Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Algumas Dicas sobre Perfumes

Algumas Dicas sobre Perfumes

Categoria: Beleza
Visitas: 2
Comentários: 4
Algumas Dicas sobre Perfumes

Na hora de comprar um perfume, e quando digo perfume estou a englobar as diversas “classes” existentes no mercado (Parfum, Eau de Parfum, Eau de Toilette, Eau de Cologne (Água de Colónia)), muitas pessoas ignoram este tipo de diferenciação e não estão conscientes da grande diferença entre os diversos tipos e classes. Obviamente, e devido a esse desconhecimento podem ser facilmente enganadas e aquilo que de início parecia um bom negócio, no final pode não ser bem assim.

Uma das diferenciações mais usuais é a classificação com base na concentração de essência, ou seja, de acordo com a quantidade de óleos essenciais (essência) que estão diluídos num determinado solvente (normalmente etanol e água).

Com base neste princípio podemos diferenciar os produtos de perfumaria em 4 classes principais:

- Parfum (extracto de perfume): é a forma mais concentrada, contendo entre 20 a 35% de essência. Mais de 12 horas de fixação.

- Eau de Parfum: a concentração de essência varia entre os 12 e os 18%. Entre 6 a 8 horas de fixação.

- Eau de Toilette: contém 8 a 10% de compostos aromáticos (essência). Entre 4 a 6 horas de fixação.

- Eau de Cologne (água de Colónia): baixa concentração de essência, de 3 a 5%. Fixação reduzida, efémera.

O constituinte mais caro de um perfume é a essência (óleos essenciais, compostos aromáticos). Logo, facilmente se percebe que quanto maior for a concentração de essência mais caro terá que ser o produto. No entanto, no ramo da perfumaria existem muitos outros factores que afectam o preço final, como é o caso da marca, da embalagem, o local onde é vendido, etc.

Mas, pegando em 2 produtos da mesma marca, por exemplo uma Eau de Toilette e uma Eau de Parfum “Y” da marca “XPTO”, não faz qualquer sentido que a Eau de Toilette seja vendida ao mesmo preço ou a preço superior ao da Eau de Parfum.

No momento da compra por vezes as pessoas estão tão entusiasmadas a experimentar os “valiosos” perfumes de marca que nem reparam naquilo que estão a comprar. O que interessa é que seja aquele frasco e aquela marca que tanto gostam… e depois sujeitam-se a levar “gato por lebre”.



Carlos Vieira

Título: Algumas Dicas sobre Perfumes

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 2

771 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Dani

    14-04-2017 às 14:51:23

    Parfum é a melhor escolha entre os a href="http://sitedamulher.com/2014/03/27/perfumes-o-guia-completo/"perfumes/a, mas é difícil de encontrar... a maioria é Eau de Parfum...

    Abraços,
    Dani

    ¬ Responder
  • Carlos Araújo

    18-10-2012 às 13:49:58

    Parabéns pela informação, é de grande valia!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    11-09-2012 às 20:34:47

    adorei o seu texto. tem tudo a ver com o tipo de artigo que eu gosto de ler. com muita informação. o perfume é mesmo o meu preferido, pois aguenta-se muito tempo. bem, eu não sinto o cheiro, mas o meu companheiro diz que sente o cheiro na roupa durante que tempos. o meu perfume de destaque é da Dkiny. tem tudo a ver comigo: fresco e forte. recomendo a toda a gente.

    ¬ Responder
  • Luiz de França FilhoLuiz de França Filho

    11-08-2009 às 15:35:11

    Onde encontrar os concentrados aromáticos (óleos essenciais)? Gostaria de manipulá-los artesanalmente. Puramente por robby,

    Atenciosamente,

    ¬ Responder

Comentários - Algumas Dicas sobre Perfumes

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios