Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > O futuro do automobilismo

O futuro do automobilismo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Automóveis
Comentários: 3
O futuro do automobilismo

Uma das mais importantes invenções da história humana foi feita idealizada no século XVII, e construída pela primeira vez em 1678, sob a forma de uma miniatura a vapor para um imperador chinês. Foi em 1769, que o francês Nicolas-Joseph Cugnot, construiu o primeiro carro a vapor à escala, mas este seu invento passou totalmente despercebido pelos seus conterrâneos franceses. A partir deste momento, graças a muitas outras experiências com este meio de locomoção, e após o ultrapassar de muitas regras e leis da altura, que dificultavam a circulação destes veículos (fosse por não serem seguros, pelo ruído ensurdecedor que os motores e buzinas faziam), o automóvel teve a merecida atenção que tanto precisava.
Com a descoberta/invenção do motor de combustão, que é era movido graças ao refinamento de combustíveis fosseis, como o petróleo, e com o advento que foi a revolução industrial, o automóvel tornou-se cada vez mais importante, considerado hoje em dia um bem essencial. As marcas são muitas, bem como os formatos que foram-se alterando ao longo dos anos, desde os mais esguios, desportivos, familiares, comerciais, adotando as mais variadíssimas formas, para serem utilizados nos mais variados terrenos e funções. Recentemente, temos vindo a presenciar, com o crescimento de uma mentalidade mais ecológica preocupada com o ambiente e sabendo que as reservas de petróleo têm os seus dias contados, é o surgir de novos conceitos de alimentar os motores dos nossos carros. Temos agora, os híbridos, os elétricos, os carros movidos a óleo vegetal… mas será que isto é o suficiente? Não se deveria encontrar de uma vez por todas uma solução que eliminasse de uma vez por todas com a necessidade de recorrer ao petróleo? O sistema Maglev (Magnetic levitation transport) é ainda uma das melhores soluções futuras, para tentar resolver todos os problemas originados pelo uso de motores de combustão, tanto a nível ambiental como a nível de segurança rodoviária. Esta é uma tecnologia já utilizada mas apenas em comboios, porque não aplica-la ao automóvel? Apenas o futuro ditará o que vai acontecer…

Bruno Jorge

Título: O futuro do automobilismo

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

634 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    22-04-2014 às 16:44:21

    Só tende a crescer os automóveis nas grandes cidades metropolitanas. Infelizmente, os acidentes acabam aumentando também. Deveria haver maior rigor nas estradas, maior controle na velocidades e maior fiscalização também.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSara

    05-11-2012 às 10:36:23

    Uma grande verdade sobre o futuro do automobilismo.

    Penso que deveriam ser criadas técnicas para evitar acidentes

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAugusto

    05-11-2012 às 10:35:26

    Excelente texto muitos parabéns e boa sorte :)

    ¬ Responder

Comentários - O futuro do automobilismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios