Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Literatura é uma arte

Literatura é uma arte

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Visitas: 50
Comentários: 12
Literatura é uma arte

Literatura é na sua essência, o que se chama de instrução, sendo que esta é como que uma compilação de conhecimento apresentada sob a forma de palavras, seja um conjunto de livros de literatura portuguesa, inglesa e etc. na literatura vemos a transformação de texto normal, num mais artístico, científico ou simplesmente literário.

Para que a Literatura, como pode ser chamada de ser produzida, e geralmente, é por pessoas (escritores), que tenham em si as regras utilizadas na escrita de um bom texto. Estas regras devem respeitar a gramática, a boa expressão, um amplo vocabulário e essencialmente, devem demonstrar o Saber que o escritor possui, acerca do tema que trata.

A aplicação destas regras, deve ser realizada de acordo, com o tipo de obra que se pretende produzir, assim as regras aplicadas a um romance, não serão as mesmas utilizadas para um poema ou livro com um foro mais técnico. Não se utiliza para um romance as mesmas técnicas científicas, palavras, termos e linguagem, que se utiliza para um manual técnico.

Quando se fala de literatura, existe sempre um nome associado a cada um dos livros a que nos referimos, o nome do escritor responsável pela sua criação. Este, para além de nós leitores tem o papel mais importante, nesta troca de Saber, pois ele tem o dom de conseguir através de uma aparente facilidade na ordenação de palavras, transportar-nos para outros mundos, épocas e até mesmo ensinar-nos acerca de temas que não aprendemos na escola.

As palavras em si, podem ultrapassar até mesmo ultrapassar o limite dos seus significados associados, e podem assim conquistar novas possibilidades de perceber a realidade, que o escritor pretende evidenciar. O caminho que a literatura percorre é o que o artista (escritor) sente, escolhe e através da manipulação das palavras, a escrita capta a realidade através dos sentimentos, exploração fonética, semântica, sintácticas e síntese.

Tal como a música, a pintura e a dança são consideradas uma arte, a literatura também o é, isto porque proporciona ao leitor, através de um conjunto de experiências que são vividas pelo leitor, a criação de novas experiências sem que aja a necessidade física de a experienciar e enfrentar.

Em suma, uma obra literária é o resultado das relações humanas entre o escritor, público e sociedade, o artista recria então um texto que, posteriormente pode ser lido de forma livre, este tendo prazer no que escreve, amplia sua habilidade na leitura e no texto. Há poemas que nós guardamos com carinho, há romances que nem sequer foram vendidos, como também há peças de teatro esquecidas já pelo tempo ou até mesmo aquele livro que não nos indicam, mas que nós gostamos de ler, isto e muito mais, é a Literatura.

"O homem que escreve sobre si mesmo e sobre o seu próprio tempo é aquele que escreve sobre todas as pessoas e todos os tempos."



Waldiney Melo

Título: Literatura é uma arte

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 50

811 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 12 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 18:00:00

    Penso que a literatura é para todos! Não apenas para quem a lê, gosta, aprecia ou apenas para escritores. A literatura traz um conhecimento vasto do mundo, de si mesmo, de Deus!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Elis Júnior Dourado

    16-06-2013 às 12:26:27

    "O maior erro que você pode cometer, é o de ficar o tempo todo com medo de cometer algum".

    ¬ Responder
  • Sara gonçalves

    21-03-2013 às 07:56:45

    Estudar é a chave do sucesso

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAmanda Régis

    18-03-2013 às 07:06:08

    Parabens, seu texto ficou ótimo

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    09-09-2012 às 17:56:56

    Eu adoro ler e não consigo compreender quem não gosta. Há algum tempo, uma amiga minha disse-me que detestava ler. Eu nem sei como consegui controlar-me de lhe dar uma lição de moral. A literatura é muito importante para a formação de um ser humano a nível intelectual. No mínimo, por ano, eu leio cerca de 50 livros, e mesmo assim, acho que é pouco. Juro que não consigo perceber quem não gosta de ler.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLaiana

    09-08-2012 às 17:54:43

    Adorei esse texto, irá me ajudar em um trabalho de Literatura. Muito Obrigada!!

    ¬ Responder
  • Elis Júnior Dourado de SousaJD JUNIOR DOURADO

    27-07-2012 às 03:28:22

    "A preguiça caminha tão devagar que a pobreza em pouco
    tempo alcança."

    ¬ Responder
  • hozanahozana

    25-04-2012 às 11:41:52

    amei

    ¬ Responder
  • Elis Júnior Dourado de Sousajd junior

    03-04-2011 às 00:22:54

    @Elis Júnior Dourado de Sousa
    "Uma mentira pode até sustentar o seu ego por algum tempo, mas só a verdade poderá lhe oferecer a felicidade duradoura."

    ¬ Responder
  • Elis Júnior Dourado de SousaElis Júnior Dourado de Sousa

    27-02-2011 às 20:49:22

    Um alerta no escuro só surtirá efeito sob a luz da compreensão."

    ¬ Responder
  • Miguel Angelo Marinho de AraújoMiguel Angelo Marinho de Araújo

    07-02-2011 às 01:22:39

    Ler é dialogar, perceber o seu entorno, promover bem-estar para o corpo e a mente. É a manutenção da juventude.

    ¬ Responder
  • everthoneverthon

    30-11-2010 às 15:47:49

    cara muito legal o seu tema vai mi ajudar muito no meu trabalho di ingles fuizzzz

    ¬ Responder

Comentários - Literatura é uma arte

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cuidado com as curvas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Motas
Cuidado com as curvas\"Rua
Quando se fala em motas, delineia-se na nossa mente a figura de um indivíduo, “maluquinho” por estes veículos de duas rodas, vestido com colete preto de couro e envergando umas possantes botas da mesma cor, e, quiçá, umas caveiras ou outros distintivos aqui ou ali, nele ou na moto. Normalmente, os motociclistas, motoqueiros ou motards, como são conhecidos, regem-se por um espírito muito próprio, que ninguém sabe definir muito bem, mas que, sem dúvida, engloba a sensação de liberdade e, por vezes, umas bebedeiras a valer numa qualquer concentração de motas. A parte boa é que, não acontecendo nada de pernicioso à mota e ao seu condutor quando se desafia a sorte desta maneira, uma vez despojado das roupas e acessórios motards, colocando o fato e a gravata, este volta a ser uma pessoa “normal”, imbuído de sentido de responsabilidade e bom senso. Estas características, tão úteis no trabalho e em sociedade, são, amiúde, esquecidas quando se está ao “volante” de uma moto. Cede-se, frequentemente, à tentação de andar muito depressa, de ultrapassar em terceira fila, de passar à frente nas portagens, de desrespeitar o próximo perpetrando atrocidades inacreditáveis e fazendo tudo o que dá na veneta, com a segurança de se estar protegido pelo anonimato do capacete e da pouca ou nenhuma visibilidade da matrícula.

Por outro lado, também existe aquilo a que se chama de solidariedade motard, que apela aos mais puros sentimentos de entreajuda em caso de queda ou outra situação de aflição. Claro que, em determinadas circunstâncias, mais valia que estivessem quietos, em vez de retirar apressadamente o capacete a um colega estendido no chão (é a última coisa a fazer), e noutras ainda bem que se tem assistência em viagem, porque, dada a falta de visão periférica dos companheiros de estrada, bem se podia”esticar o pernil” que não apareceria vivalma para dar uma ajuda.

Definições e conceitos à parte, o motociclismo constitui uma paixão fervorosa de um grande números de indivíduos, com um incremento significativo do género feminino. Faz-se uso da mota por razões não profissionais, por diversão, por se ser praticante desta modalidade, para locomoção, ou, simplesmente, porque se gosta de motos. Seja qual for a razão, os agradecimentos têm de ser dados a Gottlieb Daimler (1834-1890), que inventou o primeiro protótipo. E, já agora, não custa render gratidão também a John Boyd Dunlop, veterinário escocês, que concebeu uma espécie de roda, que corresponde ao nascimento do pneu. Pode, portanto, afirmar-se com toda a legitimidade que um veterinário deu à luz um pneu…!

Pesquisar mais textos:

Maria Bijóias

Título:Cuidado com as curvas

Autor:Maria Bijóias(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • letícia Cristina Calixto de Souza 20-06-2013 às 17:19:32

    eu achei muito interessante esse texto por que ele me ajudou a fazer um trabalho escolar mas eu quero falar para a autora desse texto que ela está de parabéns e que esse texto possa incentivar cada pessoa que ler ele então meus parabéns

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios