Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Brinquedos > Barbie: 50 anos a criar sonhos...

Barbie: 50 anos a criar sonhos...

Categoria: Brinquedos
Visitas: 10
Comentários: 11
Barbie: 50 anos a criar sonhos...

Não há quem não conheça a mais famosa das bonecas, que encanta a pequenada. Todos brincámos com ela ou pelo menos conhecemos alguém que tenha brincado. Eu recordo-me que na minha infância também tive umas quantas, só que o meu irmão, que sabia o quanto ela representava para mim, usava-a como forma de me arreliar, escondendo-a, tirando-lhe a roupa, cortando-lhe o cabelo… Acabávamos sempre a discutir, é que ele não percebia o quanto aquela simples bonequinha, representava para mim. Nela eu idealizava o meu futuro, mal sonhava eu que a vida nem sempre é assim tão fácil…

Barbie nasceu em 1959, pela mão de Ruth Handlers, mulher do fundador da empresa norte-americana Mattel.
Esta observava muito as brincadeiras de Bárbara, a filha mais nova do casal, e reparava que Barbie (nome pelo qual era carinhosamente tratada) adorava despir e vestir as suas bonequinhas. Isto, deu a Ruth a ideia de criar uma boneca-mulher, que fizesse as crianças sonhar com o futuro. Pensou numa boneca de plástico, com idade entre os 16 e 20 anos e que permitisse às crianças despi-la, vesti-la, penteá-la… enfim, transformá-la ao gosto de cada qual.
Baptizou-a com o diminutivo da filha e mais tarde criou o Ken, namorado da Barbie e a Skipper, sua irmã. Sendo os nomes inspirados nos outros dois filhos do casal.

Assim, a 9 de Março do mesmo ano, Barbie foi lançada oficialmente na Feira Anual de Brinquedos de Nova Iorque, revelando-se de imediato um sucesso.

Barbie apresentava-se como uma jovem modelo, vestida com as últimas tendências da moda, de pernas longas e cintura fina, cabelo comprido loiro. Sempre a par da evolução, Barbie espelha uma boneca versátil e sofisticada, tendo já encarnado mais de 100 profissões diferentes, conduz um carro desportivo, tem vários amigos e foi vestida por mais de 70 ilustres criadores de moda.

É certamente um mundo encantado, feito à medida dos sonhos e brincadeiras de todas as meninas e, apesar de alguns psicólogos alertaram para o facto desta perfeição gerar um mundo de ilusão nas crianças,
Barbie não pára de vender.
Imagine-se que por ano vendem-se cerca de 120 milhões de exemplares em todo o mundo, o que dá uma média de duas Barbies por segundo.

Tudo é pensado com rigor e até ao produto final estar pronto, existe um extenso processo, necessitando de cerca de 100 pessoas, desde estilistas, costureiras, maquilhadoras e cabeleireiras. Nada é deixado ao acaso, por isso mesmo, é que a Barbie é a boneca mais conhecida mundialmente e assim o deverá continuar a ser por muitos anos…



Catarina Guedes Duarte

Título: Barbie: 50 anos a criar sonhos...

Autor: Catarina Guedes Duarte (todos os textos)

Visitas: 10

717 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 11 )    recentes

  • SophiaSophia

    25-04-2014 às 17:58:49

    Lembra minha infância o seu texto sobre a Barbie. Ela sempre ficará na lembrança de qualquer adulto e acredito que sempre existirá, independente, das gerações.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    15-09-2012 às 13:59:56

    À semelhança da autora e maior parte das meninas, também eu tive algumas barbies durante a minha infância. Brincava com elas, trocava-lhes os fatos e penteava-as, mas nunca tive uma ligação especial com a boneca. O que me chateia nas Barbies é aquilo que me chateia em todos os brinquedos para crianças: a sua clara divisão de acordo com os géneros. Porque não hão-de os meninos brincar também com Barbies e as meninas com carrinhos?

    ¬ Responder
  • klennyaklennya

    05-05-2012 às 01:14:16

    eu amo a barbie d ela e linda e queria ser ela!!!

    ¬ Responder
  • RE

    30-08-2011 às 14:34:21

    eu gostaria muito de ganhar brinquedos da barbie.pois n tenho condisao

    ¬ Responder
  • BarbieBarbie

    21-08-2011 às 01:57:11

    Eu sou a Barbie Oficial. Dona do Oficce Club Barbies e dona da Mattel tambem!!! Eu tenho 70 anos!! por incrivel que pareça!!! quando tinha meus 10 aninhos odiava bonecas bebes!! e queria uma boneca pequena e moça!!! porem nao existia!!! quando tinha 18 anos criei minha primeira boneca e lhe dei o nome de Barbie( Um nome inventado por mim) e 2 anos depois quando tinha 20 anos, criei uma loja só com Barbies e com forme o sucesso construi varias lojas em varios lugares, logo depois de 5 anos criei a Mattel que não fabrica só Barbies como muitos outros brinquedos, mas no começo era só barbie!!! quem acompanhou sempre a Barbie deve lembrar. E dai criei um Club o Oficce Club Barbies um grande sucesso e com até competições Miss Barbies. Fica um Club em cada pais!!! No Brasil o Club é bem famoso preucurem saber!!! Bejos da Miss Barbie dos sonhos 70intinha(setentinha) kkk muito obrigado.

    ¬ Responder
  • leticialeticia

    04-11-2009 às 21:36:45

    oi tia eu precido de brinquedos da barbie eu amo a barbie e preciso brincar

    ¬ Responder
  • desconhecido/desconhecidadesconhecido/desconhecida

    14-09-2009 às 16:15:24

    poxa a barbie é velha!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoBarbie

    19-03-2009 às 00:33:12

    Eu sou a barbie e quero agradecer falarem tanto de mim. Obrigado amiginhos de longa data.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoKika

    15-03-2009 às 21:04:13

    Sou gay assumido há 3 anos. Claro que os meus pais tiveram um choque enorme. Penso que hoje já aceitam esta realidade. Lembro-me de nesse dia a minha mãe dizer:

    - Meu querido filho, agora compreendo porque é que estavas sempre a brincar com a Barbie da tu irmã.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoPaulo A.

    15-03-2009 às 20:55:34

    Finalmente alguem escreve sobre a mulher mais sexy, pequena e famosa do mundo.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoteresa

    15-03-2009 às 13:35:00

    Barbie já têm 50 anos ?

    Mas isso faz de mim uma pessoa mais velha...

    Sempre acompanhei a barbie e ainda hoje (não digo a idade) por vezes dou comigo a brincar com Ela. Gostei da tua ilustração e informação especifica da minha grande companheira de Vida.

    Obrigado e Viva a vida, Viva a Barbie

    ¬ Responder

Comentários - Barbie: 50 anos a criar sonhos...

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento\"Rua
A pneumonia é uma infecção bacteriana ou viral dos pulmões. Os sintomas podem incluir febre, calafrios, falta de ar, tosse que produz fleuma e dor no peito. Geralmente, a pneumonia pode ser tratada com sucesso em casa com antibióticos, mas alguns casos podem exigir hospitalização e podem resultar em morte. Vacinas estão disponíveis contra alguns dos agentes infecciosos mais comuns que causam pneumonia.

Causas de pneumonia
A pneumonia é uma infecção das bolsas de ar nos pulmões, sendo causada por bactérias, vírus ou, raramente, fungos. A maioria dos casos de pneumonia são causados por bactérias, mais comumente Streptococcus (doença pneumocócica), mas a pneumonia viral é mais comum em crianças.
 
Qualquer pessoa pode desenvolver pneumonia, mas alguns grupos estão em maior risco. Estes incluem:
- Bebês e crianças pequenas, particularmente aqueles nascidos prematuramente
- Pessoas que tiveram uma infecção viral recente, como um resfriado ou gripe
- Fumantes
- Pessoas com condições pulmonares crônicas, como asma, bronquite ou bronquiectasias
- Pessoas com sistema imunológico enfraquecido
- Pessoas que bebem álcool em excesso
- Pacientes hospitalizados
- Pessoas que tiveram problemas de deglutição ou tosse após um acidente vascular cerebral ou outra lesão cerebral
- Pessoas com 65 anos ou mais.
A pneumonia pode desenvolver-se quando uma pessoa respira as pequenas gotículas que contêm pneumonia, mas também pode ocorrer quando bactérias ou vírus que estão normalmente presentes na boca, nariz e garganta, entram nos pulmões.

sinais e sintomas de pneumonia
A pneumonia viral tende a desenvolver-se lentamente ao longo de vários dias, enquanto que, geralmente, a pneumonia bacteriana desenvolve-se rapidamente, muitas vezes ao longo de um dia.
A maioria das pessoas que desenvolvem pneumonia, inicialmente, têm uma infecção viral, como um resfriado ou gripe, que produz sintomas como dor de cabeça, dores musculares e febre. Se uma pneumonia se desenvolver, geralmente, os sintomas incluem:
- Febre alta
- Calafrios
- Falta de ar
Aumento da frequência respiratória
- Uma tosse que piora e que pode produzir escarro descolorido ou sangrento (fleuma)
- Dores no peito causadas pela inflamação da membrana que reveste os pulmões.

Em bebês e crianças, os sintomas podem ser menos específicos e podem não mostrar sinais claros de uma infecção no peito. Comumente eles terão uma febre alta, podendo parecer muito indispostos e tornarem-se letárgicos, mas eles também podem produzir uma respiração barulhenta e apresentar dificuldade para se alimentarem.
 
Também é possível que a pele, lábios e unhas se possam tornar-se azulados. Este é um sinal de que os pulmões são incapazes de fornecer oxigênio suficiente para o corpo. Se isso ocorrer, é vital procurar assistência médica imediatamente.

Diagnóstico para pneumonia
Se houver suspeita de pneumonia, é importante procurar atendimento médico com prontidão para que um diagnóstico preciso e um tratamento adequado possam ser implementados.

O médico poderá obter um histórico médico e realizar um exame físico. Durante o exame, o médico ouvirá o tórax com um estetoscópio. Respiração grosseira, sons crepitantes, sibilos e sons respiratórios reduzidos numa determinada parte dos pulmões podem indicar pneumonia.
Geralmente, para confirmar o diagnóstico, realiza-se uma radiografia de tórax. O raio-X mostrará a área do pulmão afetada pela pneumonia. Também podem ser efectuadas análises ao sangue e uma amostra do escarro pode ser enviada para um laboratório para realização de testes.

Tratamento de pneumonia
A maioria dos casos de pneumonia podem ser tratados em casa. Entretanto, bebês, crianças e pessoas com pneumonia grave podem precisar de ser internados num hospital para tratamento.
Geralmente, a pneumonia é tratada com antibióticos, mesmo que exista suspeita de pneumonia viral, já que também pode haver um grau de infecção bacteriana. O tipo de antibiótico utilizado e a forma como será administrado serão determinados pela gravidade e causa da pneumonia.
Se a pneumonia puder ser tratada em casa, geralmente, o tratamento inclui:
- Antibióticos, administrados por via oral sob a forma de comprimidos ou líquidos
- Medicamentos para alívio da dor
- Paracetamol para reduzir a febre
- Descansar

Se for necessário tratamento hospitalar, gerlamente, o tratamento inclui:
- Antibióticos administrados por via intravenosa
- Terapia de oxigênio, para garantir que o corpo receba o oxigênio de que precisa
- Fluidos intravenosos, para corrigir a desidratação ou se a pessoa estiver muito indisposta para comer ou beber
- Fisioterapia, para ajudar a limpar o escarro dos pulmões.

Pesquisar mais textos:

José Antunes

Título:Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Autor:José Antunes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios