Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Veja como fazer máscaras capilares naturais

Veja como fazer máscaras capilares naturais

Categoria: Beleza
Comentários: 2
Veja como fazer máscaras capilares naturais

Normalmente, o momento de escolher a melhor máscara capilar é uma tarefa difícil, pois além das inúmeras marcas, cada uma delas é destinada a um tratamento específico (reparação, queda, etc). Além disso, é importante conhecer a composição química de cada produto, para evitar prejudicar a saúde dos fios. Por isso, como alternativa, veja como fazer máscaras capilares naturais, feitas a base de frutas e legumes, e que podem deixar os cabelos mais belos e saudáveis.

Para combater o ressecamento – Um dos fatores que podem afetar os fios e deixa-los mais ressecados é o clima. Mais, além disso, o uso excessivo de secador também pode prejudicar o cabelo, deixando-o mais seco. Portanto, se você está sofrendo com esse problema, você irá precisar de: meio abacate maduro e 100 ml de iogurte natural.

Para fazer essa máscara caseira, basta misturar os ingrediente em um recipiente e depois, passar ela nos fios massageando suavemente. Deixe agir por uma hora e enxague com água em abundancia.

Para aumentar o brilho – Ter cabelos opacos e sem vida pode ser o pesadelo de muitas mulheres. E um dos fatores que pode deixar os fios sem brilho é a água quente. Então, para solucionar esse problema, anote os ingredientes que você irá precisar: dois talos de babosa (em cabelos compridos, até 4 talos).

Para fazer essa máscara capilar caseira, extraia todo o gel dos talos de babosa. Depois, espalhe o gel por toda a extensão dos fios com o auxilio de um pente. Aguarde uma hora e lave o cabelo com água em abundancia para retirar todo o excesso do gel da babosa.

Fios quebradiços – Muitas mulheres também já sofreram com os fios quebradiços. Esse problema pode ser provocado pelo uso excessivo de chapinha, devido ao ressecamento, ou, até mesma, pela forma como o cabelo é preso com elásticos ou presilhas. Então, para eliminar o problema da quebra você irá precisar de: duas colheres (sopa) de mel, uma colher (sopa) óleo de amêndoas, uma gema de ovo, três gotas de óleo essencial de alecrim e três gotas de óleo essencial de lavanda.

Para fazer essa máscara de hidratação, misture todos os ingredientes em um recipiente. E, antes de aplicá-la nos fios massageando suavemente, lave o cabelo com água morna. Depois de terminar a aplicação, coloque uma touca plástica na cabeça e deixe a mistura agir por 30 minutos. No momento de enxaguar, use um shampoo para retirar todos os vestígios da máscara capilar.


Rua Direita

Título: Veja como fazer máscaras capilares naturais

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

801 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    09-09-2014 às 05:58:26

    Adoro aprender estes truques para os cabelos, eu amei! A máscara capilar é excelente e muito eficaz! Vale muito a pena economizar e ainda obter ótimos resultados.

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    16-09-2012 às 20:20:48

    Ótimo texto, muito obrigado por suas dicas! Os cabelos crespos e cacheados requerem muito mais tratamento, pois a hidratação provida pela oleosidade natural não chega às pontas dos cabelos. Os cachos então ficam com frizz e sem brilho. As hidratações são essenciais para deixar o cabelo crespo bonito, e muitas vezes os produtos industrializados não fazem efeito. Por isso é interessante fazer essas hidratações com produtos caseiros.

    ¬ Responder

Comentários - Veja como fazer máscaras capilares naturais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios