Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Como alargar sapatos

Como alargar sapatos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Visitas: 69
Comentários: 12
Como alargar sapatos

Uma das coisas mais desconfortáveis, é usar sapatos apertados, sair de casa para passar o dia fora e pior, às vezes sendo preciso ficar de pé por um bom tempo. Alguém pode pergunatr assim: Quem é doido de usar sapatos que causem dores ou apertados menor que o pé? Na verdade, não se trata de ser ou não doido, todos nós estamos sujeitos a a vivenciar essa desconfortável experiência.

Mesmo calçando o sapato na loja antes de comprar, é possível que aconteça de sofrermos o aperto dos sapatos nos pés, isso acontece porque embora o sapato seja do tamanho exato para os pés, tem a questão da forma e tipo dos pés. Repare que alguns pés são finos, outros largos ou plano (sem curva) conhecidos como pé chato, ou com curva acentuada, não importando o tamanho, são alguns exemplos que influênciam na adequação do sapato.

É bastante recomendado que ao comprar um calçado, ande um pouco com ele na loja, não basta só calçar e ficar de pé mas mesmo tendo toda essa atenção, há sim uma probabilidade de se levar um sapato que aperte os pés, a solução nesses casos, é procurar uma maneira de alargamento. Temos aqui algumas dicas que são fácieis de serem aplicadas e que talvez possam ajudar a amenizar o desconforto alargando os sapatos.

Uma das dicas é embeber jornal em alcool e colocar dentro dos sapatos de modo que fiquem bem úmidos, para melhor resultado, deixar a noite toda, a quantidade do jornal deve encher os sapatos tendo o cuidado de não deixar tocar na parte externa do calçado para não correr o risco de manchar.

Outra dica também com jornal: embeber jornal em condicionador e deixar por no mínimo douze horas, depois do tempo indicado, calçar os sapatos usando meias com o couro ainda úmido para o sapato aderir a forma dos pés, tomando os mesmos cuidados de evitar que molhe a parte externa. Essa dica é mais específica em sapatos de couro.

Em caso de dúvidas quanto as práticas caseiras, há uma outra alternativa que é comprar um alargador para sapatos no número desejado e colocar nos sapatos para alarga-los.

Os pés precisam estar livres de dores e apertos ocasionados por sapatos, um sapato apertado é o suficiente para dificultar a atenção e desestabilizar o humor, por isso caso use um sapato que aperte os pés, tente alargar os sapatos e ajusta-los ao seu formato.


Sílvia Baptista

Título: Como alargar sapatos

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 69

777 

Imagem por: Chris Owens

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 12 )    recentes

  • moda sapatos

    23-10-2014 às 20:11:20

    Muito útil este artigo adorei se quizerem também vêr sapatos para comprar temos esta loja disponivel online muito bom espero que gostem.
    www.modasapatos.com

    ¬ Responder
  • Luene ZarcoLuene

    17-09-2014 às 03:34:04

    Nem imaginava que existia essa técnica de alargar sapatos e gostei bastante. Às vezes, acontece de comprarmos um sapato apertado e o jeito mesmo é dar um jeitinho para não perdê-lo!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    08-06-2014 às 04:06:35

    Muito bom! Ainda não sabia dessa técnica, mas fiquei com vontade de adotar! Obrigada...
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • izilda

    22-04-2013 às 12:19:35

    Li os comentários nada contra so acho que ortografia esta muito errada pois doze se escreve sem U... prestem ateção a isto....erro de protugues imperdoavel.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLara

    27-06-2012 às 22:22:54

    Vamos ver se me ajuda. Se der resultados, volto a comunicar. Obrigada.

    ¬ Responder
  • carlos alves

    06-05-2012 às 03:48:22

    Ja vi na Polishop so que so tinha forma grande.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMolly

    12-04-2012 às 15:57:53

    Os alargadores podem ser encontrados em sites como o Mercado Livre, e são ótimo.

    ¬ Responder
  • TiagoTiago

    24-02-2012 às 12:03:35

    Onde posso comprar um alargador de sapatos no porto ou no norte?
    Agradeçia que mea ajudassem.
    Cumprimentos.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita 14-03-2012 às 12:35:33

    Dirija-se a um sapateiro ou a lojas como existem no Arrábida de reparações rápidas para calçado. Geralmente os sapateiros à antiga conseguem arranjar.

    ¬ Responder
  • Neiva CarneiroNeiva Carneiro

    03-11-2011 às 14:18:18

    Por, favor, aonde compro alargadores de sapato?
    Abraços,
    Neiva

    ¬ Responder
  • francescafrancesca

    14-04-2012 às 20:33:04

    Você pode comprar no mercado livre, eu mesma acabei de comprar um com o vendedor MARICELSO.

    ¬ Responder
  • lucia machadolucia machado

    26-06-2010 às 21:25:03

    Onde comprar alargador para sapatos?
    Aguardo sua resposta,
    Obrigada,
    Lucia

    ¬ Responder

Comentários - Como alargar sapatos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Imagem por: Chris Owens

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios