Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Problemas nos travões

Problemas nos travões

Categoria: Automóveis
Comentários: 1
Problemas nos travões

Para maior segurança, os travões precisam estar em pleno funcionamento, são eles os responsáveis pela frenagem de um veículo, sem os travões, seria impossível controlar a aceleração e o veículo dispararia ao ser acionado o mecanismo, sem nenhuma sombra de dúvida, isso acarretaria um verdadeiro desastre que não cabe aqui medir as proporções.

Sempre nos é recomendado, fazer revisão no automóvel e na moto, um veículo funciona por meio de macanismos que sofrem desgastes e corrosão como em qualquer outro, portanto ficar atento a manutenção é necessário e nunca se deve pensar que um veículo precisa apenas de combustível. O assunto é tão sério que os fabricantes de veículos, além da atenção geral que destinam a segurança dos veículos como um todo, os cuidados com os travões são ainda maiores.

No caso de precisar ser feita uma substituição, é importantíssimo que os travões sejam de boa qualidade, tentar economizar com um material inferior pode custar a vida, é o tipo de economia que não cabe sequer pensar.

Na compra de um novo automóvel, mesmo que seu veículo esteja funcionando bem e atendendo suas expectativas, se o fabricante informar e solicitar que os proprietários compareçam a rede autorizada para a verificação ou recall, melhor atender e comparecer o quanto antes.

Os trovões dão o primeiro sinal de que algo não vai bem pelo som, se identificar um som diferente parecido com um ruído, é um indício de que os travões podem estar, ou vir a apresentar defeito, por isso é interessante conhecer bem o seu carro.

Um dos problemas mais comuns dos travões são causados por pastilhas e discos que quando desalinhados comprometem o sistema aumentando a distância da frenagem, quanto maior a velocidade maior a necessidade da precisão do mecanismo, o que quer dizer que é preciso que o veículo trave mais rapidamente.

Não podemos deixar de citar que problemas podem surgir separadamente, podem surgir nos tarvões de tras e no de mão também. Fazer revisão periódica evita sérios acidentes pois o mais comum no sistema é o desgaste sofrido com o tempo, o pedal passa por muito esforço com o calor e a pressão produzida pelo pedal.

Há muitos momentos em que o condutor, não precebe que o veículo sofreu excesso de pressão e gerou maior desgaste nos travões, isso ocorre tanto na estrada como nas vias comuns.

Para não ficar tentando advinhar e se colocar em risco, nada de bancar o mecânico, faça a revisão do seu veículo.



Sílvia Baptista

Título: Problemas nos travões

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 0

654 

Imagem por: [177]

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 05:42:59

    Adorei o texto sobre os problemas nos travões. Qualquer barulho diferente, deve-se tomar atenção para evitar futuros problemas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Problemas nos travões

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: [177]

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios