Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Veja como fazer máscaras capilares naturais

Veja como fazer máscaras capilares naturais

Categoria: Beleza
Comentários: 2
Veja como fazer máscaras capilares naturais

Normalmente, o momento de escolher a melhor máscara capilar é uma tarefa difícil, pois além das inúmeras marcas, cada uma delas é destinada a um tratamento específico (reparação, queda, etc). Além disso, é importante conhecer a composição química de cada produto, para evitar prejudicar a saúde dos fios. Por isso, como alternativa, veja como fazer máscaras capilares naturais, feitas a base de frutas e legumes, e que podem deixar os cabelos mais belos e saudáveis.

Para combater o ressecamento – Um dos fatores que podem afetar os fios e deixa-los mais ressecados é o clima. Mais, além disso, o uso excessivo de secador também pode prejudicar o cabelo, deixando-o mais seco. Portanto, se você está sofrendo com esse problema, você irá precisar de: meio abacate maduro e 100 ml de iogurte natural.

Para fazer essa máscara caseira, basta misturar os ingrediente em um recipiente e depois, passar ela nos fios massageando suavemente. Deixe agir por uma hora e enxague com água em abundancia.

Para aumentar o brilho – Ter cabelos opacos e sem vida pode ser o pesadelo de muitas mulheres. E um dos fatores que pode deixar os fios sem brilho é a água quente. Então, para solucionar esse problema, anote os ingredientes que você irá precisar: dois talos de babosa (em cabelos compridos, até 4 talos).

Para fazer essa máscara capilar caseira, extraia todo o gel dos talos de babosa. Depois, espalhe o gel por toda a extensão dos fios com o auxilio de um pente. Aguarde uma hora e lave o cabelo com água em abundancia para retirar todo o excesso do gel da babosa.

Fios quebradiços – Muitas mulheres também já sofreram com os fios quebradiços. Esse problema pode ser provocado pelo uso excessivo de chapinha, devido ao ressecamento, ou, até mesma, pela forma como o cabelo é preso com elásticos ou presilhas. Então, para eliminar o problema da quebra você irá precisar de: duas colheres (sopa) de mel, uma colher (sopa) óleo de amêndoas, uma gema de ovo, três gotas de óleo essencial de alecrim e três gotas de óleo essencial de lavanda.

Para fazer essa máscara de hidratação, misture todos os ingredientes em um recipiente. E, antes de aplicá-la nos fios massageando suavemente, lave o cabelo com água morna. Depois de terminar a aplicação, coloque uma touca plástica na cabeça e deixe a mistura agir por 30 minutos. No momento de enxaguar, use um shampoo para retirar todos os vestígios da máscara capilar.


Rua Direita

Título: Veja como fazer máscaras capilares naturais

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

801 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    09-09-2014 às 05:58:26

    Adoro aprender estes truques para os cabelos, eu amei! A máscara capilar é excelente e muito eficaz! Vale muito a pena economizar e ainda obter ótimos resultados.

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    16-09-2012 às 20:20:48

    Ótimo texto, muito obrigado por suas dicas! Os cabelos crespos e cacheados requerem muito mais tratamento, pois a hidratação provida pela oleosidade natural não chega às pontas dos cabelos. Os cachos então ficam com frizz e sem brilho. As hidratações são essenciais para deixar o cabelo crespo bonito, e muitas vezes os produtos industrializados não fazem efeito. Por isso é interessante fazer essas hidratações com produtos caseiros.

    ¬ Responder

Comentários - Veja como fazer máscaras capilares naturais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios