Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > A minha primeira vez

A minha primeira vez

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Visitas: 2
Comentários: 12
A minha primeira vez

Reconheço que foi necessária muita coragem para dar inicio a esta aventura. Apesar da ideia permanecer há já algum tempo no meu pensamento, continuava sem tomar a iniciativa que permitisse conhecer a sensação proporcionado pelo ato em si. Desejava que fosse um momento mágico, único, que deveria perdurar para sempre no meu pensamento. A partir do momento em que tomei a decisão de concretizar esse desejo, assumi o compromisso de o realizar nos dias seguintes. A expetativa aumentou com os “filmes” que ia criando na minha mente, imaginava até a hora e o local favoráveis à criatividade e inspiração que deveria sentir.

Esse momento chegou ainda mais rápido do que havia imaginado, pois não dava para continuar a suportar a intensidade de realização pessoal que em breve aconteceria. Em conversa com uma amiga, dei-lhe a conhecer o meu desejo e de imediato concordou que tinha chegado a hora H.

Já noite dentro e em casa, sentado confortavelmente na cadeira do escritório, ao ritmo de grandes baladas, passei à ação. Foram mais de duas horas em jogos de palavras, movendo a ponta dos dedos timidamente sobre o teclado do computador, analisando os detalhes, apagando, repetindo a escrita até encontrar a ideia do que pretendia transmitir. Cada avanço transformava-se numa sensação de bem estar e satisfação. Tinha dado início ao primeiro texto para aprovação no sitio de nome ruadireita.com . Mais do que isso era a minha primeira vez que escrevia para qualquer iniciativa, contribuindo para um crescimento pessoal.

Esta pequena experiência permite tirar desde já uma conclusão, diverte-me.

Dado que partilho da ideia que a VIDA é de uma extraordinária Beleza, será expectável que os artigos incidam nesta área. Haverá também entusiasmo para abordar temas do meu conhecimento, formação e experiência profissional.

Nasci em Lisboa, contudo desde os dois anos de idade e por opção familiar, vivo no campo, inserido entre a montanha, rio e mar, avistando a curta distância um outro país, Espanha.

Talvez por ter acesso fácil, adoro passeios à beira mar, pela montanha, disfrutar do nascer da lua e do sol, e claro contemplar ao final de uma tarde, o pôr do sol.

Por hoje fico por aqui, até breve.


Fernando Dâmaso

Título: A minha primeira vez

Autor: Fernando Dâmaso (todos os textos)

Visitas: 2

611 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 12 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 17:57:23

    Fantástico como a escrita nos envolve e nos toma por completo. Parabéns pelo texto maravilhoso "a minha primeira vez".
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoze

    27-03-2013 às 19:27:57

    absolutamente maravilhoso, obrigado

    ¬ Responder
  • Jovita CapitãoJovita Capitão

    16-08-2012 às 01:14:07

    Parabéns pelo texto e força!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFernando Dâmaso

    19-06-2012 às 12:55:23

    Grande Mano, sempre a dar apoio quando é preciso. Obrigado

    ¬ Responder
  • vserrovserro

    19-06-2012 às 09:43:01

    Muito bem.
    venha mais um...
    Já será a terceira vez, por isso experiência não te faltará.
    ab

    ¬ Responder
  • Zé

    18-06-2012 às 14:51:11

    Muito bem. Fui, agradavelmente, surpreendida pela tua escrita. Continua.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFausto Dâmaso

    18-06-2012 às 14:10:09

    Ah grande mano.
    Dá-lhe com força.
    Tens capacidade para isso... e muito mais.
    Abraços... dos GRANDES!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFernando Dâmaso

    19-06-2012 às 20:18:19

    Sei que posso contar sempre com o teu apoio.
    Obrigado Mano.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoTeresa

    08-06-2012 às 17:09:00

    Gostei do seu texto Dãmaso
    Continue em frente

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFernando Dâmaso

    13-06-2012 às 10:28:02

    Obrigado pelo apoio.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoantonio

    12-06-2012 às 20:31:16

    continue tem boas expectativas
    abraço

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFernando Dâmaso

    13-06-2012 às 11:11:54

    Agradeço e fico contente com o seu comentário.

    ¬ Responder

Comentários - A minha primeira vez

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios