Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Tenha uma condução ecológica e eficiente

Tenha uma condução ecológica e eficiente

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Automóveis
Comentários: 2
Tenha uma condução ecológica e eficiente

Uma condução ecológica torna-se mais eficiente, tal como uma condução eficiente traduzirá, necessariamente, uma condução mais ecológica. Na prática, para além de se tirar maior partido das capacidades dos carros, e da redução do consumo de combustível, da emissão de gases poluentes e de gases com efeito de estufa (que contribuem para o aquecimento global) e do ruído, reduz-se também a sinistralidade, já que a segurança é outra das consequências de uma condução mais racional.

Antes de tudo, da opção de compra do veículo dependerão fatores como o nível de consumos, o tipo de combustível, a aerodinâmica, a potência, a segurança, o grau de emissões para a atmosfera e tudo o que se relacione com a eficiência e a manutenção do automóvel.

Há uma série de dicas muito concretas que favorecem esta “eco-condução”: guiar a uma velocidade o mais constante possível, evitando acelerar ou travar de forma brusca permite uma poupança na ordem dos 15 por cento de combustível (e, consequentemente, de emissão de CO2) e torna a viagem mais confortável; Cumprir os limites de velocidade também poupa e promove a segurança rodoviária; Verificar mensalmente a pressão dos pneus acautela o desgaste, adiando a sua substituição, e promove a aderência ao asfalto; Adaptar a velocidade ao tráfego e privar-se de mudar de via de trânsito concorre, identicamente, para economizar; Manter o carro afinado e averiguar o nível do óleo regularmente pode originar uma poupança na ordem dos três por cento; Não transportar bagagens no tejadilho da viatura e retirar todo o peso desnecessário do porta-bagagem representa uma economia de cerca de cinco por cento; Utilizar uma mudança alta resulta num menor gasto de combustível (dez por cento), dado que o veículo circulará com uma rotação mais baixa; Fechar as janelas, sobretudo a velocidades mais elevadas, minora o atrito, fazendo com que seja preciso menos energia para a deslocação; Planear a viagem, tentando antecipar o fluxo de trânsito, é, de igual modo, muito útil: naturalmente que ninguém vai escolher o percurso mais longo ou concorrido…

Em acréscimo, recomenda-se que se utilizem os acessórios elétricos apenas quando estritamente necessário, pois consomem energia. O ar condicionado, por exemplo, é passível de incrementar o gasto de combustível em 25 por cento! Paralelamente, é de ponderar a precisão do recurso ao automóvel para distâncias curtas (indo a pé, poupa-se combustível e trabalha-se para o bem-estar físico), mormente se o motor estiver frio (o consumo de combustível seria excessivo).

A condução deve iniciar-se assim que se liga o motor e este desligado logo que a viatura fique parada por mais de um minuto. Nas descidas pronunciadas, o ideal é conservar o carro engrenado numa mudança compatível (no sentido de travar com o motor), granjeando maior segurança e consumo nulo.

Finalmente, é de considerar a partilha do automóvel com pessoas que, para trabalho ou lazer, se dirijam para o mesmo destino, o que ajudará a atenuar os congestionamentos de tráfego e o dispêndio de combustível. Servir-se dos transportes públicos economiza ainda mais tempo, dinheiro e stress, e concorre para tornar mais respirável a atmosfera nas cidades.


Maria Bijóias

Título: Tenha uma condução ecológica e eficiente

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

639 

Imagem por: Grant Mitchell

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 03:54:35

    Parabéns pelas ótimas dicas! Dessa forma, a pessoa não apenas economiza seu dinheiro, mas também contribui para a sustentabilidade e proteção dela mesma e dos outros.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    17-09-2012 às 16:17:23

    Apreciei as suas dicas, sobretudo porque o tema que aborda é tão crucial nos dias que correm, devendo ser um assunto sobre o qual os automobilistas e cidadãos se deveriam informar muito melhor. Os perigos da condução são muitos, e encontramo-nos em perigo apenas pelo simples ato de entrarmos no carro, porque estamos expostos à condução dos outros. Para além disso, é necessário, como refere, ter em conta o problema ecológico que os automóveis representam.

    ¬ Responder

Comentários - Tenha uma condução ecológica e eficiente

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O Mito da Entrevista de Emprego

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Empresariais
O Mito da Entrevista de Emprego\"Rua
Aguardando há meses pela oportunidade de um novo emprego e após ser aprovado em várias etapas do processo de seleção eis que surge um empecilho: a entrevista de emprego.

Diversas dúvidas passam pela cabeça do candidato como o que vestir, como sentar-se, qual o tom de voz adequado, o que o entrevistador espera como resposta e como impressioná-lo provando ser a pessoa certa para a vaga a ser ocupada.

A verdade é que não há regra que garanta o sucesso em uma entrevista, porém, algumas atitudes e cuidados precisam ser tomados. Abaixo seguem 10 dicas que auxiliarão o candidato enfrentar essa fase do processo de seletivo de forma mais segura, não importando a área ou cargo pretendido.

1. Seja pontual. A pontualidade é uma forma de demonstrar respeito, consideração e compromisso com a empresa, porém, ser pontual não significa ser precipitado, chegando com muito tempo de antecedência. Para isso programe-se: quanto tempo você levará para chegar até o local combinado para a entrevista? E se houver algum tipo de atraso? Programe-se para que os prazos possam ser cumpridos. Se o atraso for inevitável entre em contato com a empresa e explique o motivo para o mesmo solicitando a possibilidade de remarcar o compromisso.

2. Vista-se de maneira condizente ao cargo que irá ocupar. Mesmo parecendo ser uma superficialidade, a forma como o candidato se veste pode influenciar a decisão do entrevistador, portanto, causar uma boa impressão é essencial. Para isso pesquise o perfil da empresa, se possível observe a forma como os funcionários se vestem e use na entrevista algo um pouco mais formal do que usaria todos os dias para ir ao trabalho.

3. Zele por uma boa aparência. Como descrito acima causar uma boa impressão é essencial, dessa forma, a higiene pessoal é indispensável. Vale ressaltar que perfumes e maquiagem exagerados são pontos negativos em uma entrevista.

4. Tenha em mente suas principais realizações profissionais e as evidencie. Quais os principais desafios que essas lhe trouxeram e o que aprendeu em cada uma delas. Se é seu primeiro emprego vale ressaltar suas experiências escolares e acadêmicas como trabalhos em grupos, projetos realizados, programas de estágio e trainee.

5. Tenha atitudes positivas. Um método de entrevista consiste em perguntas aparentemente absurdas que não possuem, necessariamente, respostas prontas. O que ele deseja na verdade é avaliar seu raciocínio lógico, portanto, seja criativo, argumente e crie estratégias para sair dessa saia justa.

6. Seja genuíno e autentico. Mesmo estando sob pressão seja você na entrevista. Não minta nem use máscaras. O recrutador provavelmente perceberá que você não está sendo sincero.

7. Tenha argumentos. “Por que você quer trabalhar aqui?” ou “Quais serão suas contribuições para essa empresa?” são perguntas básicas em uma entrevista de empregos. Portanto, tenha bons argumentos para esses questionamentos.

8. Mostre-se interessado. Faça perguntas plausíveis ao entrevistador.

9. Seja gentil e educado a todo o momento. Muitas empresas costumam analisar o candidato no momento em que esse inicia o processo seletivo.

10. Mostre-se confiante. Se você fará a entrevista de emprego é porque já passou por outras fases do processo seletivo, ou seja, tem muitos pontos a seu favor. Acredite no seu potencial .

Outros textos do autor:
O Mito da Entrevista de Emprego

Pesquisar mais textos:

Mabelly Venson

Título:O Mito da Entrevista de Emprego

Autor:Mabelly Venson(todos os textos)

Imagem por: Grant Mitchell

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios