âmbito da literatura não passa do relato de acontecimentos históricos e ensinamentos encerrados, como um tesouro, num cofre sem código de acesso. A taxa de analfabetismo, sobretudo em países e locais menos desenvolvidos, continua a apresentar valores preocupantes, especialmente porque a alfabetização é o primeiro passo do caminho da evolução, pessoal e comunitária. Nos últimos anos, tem-se verificado um esforço crescente no sentido da instrução até de reformados e idosos, recorrendo, maioritariamente, aos serviços gratuitos de voluntários abnegados. A satisfação de quem aprende e os progressos dos alunos representam para estes altruístas a compensação que buscam. Seja como for, convém que um analfabeto consiga ler mais que os pensamentos dos outros…!

As publicações diárias, semanais, mensais, bimensais, semestrais e anuais têm, para os leitores que as procuram, múltiplas utilidades e colmatam necessidades muito diversas, porque abordam temas absolutamente distintos, de maneiras divergentes, e socorrendo-se de linguagens particulares e adaptadas. Contudo, especificidades aparte, os livros granjeiam, do público em geral, o maior apreço. As feiras do livro reúnem, normalmente, milhares de visitantes, com pretensões e gostos dos mais variados quadrantes literários. Muitos são os que querem aproveitar para adquirir, a preços bastante mais convidativos, peças para o seu espólio cultural e decorativo. Efectivamente, as estantes guarnecidas conferem à casa um ambiente selecto e a concentração de assuntos, em formas e aparências diferentes. Por exemplo, um livro de matemática será sempre mais carrancudo do que qualquer outro, mas isso prende-se com o facto de ter muitos problemas…

Há quem preencha com a leitura uma grande fatia das suas horas vagas. Em casa ou vestindo a pele de autênticos “ratos de biblioteca”, devoram volumes inteiros num ápice, apoiados na máxima de que «o saber não ocupa lugar». Ainda bem, nomeadamente para os idosos (verdadeiras bibliotecas vivas) e aqueles que, de tanto ler, mais parecem enciclopédias com pernas, porque, de certeza, alguém se lembraria de lhes cobrar uma taxa sobre o espaço tomado por tanta sabedoria!



Maria Bijóias

Título: Diz-me o que lês-te e dir-te-ei o que sabes!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 4

772 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    11-09-2012 às 12:16:46

    Considero que aquilo que lemos diz muito de nós enquanto ser cultural, moral e social. Há três anos, antes de entrar para a universidade, lia os livros da saga Crepúsculo e achava que eram bons. Hoje, apenas três anos mais tarde, leio Melville, Steinbeck e Tolstoy. Não podia ter mudado mais.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    10-09-2012 às 13:29:13

    Eu leio muito mesmo. Arranjo sempre um tempo para ler e há sempre concentração quando o livro é óptimo. Naqueles dias chuvosos de Inverno, sabe tão bem ler um bom livro perto da lareira, rodeada pelos nossos entes queridos felizes. É muito entusiasmante quando leio um livro enorme em muito pouco tempo. Fico tão feliz que vou logo comprar outro livro. O pior é quando este já não corre tão bem, ou seja, seca.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãotiggs

    18-04-2010 às 20:42:41

    lês-te ou leste?

    ¬ Responder
  • Gabriel Rosa

    06-06-2015 às 15:08:31

    "leste"

    https://www.facebook.com/PortoEditora/posts/587379017966278

    ¬ Responder

Comentários - Diz-me o que lês-te e dir-te-ei o que sabes!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso

Ler próximo texto...

Tema: Publicidade
Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso\"Rua
Para todos os tipos de negócios, produtos ou serviços, se pretende obter resultados é fundamental divulgar. Não adianta ficar preso a ideia de que o seu trabalho é bom se ninguém sabe que ele existe. Seria como ter uma biblioteca contendo todo o tipo de informação sobre os mais variados temas no fundo do mar, ou no meio de uma floresta desconhecida. Afinal, o que faria com tanta informação se não tem acesso a ela?

Vamos entender o seguinte; quanto maior o número de pessoas receberem diariamente informação sobre o negócio em questão, maior a possibilidade de retorno, mesmo que seja de 1% ou menos. O mais importante é se fazer presente e não perder o foco, o que significa que, mesmo o retorno parecendo ser relativamente pequeno, sem nenhuma divulgação, seria um fracasso.

Dicas para fazer divulgação:

Primeiro é preciso determinar quais os veículos irá utilizar como ferramenta de marketing, depois, quanto tempo irá empregar nessa tarefa e criar um script (texto) de abordagem e apresentação que seja atraente, porém não muito extenso.

Com a oportunidade que a internet nos dá atualmente, é o meio de divulgação mais rápido, barato e prático que se pode ter, porém, não se empolgue muito. É preciso seguir alguns passos para que de fato dê certo. Usar a internet como mecanismo para divulgar, não é ficar atirando para todos os lados sem seguir uma estratégia que funcione como porta de atração.

Então, comece criando um site ou blog e contrate um serviço de hospedagem, os sites grátis têm extensão do fornecedor, o que pode tirar a característica de algo profissional, mas lembre-se de registrar um domínio, há muitos serviços de hospedagem com preço baixo.

Faça inscrição nas principais redes sociais e atualize todos os dias, é uma ótima ferramenta.
~
Crie anúncios e insira nos sites de classificados, como por exemplo, aqui no Rua Direita, que é grátis e tem grande número de visitações diárias.
Prepare uma campanha de incentivo usando o YouTube, com um vídeo explicativo de no máximo 2 minutos. O mais importante aqui é despertar o interesse para que visitem o site.

Faça uma lista de todos os seus contatos e envie informativo por e-mail, mas cuidado para não praticar spam, ou seja; enviar para quem não conhece ou não lhe autorizou. Telefone para os amigos e familiares e conte as novidades sobre o trabalho com simpatia e entusiasmo. Peça a eles indicação para que possa também falar com os contatos deles e o principal; acredite no sucesso, se empenhe com seriedade e determinação.

Pesquisar mais textos:

*lss Cabelos *

Título:Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso

Autor:*lss Cabelos *(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios