Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Electrodomésticos > Certificação Energética

Certificação Energética

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Electrodomésticos
Comentários: 2
Certificação Energética

De há uns anos para cá, fomos habituados a verificar a classificação energética de um eletrodoméstico. Para quem não sabe do que se trata, a explicação é bastante simples. Numa loja de eletrodomésticos, já reparou num pequeno desenho que parecem umas setas em escadinha com várias cores? E em frente às ditas setas, existem letras que vão do A ao G, certo? Essa indicação classifica energeticamente o equipamento, ou seja a energia que o eletrodoméstico gasta no seu funcionamento.

Por exemplo, se um frigorifico apresentar uma classificação A, significa que gasta pouca energia, logo é amigo do ambiente, no entanto se a classificação for G, é sinónimo de um custo elevado de energia para o seu normal funcionamento.

Muitas vezes associamos o aparelho com classificação A a um valor de compra elevado, mas a curto espaço de tempo, verificamos que o seu baixo consumo, nos faz poupar na conta da eletricidade.

Novidade para alguns é que desde o inicio do ano de 2009 as casas usadas tem a obrigatoriedade de classificação energética, ou melhor Certificação Energética.

Desde o ano de 2006, toda as construções só as novas eram obrigadas a ter Certificação, fazendo esta parte da documentação da casa, mas para as casas usadas, esta obrigação só existe para casas sujeitas a transação.

O que quer isto dizer afinal? Vamos por partes.

Um imóvel tem um custo energético, tanto para quem nela habita (conta da eletricidade) como para o meio ambiente. Se o pavimento de uma casa for em tijoleira, por exemplo, no inverno existe a necessidade de mais aquecimento, enquanto, que num chão de madeira não. Se um imóvel necessita de ser muito aquecido no inverno ou exige ventilação artificial no verão, é uma casa que obviamente consome bastante energia.

Com base nos acordos efetuados entre vários países do mundo todos, enquanto sociedade somos obrigados a melhorar o meio ambiente, e isso começa exatamente pela nossa própria casa.

E o que é então uma transação? Transação é a venda de uma casa ou o seu arrendamento.

E quem deverá avaliar a eficiência energética da casa e emitir o Certificado Energético?
Só poderá avaliar o imóvel um perito qualificado pela entidade reguladora. ADENE – Agência para a Energia

Depois da casa ser vistoriada pelo perito qualificado, é enviado um relatório para a ADENE, que, pelos dados e características do imóvel indicados, classifica o imóvel. Só a entidade reguladora pode emitir o Certificado Energético e dar-lhe a devida classificação.
Os valores dependem da tipologia da casa e a fatura é dedutível nos impostos.

Não se esqueça que uma boa classificação energética valoriza o ambiente e o seu imóvel!


Carla Horta

Título: Certificação Energética

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

671 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 05:33:16

    Muito bom saber disso. Como é bom poder verificar todos esses detalhes referente a certificação energética, faz-nos economizar.

    ¬ Responder
  • Branca Maria SampaioANTONIO MOREIRA

    19-10-2009 às 17:03:11

    boa tarde! s.f,f, informa me o que significa as letras que vem nos aparelhos domésticos, a,b,c,por exemplo.
    o que é eficiência energética? estou fazendo um trabalho de escola, tenho este tema para responder.desde já agradeço se puder me ajudar, boa tarde!

    ¬ Responder

Comentários - Certificação Energética

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios