Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Como verificar o óleo

Como verificar o óleo

Categoria: Automóveis
Comentários: 1
Como verificar o óleo

O óleo é o "sangue" que dá vida ao motor do seu carro. O óleo é tão importante como outros fluidos: gás e água, mas é também o mais crítico, porque pode causar danos graves no seu carro em pouco tempo, se você for descuidado. A qualidade e a quantidade de óleo para o seu carro nunca são negociáveis. Use sempre a marca de óleo recomendado pelo fabricante do carro. Se por acaso a marca de óleo recomendada não estiver disponível, certifique-se de que compra óleo com viscosidade semelhante à do óleo recomendado pelo fabricante.

Para não ter surpresas desagradáveis, deve verificar o nível do óleo todas as semanas e realizar as mudanças de óleo regularmente (conforme as especificações).

Como mudar o óleo do carro.

Em primeiro lugar terá que começar por levantar o carro com a ajuda de um ascensor (“macaco”). Terá que levantar o suficiente de forma a ter espaço para se poder movimentar à vontade debaixo do veículo. Para sua segurança coloque cepos de ambos os lados do ascensor, assim caso o equipamento falhe ou ceda, o carro ficará apoiado nos cepos e você não terá problemas mesmo estando debaixo do carro nesse momento.

Arranje um recipiente velho para receber o óleo usado, e em seguida coloque-o debaixo da saída do depósito do óleo e desaperte a porca do depósito. Deixe o óleo escoar completamente. Isso demora algum tempo e entretanto você pode ir tomar um cafezinho ou fazer uma outra tarefa qualquer.

Quando todo o óleo já estiver escoado, coloque de novo a porca no depósito e aperte bem. Nesta altura você já pode arrumar os cepos e descer o ascensor.

Por último, apenas terá que colocar o óleo novo no lugar do óleo usado que acabou de tirar e fechar o depósito. Verifique também a vareta do óleo para confirmar que está tudo ok.

Atenção: não deite o óleo usado fora. Guarde esse óleo e quando tiver uma boa quantidade deixe-o num ponto de reciclagem. O ambiente agradece!


Carlos Vieira

Título: Como verificar o óleo

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 0

655 

Imagem por: HyperialGuard

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 05:54:28

    Muito importante verificar o óleo no carro e assim, podemos ficar mais tranquilos quanto à segurança.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Como verificar o óleo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: HyperialGuard

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios