Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Socialização - Uma Tarefa Para as Famílias

Socialização - Uma Tarefa Para as Famílias

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 4
Socialização - Uma Tarefa Para as Famílias

Socialização é o processo através do qual os indivíduos aprendem as formas de vida e de comportamento do grupo ou dos grupos sociais de que são pertença numa sociedade. O primeiro grupo social a que pertencemos é a família nuclear em que estamos inseridos, na qual aprendemos as primeiras palavras, e os primeiros hábitos. Aqui aprendemos qual o comportamento que é aceite, como o que o não é relativamente às várias questões que envolvem a vida familiar, aprendemos o que é a punição por desrespeitar as regras, e entenda-se que punição nem sempre significa mau trato, antes punição é tudo aquilo que contraria o indivíduo, o olhar duro de alguém, por exemplo, é uma forma de punição, a reprovação é outra forma de punição. É então no contexto familiar que damos os primeiros passos na socialização, chama-se a este tipo de socialização, socialização primária.

Ainda não demos os primeiros passos, e nos dias que correm já estamos a aprender de outras fontes, e lá estamos nós no infantário, onde aprendemos que não somos únicos no universo, sim, porque as crianças pequenas pensam que o mundo gira à volta delas, e de facto o seu pequeno mundo familiar, para correr bem, gira mesmo à volta destes pequenotes, traquinas, mas tão ternos, que fazem as delícias de quem os rodeia. Aqui aprendemos mais regras, não nos dão naturalmente um papel para a mão, porque nessa fase nem sabemos ler, mas as regras da sociedade vão-se interiorizando, e aos poucos vamos discernindo o que é certo, segundo a sociedade em que vivemos e o que é errado aos olhos da mesma sociedade.

Num outro ponto do globo, numa outra cultura, numa outra sociedade, ou mesmo num outro grupo, ou numa outra família, os comportamentos aceites não são necessariamente os mesmos, nem os comportamentos rejeitados ou as punições.

O certo e o errado torna-se então discutível entre os grupos sociais, mas o indivíduo para viver em paz deve agir em função do seu grupo, em função da sua cultura, em função da sua sociedade. Naturalmente desde sempre existiram os desintegrados, pessoas que questionam todos os princípios correntes, todas as leis impostas, todos os pensamentos existentes a que chamam preconceitos, estes raramente conseguem ter paz, raramente conseguem enquadrar-se e tarde terão uma vida regular. Andem por onde andarem encontrarão sempre coisas que os contrariam, mas alguns destes acabam por conseguir destaque na história da humanidade, mas é invulgar isto acontecer por bons motivos.

Por tudo isto considero que a socialização primária, aquela que acontece no seio da família nuclear inicial, deve ser a mais bem interiorizada pelos indivíduos de forma a conseguir dar-lhes suporte para a socialização subsequente. Cabe então às famílias a tarefa mais importante no aprendizado das crianças porque esta aprendizagem será o suporte de toda uma vida.


Ana Sebastião

Título: Socialização - Uma Tarefa Para as Famílias

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 4

691 

Comentários - Socialização - Uma Tarefa Para as Famílias

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Eventos
Como Organizar Qualquer Tipo De Evento\"Rua
Com todas as mudanças no mundo precisamos de pessoas capacitadas e qualificadas para se organizar um evento de porte. Não mais uma pessoa que faz tudo, que quebra-galho, mas um profissional estudioso no ramo para levar um evento de grande estima que atinja seu público de forma satisfatória e abrangente.

Para estar na frente exige-se muito trabalho, esforço e dedicação extrema para que se obtenha grande sucesso não somente para quem recebe como também para a própria instituição em que se realiza o evento. Isso tem causado uma procura por esses profissionais e até tem sido reconhecido como uma profissão que será valorizada muito nesses próximos anos.

Como Organizar?

Para estar na frente de um evento é necessário muita dedicação e amor. Muitas horas planejando e com uma grande antecedência. Pois, qualquer problema que ocorra no dia, será de responsabilidade de quem está organizando.

Então, todos os cuidados devem ser levados em consideração, devemos ter ações prevenidas e tudo deve ser listado, feito e dado uma atenção especial. Diante dos que se pretende fazer em um evento seja ele cultural, religioso, comercial, precisa de alguns parâmetros para serem seguidos cuja finalização tenha muito sucesso.

Eis quais são as etapas para você compreender melhor:
1. Objetivos: você deve primeiramente traçar um objetivo daquilo que se pretende realizar. Deve ser dividido em duas partes: a geral e a específica;

2. Públicos: quem são os públicos que serão atingidos? É um grupo de mulheres, um grupo de homens? Que faixa de idade? Essas e outras perguntas devem ser feitas;

3. Estratégias: essas estratégias consistem simplesmente em como você vai atingir o seu público, o que mais irá atraí-los para que possam ir ao seu evento?

4. Recursos: os recursos tanto materiais, humanos, físicos, todos esses recursos devem ser bem estruturados e anotados;

5. Implantação: Que métodos serão usados para o evento desde o início até o término do evento? Refere-se a todos os procedimentos;

6. Acompanhamento e controle: estipular alguém que irá acompanhar todo o processo e controlar, como por exemplo, as despesas;

7. Avaliação: feita após o término do evento, ela é produzida em formato de relatório e entregue a quem organizou o evento;

8. Orçamento Previsto: este deve ser feito bem detalhado. Uma das mais importantes partes de todo o evento. Pode buscar patrocínio, parcerias com empresas para assim evitar os gastos, mas tudo deve ser anotado e controlado.

Pesquisar mais textos:

Luene Zarco

Título:Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Autor:Luene Zarco(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios