Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Cuidados ao descolorir os cabelos

Cuidados ao descolorir os cabelos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Visitas: 4
Comentários: 1
Cuidados ao descolorir os cabelos

Descolorir os cabelos pode não ser uma tarefa tão simples quanto parece e requer alguns cuidados especiais. Este é um dos processos mais delicados e perigosos pelo qual os fios passam. Por isso, para garantir um resultado positivo e evitar prejudicar a saúde dos seus fios, confira algumas dicas e cuidados ao descolorir os cabelos.

O que é a descoloração? Este processo consiste em remover, ao máximo, todos os pigmentos que dão cor aos fios, sejam eles naturais ou tingidos. Por isso, ela é considerada uma forma de agressão aos fios. Então, antes de fazer a descoloração é importante que o profissional certifique-se de que seu cabelo está apto para fazer tal procedimento. Veja alguns testes importantes que você deverá fazer:

Teste da mecha – É um jeito fácil e barato de examinar a qualidade dos fios. Para fazer o teste de mecha, basta pegar uma pequena mecha do cabelo e fazer a descoloração nela. Além de verificar a resistência dos fios, ela também irá ajudar a verificar o tempo necessário para atingir a cor desejada. Após realizar o teste, é recomendável aguardar uma semana antes de fazer a descoloração por completo, para ter certeza que os produtos não causarão nenhum tipo de reação negativa.

Análise profunda dos fios – Este teste examina vários fatores, como: quantidade de queda, elasticidade, ressecamento e outros importantes aspectos que o profissional deverá avaliar.

Dicas para evitar problemas ao descolorir os fios

- Alguns dos produtos utilizados no procedimento podem ter um cheiro bem forte, por isso usar uma máscara ajuda a evitar tonturas e, até mesmo, problemas respiratórios.

- Até mesmo os cabelos mais resistentes podem apresentar um pouco de queda, quebra e ressecamento devido à descoloração. Então, após fazer o procedimento, é muito importante investir na recuperação dos fios com produto hidratantes.

- Se possível, não lave os cabelos antes de fazer a descoloração, pois a oleosidade natural dos fios ajuda a protegê-los.

- A descoloração é um procedimento que deve ser evitado ao máximo, mas se você for fazê-la tente espaçar pelo maior tempo possível uma sessão da outra. As mulheres que desejam apenas retocar a raiz dos fios devem restringir a região da aplicação apenas aos locais necessários.


Rua Direita

Título: Cuidados ao descolorir os cabelos

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 4

701 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    12-09-2012 às 13:48:38

    eu já pensei em fazer a descoloração para evitar os produtos químicos da tinta, mas pelo que estou a ver através da sua explicação, a descoloração não me parece uma boa opção. parabéns pelo seu texto. acho que tem óptimas dicas para quem preferir fazer a descoloração. eu não optar por não fazer. parece muito arriscado e o meu cabelo é muito fino. não vai sobreviver a tal agressão.

    ¬ Responder

Comentários - Cuidados ao descolorir os cabelos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios