Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A Astrologia Chinesa

A Astrologia Chinesa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
A Astrologia Chinesa

A Astrologia chinesa é uma arte muito antiga , com registos de há mais de cinco mil anos. Hoje ela é praticada por muita gente e adquiriu grande relevância no dia a dia das pessoas em todo o mundo.
Desde sempre que os chineses foram célebres, pelas suas descobertas e artes para tudo. Acreditavam que a sua existência estava relacionada com os céus, dando muita importância ao oculto.
É por isso que a sua are ainda perdura e é mundialmente conhecida.
A terra era para eles considerada o Reino do Meio, onde as estrelas nunca desapareciam. E, o imperador era considerado um mediador entre o céu e a terra.
Os chineses conheciam bem os planetas, as estações do ano, e suas mudanças.
Atribuíam os nomes dos cinco elementos , metal, água, madeira, fogo e terra, aos planetas. Assim, a Vénus associavam o ouro, a Júpiter a madeira, a Mercúrio a àgua, a Marte o fogo e a saturno à terra.
A influência da astrologia chinesa era tão marcante, que inclusive os palácios se adequavam à simbologia astrológica.
Cada ano lunar é regido por um signo, que é representado por um animal. A eles são atribuídos os traços de carácter e personalidade.
Os chineses dividem o Yin e o Yang em cinco elentos, no topo do ciclo dos animais e, são estes que afetam as características de cada um dos doze sígnos, sendo os seus elementos determinados de acordo com o signo lunar, o ano, o mês e a hora do nascimento.
Deste modo, cada um dos doze animais é governado por um dos cinco elementos. Estes apresentam aspetos negativos e positivos, bem como mais energia Yin ou Yang.
Todos os signos apresentam atibutos especiais e diferentes uns dos outros.
Para um melhor conhecimento dos signos, eles elaboraram uma tabela que é conhecida através da data de nascimento e do ano, que vai corresponder a um animal. Esse crresponde a um signo distinto.
A sua celebridade deve-se ao facto de garantirem a ordem do universo, graças ao trabalho constante dos animais. Por isso eles ainda continuam a ser procurados para a compreensão e análise da vida das pessoas. Não só de astrólogos mas também de curadores.

Teresa Maria Batista Gil

Título: A Astrologia Chinesa

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

634 

Comentários - A Astrologia Chinesa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios