Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Electrodomésticos > Certificação Energética

Certificação Energética

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Electrodomésticos
Comentários: 2
Certificação Energética

De há uns anos para cá, fomos habituados a verificar a classificação energética de um eletrodoméstico. Para quem não sabe do que se trata, a explicação é bastante simples. Numa loja de eletrodomésticos, já reparou num pequeno desenho que parecem umas setas em escadinha com várias cores? E em frente às ditas setas, existem letras que vão do A ao G, certo? Essa indicação classifica energeticamente o equipamento, ou seja a energia que o eletrodoméstico gasta no seu funcionamento.

Por exemplo, se um frigorifico apresentar uma classificação A, significa que gasta pouca energia, logo é amigo do ambiente, no entanto se a classificação for G, é sinónimo de um custo elevado de energia para o seu normal funcionamento.

Muitas vezes associamos o aparelho com classificação A a um valor de compra elevado, mas a curto espaço de tempo, verificamos que o seu baixo consumo, nos faz poupar na conta da eletricidade.

Novidade para alguns é que desde o inicio do ano de 2009 as casas usadas tem a obrigatoriedade de classificação energética, ou melhor Certificação Energética.

Desde o ano de 2006, toda as construções só as novas eram obrigadas a ter Certificação, fazendo esta parte da documentação da casa, mas para as casas usadas, esta obrigação só existe para casas sujeitas a transação.

O que quer isto dizer afinal? Vamos por partes.

Um imóvel tem um custo energético, tanto para quem nela habita (conta da eletricidade) como para o meio ambiente. Se o pavimento de uma casa for em tijoleira, por exemplo, no inverno existe a necessidade de mais aquecimento, enquanto, que num chão de madeira não. Se um imóvel necessita de ser muito aquecido no inverno ou exige ventilação artificial no verão, é uma casa que obviamente consome bastante energia.

Com base nos acordos efetuados entre vários países do mundo todos, enquanto sociedade somos obrigados a melhorar o meio ambiente, e isso começa exatamente pela nossa própria casa.

E o que é então uma transação? Transação é a venda de uma casa ou o seu arrendamento.

E quem deverá avaliar a eficiência energética da casa e emitir o Certificado Energético?
Só poderá avaliar o imóvel um perito qualificado pela entidade reguladora. ADENE – Agência para a Energia

Depois da casa ser vistoriada pelo perito qualificado, é enviado um relatório para a ADENE, que, pelos dados e características do imóvel indicados, classifica o imóvel. Só a entidade reguladora pode emitir o Certificado Energético e dar-lhe a devida classificação.
Os valores dependem da tipologia da casa e a fatura é dedutível nos impostos.

Não se esqueça que uma boa classificação energética valoriza o ambiente e o seu imóvel!


Carla Horta

Título: Certificação Energética

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

671 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 05:33:16

    Muito bom saber disso. Como é bom poder verificar todos esses detalhes referente a certificação energética, faz-nos economizar.

    ¬ Responder
  • Branca Maria SampaioANTONIO MOREIRA

    19-10-2009 às 17:03:11

    boa tarde! s.f,f, informa me o que significa as letras que vem nos aparelhos domésticos, a,b,c,por exemplo.
    o que é eficiência energética? estou fazendo um trabalho de escola, tenho este tema para responder.desde já agradeço se puder me ajudar, boa tarde!

    ¬ Responder

Comentários - Certificação Energética

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios