Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Como Conjugar um Casaco de Ganga

Como Conjugar um Casaco de Ganga

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Visitas: 22
Comentários: 2
Como Conjugar um Casaco de Ganga

O casaco de ganga é aquilo a que se chama uma peça intemporal. Não concordo completamente com estas afirmações que defendem a existência de peças intemporais, ou melhor, concordo, mas não com a formulação geral da afirmação. E isto porque se é verdade que os vestidos pretos são intemporais, tal como o são as gabardines e os casacos do tipo canadiana, não é tão verdade que, por exemplo, o mesmo pequeno vestido preto usado digamos, nos anos 80, seja usado agora. A menos que se torne “vintage”, mas essa é outra formulação. Com os casacos de ganga a situação é idêntica: mesmo quando inspirados nos anos 80, estas peças sofrem sempre uma adaptação, uma reviravolta estilística, por parte dos criadores de tendências. A título de exemplo, um casaco de ganga comprado nos anos 90 dificilmente está agora na moda. Diria, assim, não que o casaco de ganga é uma peça intemporal, mas que os casacos de ganga, com as suas diferenças e diferentes inspirações, são peças intemporais.

Agora que esclareci esta minha opinião em relação ao estatuto do casaco de ganga, explicarei como deve ser conjugado, tarefa nem sempre bem-sucedida, que pode muito facilmente deslizar para o erro de moda – não que todos devamos ser escravos da moda, muito pelo contrário, mas a elegância é essencial em todos os momentos.

Em primeiro lugar, devemos ter dois casacos de ganga, um de verão e outro para o outono, que servirá também para os dias solarengos de fim de inverno. O casaco de ganga utilizado no inverno deverá ser azul-escuro ou preto, enquanto no verão é aconselhável que seja de uma ganga clara. No verão, o casaco pode ser substituído por um colete de ganga, muito fácil de conjugar com camisolas de manga curta ou mesmo de manga comprida, desde que justas.

O principal erro a evitar quando se veste um casaco de ganga é exagerar na informalidade e descontração da restante indumentária, principalmente fazer acompanhar o casaco por outra peça de ganga. De facto, isso deve ser evitado a todo o custo: num visual elegante, não há lugar para duas peças de ganga. As regras não são muitas, mas são cruciais e, seguidas cuidadosamente, serão o segredo para a elegância, essa sim, intemporal.

Sofia Nunes

Título: Como Conjugar um Casaco de Ganga

Autor: Sofia Nunes (todos os textos)

Visitas: 22

784 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 02:40:35

    O casaco de ganga são bem importantes no guarda-roupa. É aquele tipo de roupa que sempre devemos ter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    09-09-2012 às 12:50:11

    Considero que um casaco de ganga é tão obrigatório num guarda-roupa como umas calças ou um vestido preto. No entanto há que ter alguns cuidados. Por exemplo, quando se usam umas calças de ganga, até que ponto o casaco não vai fazer abusar da ganga? Não será muita ganga junta? E se a ganga não for da mesma cor, será que conjuga bem?

    ¬ Responder

Comentários - Como Conjugar um Casaco de Ganga

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios