Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Brinquedos > Solte a criança que há em si!

Solte a criança que há em si!

Categoria: Brinquedos
Comentários: 2
Solte a criança que há em si!

Brincar faz parte de uma importante etapa do crescimento e do desenvolvimento de todos nós.
Embora a infância seja o tempo por excelência em que essa função melhor actua, muitos adultos, que não tiveram grandes hipóteses de o fazer em miúdos, aproveitam para depurar e aprender muitas coisas agora, neste que também é o seu tempo, através das brincadeiras com os mais novos. Acaba por se instituir uma sinergia muito útil e bonita de se ver, porque, às tantas, não se consegue perceber quem é a criança! Este salutar divertimento constitui uma “pedra” fundamental na construção da personalidade dos petizes e da auto-estima de pais, avós e tios.

Há pessoas que têm receio de se soltar com as crianças, por serem portadoras de complexos vários.

Contudo, ao ir baixando a guarda vão-se dando conta das maravilhas do riso espontâneo, da verdadeira distracção, da beleza da inocência.

A brincar, a brincar, cultivam o seu auto-conhecimento e descobrem gostos, talentos e preferências que nem suspeitavam possuir, porque raramente terão entrado em contacto com a sua verdadeira essência. É isso que os garotos provocam: o irresistível impulso para a candura, a pureza, a genuinidade e a singeleza. Quando se está com eles, tudo parece mais fácil e menos pesado. O ritmo daquela energia e de tamanha alegria atenua até dolorosas enfermidades!

Os brinquedos e as “tramas” que os pequenos inventam parecem apenas diversão e entretenimento. Todavia, é por meio destas preciosas ferramentas que eles captam a realidade e assimilam conceitos, valores e directivas. Quem estiver atento, repara, por exemplo, que aos bonecos são ministrados os mesmos ensinamentos que eles ouvem, e infligidos castigos semelhantes aos seus. E eles também não costumam brincar quando batem; se as “vítimas” fossem de carne e osso bem que ficavam com o traseiro vermelho…

Porém, no universo dos brinquedos encontram-se alguns absolutamente desaconselhados por técnicos de segurança neste domínio e mesmo por psicólogos. Com base em razões específicas de cada campo de especialização, os fundamentos são perfeitamente razoáveis e compreensíveis. Ninguém quer que o seu filho, neto, sobrinho ou amiguinho se magoe com as afiadas arestas de um brinquedo que, por falta de consistência, se parte; ou que engula uma peça, aparentemente pequena, mas com dimensões suficientes para bloquear a entrada do oxigénio; ou que se ponha a apontar a sua nova pistola à professora, porque a odeia, afirmando que a mata.

Hoje em dia compra-se tudo feito; porém, não se devia deixar perder o contexto da manufactura no sector dos brinquedos. Têm, talvez, outras funcionalidades e não produzirão tanto ruído, mas nada lhes retira a graça e o encanto. Porque não visitar, um dia destes, algum museu do brinquedo? Afinal, digam o que disserem, o principal é assumir que se gosta de brincar!



Maria Bijóias

Título: Solte a criança que há em si!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

615 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    25-04-2014 às 18:29:06

    Deve-se brincar sempre, mesmo depois de adultos. Soltar a criança que está em nós é tuuudo de bommmm!!!

    ¬ Responder
  • umdolitoys

    23-01-2013 às 05:50:14

    Verdade verdadeira! é preciso brincar e muito!


    :))

    ¬ Responder

Comentários - Solte a criança que há em si!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios