Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Casacos para Senhora

Casacos para Senhora

Categoria: Vestuário
Visitas: 2
Comentários: 1
Casacos para Senhora

Provavelmente, são as mulheres que, presentemente, mais compram e estão mais ligadas ao acto de compra de um casaco ou dois por ano. Não que os homens também não tentem manter o seu guarda-roupa actualizado, todos os anos, mas sendo que as mulheres ligam mais às tendências da moda, é apenas natural que assim seja.

Apesar da constatação feita anteriormente, podemos verificar que o casaco ou qualquer de um dos seus subprodutos, está presente em ambos os guarda-roupas, masculino e feminino, sendo que, o que distingue ambos, é principalmente o corte, materiais e cores utilizadas na sua confecção. Há, no entanto, uma variante ao casaco, que não existe no guarda-roupa masculino, o vestido-casaco, que iremos referir posteriormente.



O casaco feminino



O casaco para mulher, como dito acima, varia muito pouco do casaco masculino. Geralmente é uma peça mais cintada e que para além da protecção contra os elementos, tem como papel muitas vezes, favorecer as linhas do corpo feminino. Tirando isto, o que o distingue de um casaco para homem é, para que sentido ele é fechado, isto quando estamos perante um casaco de ou com botões.

A gabardine feminina



A gabardine para mulher foi uma moda que surgiu nos finais da década de 20, inícios de 30. Associamos muitas vezes esta peça aos filmes noir de detectives e gangsters. Esta tinha como principal função a protecção contra as chuvas e ventos do inverno, sendo que estas começar a ser feitas quase desde cedo, com materiais que eram semi-impermeáveis, a gabardine está definida como um casaco de inverno.


O blazer para mulher



O blazer para mulher surgiu com a implementação do fato de negócios para mulher, a quando da emancipação feminina nos anos 20, passando a ser enunciado como uma peça complementar ao guarda-roupa feminino pelas grandes casas de moda, Channel e YSL (Yves Saint Laurent), sendo que foi a estilista Coco Channel, quem apresentou os primeiros fatos completos para mulher, o que veio a revolucionar a moda feminina.
O vestido-casaco
Relembrando as gabardines usadas pelas femme fatale, dos filmes noir, discutidos anteriormente, foi criado e desenvolvido nos últimos anos o conceito do vestido-casaco. Entende-se por esta peça de roupa, aquilo que o nome sugere.
Na sua essência, este lembra-nos uma gabardine curta de senhora, mas a sua função é a de um vestido. Constate-se que esta não é uma peça de roupa para todas as mulheres nem para ser utilizada a qualquer hora do dia. Normalmente, este é vestido em conjunto com uma meia collant escura e sapato alto, se bem que, as combinações não se ficam só por aqui. Uma peça diferente e interessante, mas raramente vista nas sociedades mais conservadoras.



O casaco de croché



Este que, a uns anos atrás era visto como uma peça utilizada por pessoas de mais idade, teve nos últimos anos, um come back, como uma peça de roupa mais desportiva e casual. Nada mais, nada menos, que um cardigan, feito com uma malha mais grossa e normalmente, usando um zipper como modo de fechar o mesmo, ao contrário do cardigan que utiliza uma fila de botões.
Em suma, podemos verificar que, no que diz respeito aos casacos femininos a escolha de cortes, materiais e cores, não é escassa. Portanto, confie na sua noção de moda, mantenha-se actualizada e verá que um bom casaco, é meio caminho andado para uma melhor apresentação, faça chuva ou sol.




Bruno Jorge

Título: Casacos para Senhora

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 2

766 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-06-2014 às 21:16:42

    Os casacos femininos dão um charme e simpatia ao look. Muito bom!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Casacos para Senhora

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios