Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Avaliar o barco alheio

Avaliar o barco alheio

Categoria: Empresariais
Visitas: 184
Comentários: 1
Avaliar o barco alheio

Rumar com segurança

A internet como meio de expressão máxima da globalização dos mercados facilita em grande medida a expressão do movimento de mercadorias extra e intra delimitações jurídicas.

Com a noção actual de que estamos todos no mesmo barco, não importa a zona geográfica em que nos encontramos, são essas delimitações que traçam os contornos dos países, determinando dessa forma o que é considerado export ou importação, ou seja, o que sai ou entra nessa comunidade cultural, juridicamente reconhecida e com regras próprias na engrenagem económica que a sustenta.

A circulação de bens, serviços, recursos humanos ou ideias, em esferas económicas de diferentes países, promove o enriquecimento mútuo desde que, à semelhança de qualquer troca ou transacção, os valores de cada parte sejam respeitados.

Dessa forma, há que conhecer o espaço alheio, tão bem ou melhor do que o nosso, de forma a não causar choques culturais ou incompatibiliades económicas.

Depois de reunir o máximo de informação, avalia-se o risco/benefício e respectivas estratégias de concretização do negócio em vista, de modo a prever que rumo dar ao leme.

Convém averiguar qual é a maresia mais compensatória para dirigir um negócio a um porto seguro.


Rua Direita

Título: Avaliar o barco alheio

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 184

367 

a carregar

Imagem por: lumaxart

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Yuri SilvaYuri

    11-07-2014 às 18:53:39

    Certos que não devemos olhar o barco alheio. Às vezes, uma estratégia ou um negócio de um, não fará com que da outra pessoa seja um sucesso. Cada um é cada um.

    ¬ Responder

Comentários - Avaliar o barco alheio

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.