Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Electrodomésticos > A televisão me deixo burro? Breve história da TV

A televisão me deixo burro? Breve história da TV

Categoria: Electrodomésticos
Visitas: 2
A televisão me deixo burro? Breve história da TV

Olá!
Hoje vamos conhecer um pouco sobre a televisão.
Este aparelho tão amado e que hoje em dia é muito difícil quem não possua pelo menos uma em casa. Mesmo depois da internet continua sendo o principal meio de difusão de programas e ideias, bem como um veículo muito apreciado de comunicação.

Origem.

Existe divergência quanto à origem da TV. Pelo que se sabe a primeira ideia de uma imagem transmitida por um sistema mecânico, veio de Gottlieb Nipkow em 1884, mas foram realizados experimentos simultaneamente em vários locais do mundo nos anos que seguiram.
Então em 1926, o engenheiro John Baird apresentou o primeiro modelo de televisão para uma comunidade científica. Ainda na década de 1920, outros experimentos estavam sendo realizados nos EUA, Suécia e na antiga União Soviética.
No Brasil a primeira emissora de TV teve sua inauguração em 1950, pelo que dizem foi à quarta TV do Mundo, era a TV Tupi e junto com ela chegavam também os primeiros 200 receptores comprados pelos donos da TV para que a primeira transmissão fosse concluída em grande estilo.

A Televisão no século passado.

No início o aparelho de televisão custava quase tão caro quanto um carro, devido a isso os que a assistiam eram poucos, por isso a televisão deve dificuldades para conseguir anunciantes com a audiência tão baixa. Apenas no final da Segunda Guerra mundial é que um houve um aumento significativo de mais ou menos 2 mil aparelhos no mundo todo para mais de 300 mil só nos EUA.
Em 1940, o modelo eletromecânico foi substituído pelo modelo eletrônico que usava um canhão de elétrons para redesenhar a imagem no receptor.

Cores.

Os primeiros aparelhos a cores foram lançados em 1951, pela empresa americana CBS, mas era muito inferior aos modelos eletrônico preto-e-branco que havia. Então somente em 1954, foi lançado um modelo eletrônico e colorido que dominaria o mercado e mudaria não só a história da TV, como também da comunicação, da propaganda e da humanidade.
Em 1959 os japoneses desenvolvem a tecnologia dos transistores que irão substituir as válvulas, isso fará com que os aparelhos possam ser produzidos em escala ainda maior, mais baratos e com melhor resolução.
Durante a Guerra do Vietnã, as pessoas já podiam ver as imagens da guerra na tranquilidade dos seus lares. E quando os primeiros astronautas pisaram na lua, em 1969, tudo foi transmitido para o público ver pela TV.

A TV no milênio.

No início do novo milênio a tecnologia da televisão se torna digital, e as transmissões tendem a melhorar cada vez mais para eliminar de vez os chiados e chuviscos, das versões analógicas. O formato da nova TV também mudou muito estando cada vez mais alongada em formato de cinema. Como meio de compor as imagens, ela passou pelo Tubo imagem grande para o Cristal Liquido (LCD) que permite que a TV seja mais fina.

A TV hoje.

Hoje em dia com o Plasma e o LED as televisões estão ainda mais finas e sua imagem cada vez mais bem defina. E isso por que só estamos tratando neste artigo do aparelho em si deixando de lado a programação que está cada vez mais profissional e mais bem caprichada para um público cada vez mais exigente.

A TV do amanhã.

Na TV com o tubo de imagem grande a imagem era transmitida analogicamente e o tubo consumia muita energia e caso queimasse a TV toda já era. A TV de LCD foi aprimorada por seus criadores e virou a TV de LED que é a maior líder de vendas nos dias de hoje. O futuro está na chamada TV OLED. Essa tecnologia utiliza um material orgânico flexível que dependendo da corrente elétrica pode exibir qualquer cor primaria para formar as imagens. Por enquanto é muito cara, mas com seu aprimoramento provavelmente substituirá as TV de LED e de Plasma.


Jhon Erik Voese

Título: A televisão me deixo burro? Breve história da TV

Autor: Jhon Erik Voese (todos os textos)

Visitas: 2

3 

Comentários - A televisão me deixo burro? Breve história da TV

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios