Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Baterias – Cuidados e Manutenção

Baterias – Cuidados e Manutenção

Categoria: Automóveis
Visitas: 4
Comentários: 2
Baterias – Cuidados e Manutenção

Um carro é sempre imprescindível para muita gente. Ou porque o local de trabalho é longe de casa, ou porque o conforto de levar os filhos num dia de chuva é inigualável. Um carro traduz-se sempre em independência, comodidade e na maior parte das vezes, rapidez. Um carro é sempre um investimento, e todos sabemos que o custo inicial, nunca é recuperado. No entanto se o carro que compramos rentabilizar de alguma forma, então o negócio inicial já valeu a pena.

Uma das formas de conseguir rentabilizar o carro, utilizando-o sem problemas, todos os dias, é oferecer-lhe cuidados e manutenção.

Uma das rasteiras mais comuns nos carros, quer novos ou usados, são as falhas na bateria. Quer o carro não pegue ao primeiro rodar de chave, ou esteja “morto” de todo, os problemas de bateria são uma das maiores queixas dos proprietários de veículos automóveis.

Mas como evitar problemas num equipamento tão importante para o funcionamento de um carro, como é o caso da bateria?

Os truques podem não ser ilimitados, mas acredite, funcionam e depois de os começar a praticar não vai deixar de os seguir. Ora aqui vão eles:

- Verifique com alguma regularidade os cabos. Se estão bem apertados, ou se estão oxidados. Isto acontece depois do Inverno. Nesta situação, passe um pouco de vaselina nos contactos ou então passe com uma pequena lixa fina;

- Examine, nas baterias convencionais, a água. Se a bateria tiver pouca, acrescente água destilada.

- Se o carro estiver desligado, evite ter sistemas eléctricos acessos durante muito tempo. Ar condicionado ou o rádio ligado com o carro desligado, gasta a bateria sem qualquer necessidade.

- Ligue somente o carro quando todos os equipamentos eléctricos estiverem desligados.

- Caso pense em deixar o carro estacionado e sem andar com ele durante mais do que uma semana, desligue o cabo negativo da bateria. No entanto tenha especial atenção, pois este procedimento não deve ser feito em carros com computador de bordo ou som com sistema de código.

- Se o carro não pegar à primeira, não deve tentar insistentemente. Tente durante 7 segundos e depois pare durante 20. Forçar o carro só vai prejudicar e gastar mais bateria.

Estas são apenas algumas dicas que deve seguir, no entanto, uma revisão na oficina nunca é algo que deve evitar. Sempre que o seu carro for à revisão peça para que a verifiquem, para nunca ficar parado e claro, irritado.


Carla Horta

Título: Baterias – Cuidados e Manutenção

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 4

762 

Imagem por: AndyArmstrong

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    11-09-2012 às 22:01:20

    Muito informativo. Todos os cuidados para baterias auto aqui mencionados são aplicados nas mais comuns, cada vez mais elas são blindadas sem qualquer hipótese de manutenção. Uma grande jogada dos fabricantes e uma complicação para os proprietários, pois deve ser trocada em caso de avaria.Tal como mencionou, não se deve insistir caso o carro não pegue à primeira, prejudica a de vida útil da bateria devido ao sobreaquecimento, podendo em casos extremos a rebentar.

    ¬ Responder
  • José NilsonJosé Nilson

    17-03-2010 às 21:59:06

    São muito válidas suas dicas.
    Pergunto se eu deixar o CD dentro do aparelho, porém desligado, mesmo assim gasta bateria?
    Meu carro ( GM/Corsa 2009) me deixou na mão por três vezes, sendo que antes dessas situações eu havia ouvido música, mesmo com o carro ligado e depois desliguei o som, porém deixei o CD dentro do aparelho, no dia seguinte o carro não pegou, foi aquele sufoco.
    Aguardo sua resposta, espero que possa me ajudar.


    Att.


    José

    ¬ Responder

Comentários - Baterias – Cuidados e Manutenção

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Imagem por: AndyArmstrong

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios