Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Treine A Memória De Forma Simples

Treine A Memória De Forma Simples

Categoria: Outros
Treine A Memória De Forma Simples

A memória é um campo da mente em que sempre deve ser exercitada. São muitas as pessoas de diferentes idades a reclamar que não conseguem lembrar de situações simples. A memória precisa ser treinada para que continue a funcionar corretamente. Por isso, temos aqui um treinamento simples que você pode fazer para que sua memória nunca a deixe na mão!

• Retenção
A recepção de uma impressão por um ou mais dos cinco sentidos e o registro dessa impressão, eis o trabalho normal da mente. Este processo pode ser comparado ao registro de uma fotografia na chapa de uma câmara ou de uma Kodak.

• Lembrança
A recordação de impressões dos sentidos, que ficaram arquivadas no subconsciente. Este processo pode ser comparado ao ato de remexer um fichário, até encontrar a ficha desejada.

• Reconhecimento
É a capacidade de reconhecer uma impressão, quando esta for chamada ao consciente, identificá-la como uma duplicata da original e associá-la com a fonte de onde veio, ao ser registrada pela primeira vez. Este processo nos torna capazes de fazer a distinção entre “memória” e “imaginação”.

São estes os três princípios que entram na ação de lembrar. Agora tratemos da sua aplicação e determinemos o modo de empregá-los:

• Aplicação 1
Quando quisermos ter a certeza de que somos capazes de nos lembrar de uma impressão anteriormente recebida, um nome, uma data, ou um lugar, tornemos essa impressão vívida, concentrando nela a nossa atenção, mesmo nos menores detalhes.

Um meio prático de fazer isso é repetir muitas vezes aquilo de que desejamos lembrar. Assim como um fotógrafo deve contar um tempo determinado para que a “pose” se fixe na chapa da máquina, assim também devemos dar ao nosso subconsciente o tempo necessário para gravar uma impressão qualquer de que nos queiramos lembrar com presteza.

• Aplicação 2
Associemos o fato do qual desejamos recordar-nos com outro objeto, nome, local ou data com que estejamos familiarizados e de que nos possamos lembrar. A qualquer momento, como por exemplo, o nome do lugar onde nascemos, o nosso melhor amigo, o dia do nosso aniversário etc., pois, ao comparar a impressão que desejamos recordar com a que temos na memória, a mente facilmente as conduz para o consciente.

• Aplicação 3
Repita várias vezes àquilo de que deseja lembrar, concentrando, ao mesmo tempo, a mente, assim como se concentraria numa determinada hora em que desejas acordar no dia seguinte — o que, como sabe, assegura o despertar àquela hora.

A incapacidade de lembrar certas coisas, que prejudica a quase todos nós, é devida a que não registramos devidamente esses fatos no subconsciente. Quando formos apresentados a uma pessoa cujo nome desejamos recordar, devemos repetir esse nome quatro ou cinco vezes, assegurando-nos primeiramente de que o ouvimos corretamente.

Se o nome é parecido ou igual ao de uma pessoa muito nossa conhecida, associemos esses dois nomes, pensando em ambos, enquanto repetimos aquele de que procuramos lembrar-nos em qualquer tempo.


Adriana Santos

Título: Treine A Memória De Forma Simples

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

10 

Comentários - Treine A Memória De Forma Simples

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios