Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Cuidados na compra de um carro usado

Cuidados na compra de um carro usado

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Automóveis
Visitas: 2
Comentários: 1
Cuidados na compra de um carro usado

Comprar um automóvel é sempre uma grande satisfação e alegria, pois a maioria de nós somos apaixonados por carro e especialmente aqui no Brasil, os brasileiros tratam o seu carro como se ele fosse uma parte da família.

Porém se você está pensando em adquirir um carro usado, é importante tomar alguns cuidados para que a alegria não vire tristeza, existem muitos carros usados com sérios problemas na funilaria e mecânica, além de problemas na documentação.

Um comprador menos experiente pode cair em uma grande armadilha se não tomar as devidas precauções.





1. Procure levar alguém de seu convívio que tenha uma boa experiência com compra de carros para auxiliar na identificação de possíveis problemas no veículo, tanto na parte mecânica e de funilaria como na parte da documentação, para evitar dores de cabeça como o carro ser roubado ou ter muitas multas, e se possível leve junto também um mecânico de sua confiança para examinar o veículo.

2. Nunca compre um carro sem fazer um test drive antes, pois o carro pode estar perfeito aparentemente , mas ao rodar pode-se notar problemas que podem se transformar em aborrecimentos se você adquirir o veículo e pergunte sobre a garantia do veículo.

3. Se for possível seria uma boa ideia comprar um veiculo usado de algum parente ou de algum amigo ou conhecido que você confie, além de poder negociar um melhor preço, compra-se um carro de uma pessoa que você sabe que não irá querer te enganar.

4. Se for comprar de lojas particulares, dê preferência em comprar em lojas de grandes concessionárias e evite comprar de lojas desconhecidas e de locadoras, muitas dessas lojas compram carros com alta quilometragem e bem desgastados enquanto que carro de locadora foi utilizado por centenas de pessoas diferentes e quem aluga geralmente não toma cuidado com o carro.

5. Muitas vezes a lataria aparentemente está bonita e brilhado e você imagina que o carro nunca sofreu colisão. Muito cuidado nessa hora! Procure examinar bem o veículo em um ambiente bem claro e nunca com o carro molhado, se por acaso o carro estiver molhado por causa de chuva, volte outro dia e examine o carro quando estiver com a lataria seca, pois a lataria molhada camufla os problemas, e leve alguém que entenda de funilaria e que saiba identificar se o veículo não sofreu colisão grave.

6.Verifique também se o carro não foi vitima de enchente, verifique os bancos e tapetes, se não há resquícios de barro ou sujeira em lugares escondidos , e principalmente o cheiro, carro vítima de enchente é problema na certa.

7. Se você comprar um carro roubado você terá muitas dores de cabeça.Tome muito cuidado e verifique o número do chassi e confira se batem com os números do documento , verifique também os números nos vidros e também a placa.Caso necessário peça ajuda a um despachante para verificar se o veículo não tem problemas de multas ou do documento ser falso ou adulterado

Tomando alguns cuidados básicos você estará garantindo tranquilidade para desfrutar de seu automóvel e evitando aborrecimentos.


Nilson Empreendedor

Título: Cuidados na compra de um carro usado

Autor: Nilson Empreendedor (todos os textos)

Visitas: 2

713 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 05:14:50

    Todos esses cuidados devem ser de máxima importância! Adorei cada uma. Já sei o que fazer antes de comprar(e me encantar) com o carro usado!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Cuidados na compra de um carro usado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios