Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Reflexos de nós, nos outros

Reflexos de nós, nos outros

Categoria: Literatura
Reflexos de nós, nos outros

É comum notarmos como somos atraídos por aqueles que têm as mesmas afinidades e os mesmos gostos que nós. Pode-se chamar essa atração de “harmonia”, pois se dão muito bem, obrigada! É onde gostamos sempre de estar – acompanhados de pessoas assim!

O que não percebemos é que essas pessoas refletem a nós mesmos. Somos reflexos de nós, nos outros. Por isso, o meu ser pode ser conhecido e visível naquele que se encontra perto de mim, ao meu lado e posso afirmar que a futura aproximação será para com alguém parecida comigo.

Não apenas em algum ponto de minha personalidade, mas nos meus ideais e princípios. Por essa razão, as pessoas com a qual andamos e gostamos de estar são justamente a que tem harmonia, sintonia, sincronismo.

São essas pessoas que nos estimulam e nos ajudam a vencer nossas batalhas. Elas nos entendem. Motivam-nos e nos animam. É preciso ter essas pessoas conosco. A vida é por demais complicada, ainda mais quando se está só. E não apenas só, mas com aqueles em que nada contribuem para o nosso progresso. Só nos atrapalham e puxam para trás.

Reflexos de nós, nos outros. É assim que podemos nos conhecer melhor. Nos deslumbramos com o belo, com a bondade vista nos pequenos detalhes e nas coisas mais singelas. Também, ao admirar as pessoas. Isso de fora reflete o que está dentro de nós!

Aqueles com quem admiramos e apreciamos mostra o que somos por dentro. A beleza nossa é vista no outro. Isso quem já disse foi Rubem Alves: “Uma pessoa é bela, não pela beleza dela, mas pela beleza nossa que se reflete nela”.

Que nosso caminhar seja com pessoas que aprecia e admira o que nós admiramos. Que o nosso viver seja a cada dia mais intenso e harmonioso com aqueles que amamos. Apesar de algumas diferenças que tenhamos com alguém, isso também é refletido em algum aspecto do nosso ser.

Aplique a beleza e a bondade para dentro de si, apesar do que ocorre de mal em nosso exterior. Não nos moldamos ao que vem de fora. Que assumamos o controle do que decidimos entrar ou não em nosso coração.

Mantenha sempre a beleza nos olhos e no coração. Acima de tudo, convide Deus a fazer parte do seu belo caminhar. Comece pela manhã até o anoitecer. Quando chegar o outro dia, faça o mesmo pedido. Certamente, Ele atenderá!

"A beleza e a bondade que se vê nos outros é sempre um reflexo do que está dentro de si mesmo"
- Tom Hackett


Adriana Santos

Título: Reflexos de nós, nos outros

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

206 

Comentários - Reflexos de nós, nos outros

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios